terça-feira, 31 de agosto de 2010

Candidato a deputado estadual Juscelino Oliveira apresenta a população maranhense suas ações no horário gratuito eleitoral.

FOTO 9 Açailândia – Vereador por Açailândia, Juscelino Oliveira é candidato a deputado estadual pelo Partido Progressista. Como Secretario Municipal de Governo trouxe para Açailândia mais obras do que qualquer outro político do município e como parlamentar, inúmeras foram suas ações. O maior destaque do trabalho do vereador foi trazer para Açailândia o Programa Minha Casa Minha Vida – o contrato foi assinado na presença das maiores autoridades do país e coroado com o aval do presidente Luis Inácio Lula da Silva, como está sendo mostrado no horário eleitoral gratuito para todo o Maranhão.

Juscelino Oliveira que ostenta em suas propagandas o 11000 tem como principal bandeira de campanha a luta por moradias dignas para famílias mais carentes de Açailândia e de todo o Maranhão. Sua campanha rumo a Assembleia Legislativa do Estado cresceu tanto que hoje se abre uma expectativa muito grande de que ele seja votado em quase todos os municípios do Estado.

Veja o vídeo abaixo:

REPORTAGEM DA VEJA CORROBORA: Açailândia, eixo do Maranhão e do Brasil

Livro do pr silvio vieira Quando ainda fazia faculdade, na cidade de Imperatriz, lembro-me de um debate que aconteceu em sala de aula a respeito da criação do estado Maranhão do Sul. Em meio às fervorosas opiniões, levantei um ponto na discussão, interrogando onde seria localizado a capital do novo estado?

Houve silêncio por alguns segundos, até que um dos debatentes afirmou que pela importância econômica de Imperatriz, esta seria a futura capital do estado Maranhão Sul do Sul. A partir desse ponto, o debate tomou um novo rumo, ficando centrado no tema sobre a capital do novo estado. Naquele momento fiz uma exposição sobre as potencialidades econômicas do nosso município, revelando aos imperatrizenses informações desconhecidas deles. Informações que coloca Açailândia em pé de igualdade, se não, até mesmo superior à cidade de Imperatriz como candidata a futura capital do Estado do Maranhão.

A reportagem da Veja desta semana (As 20 metrópoles brasileira do futuro), vem apenas corroborar aquilo que falei no dia do debate, como também confirmar nossa tese, defendida na monografia, apresentada à Universidade Estadual do Maranhão - UEMA, transformada, posteriormente, no livro “Açailândia, eixo do Maranhão”, onde, detalhadamente, mostramos os fatores que colocam Açailândia, na dianteira dos 217 municípios maranhenses, como também entre as 20 metrópoles brasileira do futuro.

Açailândia , um povoado nascido durante a construção da rodovia Belém-Brasilia, no final dos anos 50, foi, até 1981, apenas um distrito de Imperatriz. Contemplada com empreendimentos governamentais de grande porte, tais como a construção da rodovia BR-222, Estada de Ferro Carajás e a Ferrovia Norte Sul, a pequena localidade da Pré-Amazônia maranhense agigantou-se como o maior centro industrial maranhense, com a instalação, em seu território, de um dos mais importantes pólos de ferro-gusa do Brasil e do maior pólo de distribuição de combustíveis da região.

Estas circunstâncias tornou verdadeira a frase sonhadora dos poetas açailandenses, José Carlos Trindade (Zezão) e Luis Fernando Almeida Gonçalves: Açailândia, expressa o progresso, eixo do Maranhão”. Esta não é uma frase futuristica, pelo contrário, é uma frase sonhadora que saiu do coração de poetas sonhadores. Eles acreditavam tanto nessa possibilidade que não temeram em compor o hino açailandense e incluir essa expressão sonhadora no estribilho das estrofes do hino.

Estes poetas, acreditavam de tal forma no povo dessa cidade que escreveram dizendo: “aqui na cidade onde eu moro, a cada nascer do sol, nasce uma nova esperança, anseio de um povo que fala com as mãos”. Os poetas com uma visão além do alcance vislumbraram o futuro promissor desta cidade.

Fonte: Livro Açailândia eixo do Maranhão de autoria do pr. Silvio Vieira

Pr. Silvio Vieira

Formado em Direito

Formado em História

Pós graduado em Gestão Empreendedora de Negócios

Pós graduando em Gestão Pública

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Mesmo sofrendo nas mãos da “Família Gonçalves, Açailândia ainda está entre as seis cidades do Maranhão que mais crescem no país

clip_image002Reportagem da Veja que está nas bancas destaca os municípios de Açailândia, Caxias, Timon, Imperatriz, São José de Ribamar e Paço do Lumiar dentre as cidades médias que mais crescem no país. A revista investigou a situação de 233 municípios brasileiros, mas destacou apenas 23.

Caxias, Timon e Imperatriz são destacadas por conta do comércio. Caxias teve um crescimento de 10,6% em seu Produto Interno Bruto entre 2002 e 2007, principalmente em decorrência do desenvolvimento do setor. Nesse mesmo item, Timon evolui 6,5% e Imperatriz 5,7%.

Paço do Lumiar teve um crescimento de 4,7% no PIB por conta da produção agrícola. Já São José de Ribamar aparece na primeira posição na produção de alimentos, notadamente peixe. A cidade balneária teve seu PIB incrementado em 8% por conta desse setor da economia.

No entanto, o maior destaque da Veja é para a jovem Açailândia. A reportagem da revista diz que a renda per capta da cidade – R$ 18,6 mil por ano – é maior que a secular São Luís.

Açailândia

Fundada há apenas 29 anos, a maranhense Açailândia presenciou o que há de mais predatório na Amazônia. Sua madeira de lei foi contrabandeada para o Sudeste e o que sobrou de suas florestas, reduzidas a cinzas.

A riqueza do comércio ilegal ficou longe da cidade, constituída em sua maior parte por favelas. Esse cenário está ficando para trás no município, que foi incluído entre as cidades médias no ano passado. O poeirão ainda tinge suas paredes, mas a ilegalidade vem cedendo espaço a siderúrgicas de ferro-gusa, que trouxeram a riqueza da mão-de-obra especializada para a cidade.

Sua prosperidade atraiu empresas de outros ramos. Nos seus campos, instalaram-se fazendas a partir das quais o maior rebanho de gado do Maranhão abastece um setor nascente de laticínios. As mudanças permitiram que a jovem Açailândia alcançasse a maior renda per capta do Maranhão, à frente da capital, a secular São Luís.

Histórias como a do mineiro José Melgaço Chaves, de 57 anos, simbolizam o progresso local. Nos anos 80, ele montou uma assistência técnica de motosserras. Em 1998, quando seu negócio perdia fôlego, mudou para a criação de gado leiteiro. Em 2005, Melgaço abriu uma indústria e envia semanalmente 10 toneladas de queijos para São Paulo.

Se o caso de Melgaço exemplifica a transformação econômica do município, o de Cleonice Monteiro, de 47 anos, mostra a metamorfose na sociedade. Há dezessete anos, ela inaugurou a Barbara Bella, butique que atende as mais ricas de Açailândia.

Em 1998, começou a vender jeans a R$ 500 para uma clientela cada vez mais exigente. Suas freguesas moram não só em Açailândia, como em trinta outras cidades vizinhas. As moradoras de todas elas acorrem a Açailândia para adquirir produtos mais refinados, receber atendimentos médico, estudar ou fazer cursos profissionalizantes nas escolas técnicas do município.

sábado, 28 de agosto de 2010

Dilma tem 51%, e Serra, 27%, aponta Ibope

SÃO PAULO - A candidata Dilma Rousseff (PT) aparece na frente na corrida pela Presidência da República, segundo pesquisa Ibope de intenção de voto divulgada neste sábado (28). A petista tem 51% das intenções de voto contra 27% do adversário José Serra (PSDB).

De acordo com o Ibope, em terceiro lugar está Marina Silva (PV), com 7%. No levantamento anterior do Ibope, realizado dos dias 12 a 15 de agosto, Dilma tinha 43%, Serra, 32%, e Marina, 8%.

A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos para mais ou menos. Isso indica que Dilma pode ter entre 49% e 53% e Serra, entre 25% e 29%. A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "O Estado de S. Paulo".

Dos demais candidatos, Plínio de Arruda Sampaio (PSOL), Eymael (PSDC), Ivan Pinheiro (PCB), Levy Fidelix (PRTB), Plínio de Arruda Sampaio (PSOL), Rui Costa Pimenta (PCO) e Zé Maria (PSTU), nenhum alcançou 1% das intenções de voto.

Segundo turno

Em um eventual segundo turno entre Dilma e Serra, o Ibope apurou que a petista teria 55% e Serra, 32%. Na pesquisa anterior, as taxas de Dilma e Serra eram de 48% e 37%, respectivamente.

Avaliação do governo

O levantamento também mostrou como os eleitores avaliam o governo Lula. Para 78%, o governo é ótimo ou bom; para 17%, regular; para 4%, ruim ou péssimo.

Deu no Blog do Freire

Mentiras Online: Site da prefeitura de Açailândia expõe matérias que distorcem a verdade sobre os desmandos do prefeito Ildemar

clip_image001

Nesta semana, vários órgãos públicos tiveram a energia elétrica cortada e provocou prejuízos para vários trabalhadores. Não falei nada no dia do ocorrido por que estive verificando algumas informações dadas pela assessora de comunicação do prefeito Ildemar.

Em uma participação na rádio onde estava acontecendo às reclamações dos comerciantes, a assessora Maria Do Carmo disse que a CEMAR teria sido influenciada, não se sabe por quem, á cortar a energia por causa dos atrasos e havia chamado vários canais de comunicação para presenciar o fato.

O fato real

Na verdade apurei que houve um acordo com a CEMAR e a prefeitura sobre as contas de energia dos órgãos públicos da cidade que ultrapassam a casa de um milhão de reais.

O acordo se tratava de assegurar que não fosse cortada a energia dos órgãos para que não houvesse prejuízos aos comerciantes e a população em geral, isso foi conseguido na justiça através de acordo como citei antes.

clip_image002

Mais segundo informações de pessoas ligadas a CEMAR, a prefeitura deixou de cumprir alguns termos deste acordo, o que culminou no corte em massa do fornecimento de energia para os estabelecimentos, inclusive a própria prefeitura.

O que causou estranheza foi o fato relatado pela assessora de que tudo não passaria de armação política, ai eu fiquei me perguntando: “Qual é o cargo político que o prefeito Ildemar está disputando?

Fiquei meio confuso por que também eu tinha recebido a noticia de que a assessora havia se licenciado para trabalhar na coordenação de campanha de um candidato da cidade. Mais isso é assunto para a justiça que deve estar trabalhando nestes assuntos.

A energia foi restabelecida no mesmo dia que foi cortada, o que evitou prejuízos gigantescos para os comerciantes e o município de uma força geral.

Mais até ai tudo bem as águas baixaram e tudo parecia ter voltado ao normal, mais olhando algumas notícias em órgãos pagos pela prefeitura e especialmente o site da prefeitura, vi umas matérias que me deixou muito chateado, quase estourando.

Por isso, fui à busca das verdades sobre tudo isso, e acabei descobrindo que a irresponsabilidade é inteiramente da prefeitura que através do prefeito Ildemar não vem cumprindo com sua obrigações de administrador há muito tempo. E no intuito de defender o seu “pão tamanho família” os assessores do Gonçalves chefe tentam a todo custo de desviar as irresponsabilidades por ele cometidas.

E para isso está usando o órgão de comunicação online para distorcer as verdades dos fatos, e isso o povo não agüenta mais, tanto que recebemos varias manifestações de revolta. Por isso, pessoas que estão chateadas com a forma irresponsável como vem sendo tratado e administrado o nosso município que não tem um gestor capaz de assumir seus próprios erros e procurar fazer da forma correta para que o povo seja beneficiado e não enganado.

clip_image003Pior ainda foi a declaração da assessora do prefeito em dizer que a CEMAR acionou a imprensa local para cobrir o evento como se isso fosse uma trama política para prejudicar o prefeito.

Um grande descaramento da assessoria, tendo em vista que, grande parte da imprensa local exceto alguns blogs, é mantida pela prefeitura, inclusive programas de Rádio que tem até, pessoas pagas pela prefeitura para trabalhar unicamente em defesa do gestor e não do povo como era para ser.

Diante de tudo isso, e por todas estas bandalheiras é que chamo a atenção do povo para analisar melhor as informações repassadas pela assessoria do prefeito, para que não sejam mais enganados com falsas noticias que tem o objetivo único de tentar encobrir as irresponsabilidades de Ildemar Gonçalves.

Encerro este artigo repetindo uma passagem Bíblica:

“Tudo passa, tudo na vida é passageiro”. Eclesiastes Cap. 3.

Roseana vence no primeiro turno, indica Ibope.

roseana-jackson-dino2010 São Luis - O Ibope divulgou, nesta sexta-feira, os números da primeira de uma série de três pesquisas encomendadas pela TV Mirante sobre a intenção de votos para o governo do Maranhão.

De acordo com a pesquisa, a candidata Roseana Sarney (PMDB) lidera a disputa com 47%. Em segundo está o candidato Jackson Lago (PDT) com 25%. Em seguida, Flávio Dino aparece com 13%.

Os candidatos Marcos Silva (PSTU) aparece com 1% das intenções de voto. Josivaldo Corrêa (PCB) e Saulo Arcangeli (PSol), não pontuaram. De acordo com a pesquisa, brancos e nulos totalizaram 3% e os que não sabem, 11%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 24 e 26 de agosto. Ao todo, o Ibope entrevistou 1.204 eleitores em todas as regiões do Estado. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão sob o número 31301/2010 e no Tribunal Superior Eleitoral sob o número 25634/2010.

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Voto Limpo, em tempos de Ficha Limpa

* Por Anfrízio Menezes

Há pouco mais de um mês para o grande dia (03 de outubro); atravessada a quase invencível crise econômica mundial; passadas as festas juninas no nordeste; finalizadas as férias do meio do ano; superados (ou remediados) os problemas das enchentes de um lado e da seca de outro... Passada (e para muitos, já esquecida) a Copa do Mundo de Futebol, chegou-nos a hora de encararmos um novo desafio na vida nacional, desta vez muito mais sério do que qualquer disputa esportiva e mais preocupante do que as agruras acima.

            Estamos prestes a escolher os nossos novos dirigentes, aqueles que serão responsáveis pelo nosso destino ao longo dos próximos anos.

            Estamos agora, para valer, na disputa que realmente vai afetar a vida dos milhões de brasileiros. E para que a escolha seja a melhor possível, é preciso que cada eleitor reflita muito sobre a pessoa que vai merecer o seu voto, quer seja para deputado estadual ou federal, para governador, senador e presidente da república.

            O destino do País está, sim, em nossas mãos, em nossos votos. E em tempos de “Ficha Limpa”, é preciso que a escolha recaia em quem estiver mais preparado (e sem manchas de sujeira).

É verdade que as ofertas são muitas. Assim como também são diversas as promessas. Mas não podemos acreditar na primeira palavra, na primeira situação que nos for colocada. É preciso pesar, medir, mensurar.

Voltemos à Copa do Mundo: nos dois últimos meses, nossa atenção esteve quase que exclusivamente voltada para os gramados da África do Sul. Agora, começará -- pra valer -- o campeonato que realmente nos importa. Aquele campeonato do qual sairão vencedores as mulheres e os homens que decidirão a vida de quase 200 milhões de brasileiros.

No caso do fatídico fracasso da seleção brasileira, todos nós tivemos a oportunidade de reclamar da zanga do Dunga, da falta de preparação e controle emocional de uns e da idiotice de outros jogadores. Mas, no caso do nosso voto, só poderemos reclamar de nós mesmos, eis que seremos diretamente responsáveis pelo sufrágio que elegerá o presidente da república, os governadores estaduais e os representantes nossos no legislativo. 

Não haverá outra saída e desta vez não estará em jogo apenas a taça, a alegria de ser o vencedor, a tradicional volta olímpica... Mas o futuro de uma nação inteira!

Uma parte fundamental das mazelas políticas brasileiras decorre da continuação de práticas e comportamentos que precisam ser definitivamente extintas.

E o sentimento latente da maior parte de nossas elites políticas é de que é dona do patrimônio público e da vontade popular. Brincadeira!

Acordemos! Pois não é e nem deve ser assim. O eleitor é dono absoluto da sua vontade! E para ser mais dono ainda é preciso exercê-la com total isenção, com total independência!

O que se espera é que, em tempos de “Ficha Limpa”, o eleitor ajude a limpar o seu voto, não dando mandato a quem não merece.

Voto limpo!

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Deu no Blog do Freire

Juscelino Oliveira realiza reunião com lideranças para apresentar um documentário sobre sua história de vida

blog2 A reunião teve inicio com as apresentações dos assessores do Candidato a Deputado estadual Juscelino Oliveira.

Foram convidadas todas as lideranças que estão com Juscelino, eram cerca de 300 pessoas que viram toda a trajetória do candidato, especialmente suas ações sociais e parlamentar. O vídeo destaca principalmente os recursos trazidos por Juscelino para o município de Açailândia. Um dos destaques foi a inclusão de Açailândia no projeto minha casa Minha Vida do governo federal que trouxe para Açailândia mais de 7 milhões de reais para serem investidos em casas populares que serão entregues a população.

P1130319 Ao todo serão cerca de 250 novas residências para as famílias carentes do município que graças ao vereador terão a oportunidade de sair do aluguel e possuir sua própria casa. Juscelino também fez um projeto de habitação municipal com recursos que seriam do próprio município, o que foi vetado pelo prefeito Ildemar que no auge de um ataque de inveja, não permitiu que a população fosse beneficiada com a casa própria.

Ainda no documentário, é destacada a ação que culminou em uma audiência com a governadora Roseana que firmou o compromisso de trazer as casas populares para Açailândia, ato esse que foi destaque em rede nacional com transmissão ao vivo pelas principais emissoras políticas do Brasil.

Juscelino ganhou na época, destaque nacional como um humilde líder que conseguiu uma gigantesca vitória em beneficio do povo.

Mais não foram somente estas ações que transformou o vereador em pai da habitação, que fez o até então pequeno vereador em um grande conquistador popular, Juscelino também conseguiu com influências estaduais e federais, recursos que cominaram em saneamento, infra-estrutura e bloqueteamento de alguns bairros de Açailândia.

Foi um grande momento para todos aqueles que estão com Juscelino em busca de um futuro melhor para a cidade do ferro. Todos ficaram emocionados com a persistência do homem que como vereador não se curvou aos desmandos da administração municipal e sempre buscou benefícios para o povo, mesmo diante das maiores adversidades, e sempre conseguiu bons resultados para os mais carentes e humildes da cidade e região.

Ao final da apresentação do documentário, Juscelino agradeceu emocionado, os aplausos dado pelos mais de trezentos participantes da reunião. Juscelino Oliveira falou de sua parceria para deputado federal, e explicou que buscou compromissos que trarão mais benefícios estaduais e federais para a região.

Um dos projetos do candidato é trazer para Açailândia, um Corpo de Bombeiros, hospital com UTI, UTI neonatal, enfim, a saúde foi posta como uma de suas principais explanações.

Juscelino disse que como Deputado Estadual, não reterá recursos para Açailândia, mesmo tendo a administração municipal como oposição. O candidato enfatizou que o mais importante é o povo que está acima de todas as questões políticas.

Juscelino disse que os lideres devem se preocupar em trazer os benefícios para a região. Segundo o candidato, o seu trabalho será inteiramente voltado para o povo.

Juscelino anunciou que esteve em São Luis, onde teve acesso há uma pesquisa de intenção de votos em Açailândia, e teve a grata surpresa de saber que seu nome está 28 pontos a frente do segundo colocado.

Juscelino ainda ressaltou que a intenção do prefeito em apoiar vários candidatos em seu grupo é fazer com que o município não tenha nenhum deputado eleito para representar o povo.

O Candidato lembrou que cidades como Porto Franco que ficam bem próximas de Imperatriz tem oito ambulâncias do SAMU, e Açailândia sem um representante na Assembléia não conta com este beneficio e ainda tem um dos piores índices de saúde do estado, e como deputado Juscelino se propõe a mudar esta triste realidade.

Ao fim de suas palavras o candidato foi aplaudido e abraçado pelos participantes da reunião.

Com a palavra franqueada, algumas pessoas falaram sobre a campanha e de seus apoios ao candidato Juscelino Oliveira.

A primeira a fazer uso da palavra foi a empresária Geise da empresa de transportes coletivo, Nova Aliança. Geise parabenizou Juscelino pela sua trajetória de vida e pela sua posição.

A empresária ainda falou que acompanhou algumas ações do candidato a deputado estadual, na câmara municipal como vereador, enfatizou varias palavras de incentivo a Juscelino Oliveira. Geise disse ainda que a qualidade da garra e determinação, marcam a vida do candidato por que ele nunca desiste de seus ideais, e declarou que admira o candidato por isso.

E este é um dos principais motivos pelo qual ela declarou que apóia e vota em Juscelino.

A assessoria de Juscelino informou que em breve o documentário estará disponivel para todos em DVD e também na internet para download e visualização em video no youtube, é só aguardar para saber mais sobre o "Pai da Habitação" Juscelino Oliveira.

Assessoria

TSE barra primeira candidatura ''ficha suja''

Candidato a deputado estadual foi condenado pelo TRE do Ceará por compra de votos.

BRASÍLIA - O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) barrou nesta quarta-feira (25), por 5 votos a 2, o registro de candidatura a deputado estadual pelo Ceará Francisco das Chagas Rodrigues Alves (PSB) com base na Lei da Ficha Limpa. Esse é o primeiro caso de candidatura negada pelo TSE usando a lei como referência.

O candidato pode recorrer ainda ao Supremo Tribunal Federal (STF). Alves foi condenado por compra de votos nas eleições de 2004, quando concorreu a vereador pelo município de Itapipoca (CE).

A decisão do TSE mantém o entendimento de que a Lei da Ficha Limpa vale para decisões tomadas antes da lei entrar em vigor, no dia 7 de junho. A norma, que vale para as eleições deste ano, proíbe a candidatura de políticos condenados por colegiados.

O G1 ligou para o diretório do PSB no Ceará e aguarda retorno. Nem o candidato nem o advogado dele foram localizados.

Julgamento

O julgamento do primeiro recurso envolvendo candidato barrado pela ficha limpa foi adiado duas vezes. O primeiro pedido de vistas foi feito pelo presidente do tribunal, ministro Ricardo Lewandowski, no dia 13 de agosto. Na semana passada, um novo pedido de vistas da ministra Carmém Lúcia adiou pela segunda vez a análise do caso.

Segundo a ministra, a aplicação da lei a condenações anteriores à norma é possível porque a inelegibilidade não é uma punição. "A inelegibilidade decorre de ilícito eleitoral. A meu ver não se está diante de uma punição. Não caracteriza pena, mas mera consequência de ato ilícito. Não sendo pena, não há qualquer vedação constitucional à aplicação da nova norma a decisões antes de sua vigência", afirmou a ministra.

O ministro Marco Aurélio acompanhou o relator do recurso, ministro Marcelo Ribeiro, que antes da interrupção do julgamento, votou pela liberação do registro do político cearense. "Penso que se aplicar agora a inelegibilidade seria aplicar pena a um fato ocorrido no passado sob a égide de outro ordenamento legal, justitifcou Ribeiro e, seu voto.

"Eu creio que precisamos ter presente a primeira condição da segurança jurídica, que é a irretroatividade jurídica. Não podemos tomar aquele fato que não gerava à época inelegibilidade e dizer que esse recorrente está inelegível. Não estamos aqui a julgar apenas o interesse desse recorrente. Estamos a preservar a ordem jurídica e, portanto, a preservar convivência em um Estado democrático", afirmou Marco Aurélio.

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Prefeitura de Açailândia fecha as portas

prefeitura às escuras Açailândia – As fotos abaixo é o retrato lastimável em que se encontra a cidade de Açailândia no governo desastroso e fraudulento de Ildemar Gonçalves (PSDB) – o prédio da prefeitura está às escuras e a energia foi cortada por falta de pagamento.

As portas da prefeitura estão literalmente fechadas em virtude da suspensão da energia elétrica. Por falta de pagamento vários outros órgão públicos tiveram sua energia cortada pela Cemar.

prefeitura às escuras2 Hoje, um grande número de servidores foram dispensados de suas funções por falta de condições de trabalho e até que o prefeito pague todos os débitos junto a Cemar e se restabeleça a energia elétrica do prédio da prefeitura, todo e qualquer negócio com a administração pública estará suspenso. As pouquíssimas e pequenas obras estão também paralisadas por falta de abastecimento dos veículos, pois o posto de combustível é instalado dentro das dependências da prefeitura.

Enquanto isso o prefeito gasta “Rios de Dinheiro” na vã tentativa de eleger o sobrinho Hélio Santos a deputado federal e outros tantos candidatos pára-quedistas a deputado estadual, em uma estratégia insana de atrapalhar a eleição de candidatos natos de Açailândia.

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Falta de pagamento: Cemar corta energia da Prefeitura de Açailândia, Mercado Público, Estádio Municipal e vários outros órgãos.

PREFEitura2 (2) Açailândia – Chegou ao fundo do poço a administração desastrosa e fraudulenta de Ildemar Gonçalves (PSDB). Como se não bastasse às inúmeras denúncias de licitações suspeitas, desvios de recursos públicos, enriquecimento ilícito da família e a clara falta de ações em favor do município, agora o prefeito Ildemar resolveu deixar de pagar as contas de energia que movem as repartições públicas do município – até a sede da prefeitura teve suspenso, na manhã de hoje, o fornecimento de energia elétrica.

As pessoas afetadas diretamente com a suspensão da energia elétrica, que pagam seus impostos, contribuições e tarifas para funcionamento dos seus estabelecimentos, principalmente do Mercado Público de Açailândia, coube apenas reclamar em veículos de comunicações pagos pelo prefeito.

maria do carrrmo_thumb[5] A assessora de comunicação de Ildemar que deveria estar de licença para coordenar a campanha do sobrinho do prefeito, caso não tenha feito cometeu crime de improbidade administrativa e crime eleitoral, usou um dos veículos pagos por ela própria para tentar defender o indefensável – “a emenda ficou pior que o soneto”. Maria do Carmo tentou creditar as responsabilidades pela falta de pagamento às administrações anteriores, o que ela se esqueceu é que o último prefeito de Açailândia foi o próprio Ildemar. Os ouvintes ficaram ainda mais irritados com a ação estapafúrdia da “Duda Mendonça de Saias”, que pelo visto está acumulando a função de funcionária pública do município e coordenando a campanha do sobrinho do prefeito Ildemar a deputado federal.

Esse é o retrato do caos instalado no município de Açailândia!

Esse mesmo prefeito é o que está novamente pedindo votos nas casas do povo de Açailândia, isso pelos veículos pagos pelo dinheiro público, pois não tem mais coragem de novamente entrar na casa dos eleitores açailandenses.

domingo, 22 de agosto de 2010

Este vídeo está bombando na internet

Açailândia - Vereador Juscelino Oliveira traz para Açailândia o Programa Minha Casa Minha Minha Vida que irá beneficiar centenas de famílias carentes.

A sua meta como deputado estadual é ampliar o programa do governdo federal que possa atingir cerca de 1500 famílias até o final de 2011.

Veja o vídeo abaixo:

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Comitê de Roseana em Açailândia é uma humilhação

Pra quem tem aliados como Gleide Santos e Demir não precisa de adversários...

roseana1 Açailândia - O comitê montado em Açailândia onde são centralizados os trabalhos da campanha da candidata à reeleição, Roseana Sarney (PMDB) é de dar dó, perde até para o candidato a deputado estadual mais humilde da campanha, Pedro Araújo (PCdoB).

Não sei se é excesso de confiança, ou é mesmo falta de traquejo político dos dois coordenadores de Roseana em Açailândia, que de quebra também coordenam a campanha de Hélio Soares (PP) e o fanfarrão Chiquinho Escórcio (PMDB), mas a governadora deveria tomar muito cuidado com o tratamento dispensado ao eleitor de Açailândia que nessas eleições somam, nada mais, nada menos que 70.240.

Mesmo com todos os erros cometidos pela coordenação de campanha da candidata a reeleição Roseana Sarney (PMDB), em Açailândia, com certeza, ainda será a mais votada no Município. O leitor deste blog deve ter ficado curioso por não ver a foto do comitê – até que nossas lentes flagraram o desdém de Gleide e Demir para com eleitor açailandense, mas fiquei com tanta pena que não publiquei.

Cabo eleitoral de Roseana

Ildemar pronta2 O leitor deve também está se perguntando por que tanta convicção de que Roseana ganhas as eleições em Açailândia. Eu explico. Primeiro, Roseana nunca perdeu uma eleição em Açailândia. E segundo, que ela [Roseana] tem o melhor cabo eleitoral de todas as campanhas no município - Ildemar Gonçalves (PSDB).

A grande rejeição do prefeito, tudo isso graças às atrocidades praticadas contra o povo de Açailândia, dão subsídios suficiente para que a grande maioria da população vote em Roseana Sarney. Quanto mais cresce a rejeição do tucano de bico esfomeado, que hoje ultrapassa a casa de 63%, mais Roseana cresce em Açailândia.

O coitado, que de coitado não tem nada, Hélio Santos (PSDB) candidato a deputado federal com apoio do prefeito, que o diga. A população é consciente que votando em Hélio é o mesmo que está votando em Ildemar – é dizer se aprova, ou não a bandalheira praticada nesta administração.

Mistério: Preso morre no Centro de Detenção Provisória de Açailândia

preso morto no cdp AÇAILÂNDIA – O Blog do Nilton César trouxe com exclusividade uma notícia que está deixando muita gente intrigada. Na ultima quarta-feira (18) um detento foi morto dentro de uma das celas do Centro de Detenção Provisória de Açailândia.

A vítima foi Amaury Soares de Sousa de 31 anos, casado, pai de 4 filhos, morador do Bairro Laranjeiras, na Rua 13 de maio, 160,  que estava preso há 5 meses por tráfico de drogas. A morte aconteceu volta das 09h00min e a causa seria um choque elétrico.

O médico que examinou o detento teria afirmado que o choque elétrico não seria suficiente para provocar a morte da vítima e que outra doença pode ter sido a “causa mortis”.

O caso esta sendo investigado para se saber se o que ocorreu foi um acidente ou se o detento foi assassinado – o laudo final sairá em 30 dias.

Fonte:Negaodavila.blogspot.com

Candidato a deputado estadual JUSCELINO OLIVEIRA concede entrevista

JUSCELINO e NILTON CESAR Açailândia – Em uma conversa descontraída com o apresentador Nilton César (Rádio Clube Fm), o candidato a deputado estadual Juscelino Oliveira (11000) esplanou as suas principais ações nestes mais de 30 anos residindo em Açailândia e as sua metas como futuro deputado estadual.

Acompanhe trechos da entrevista clicando abaixo:

MOMENTO DE RELAX

Making Off da Maravilhosa Cléo Pires

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Procuradora pede cassação de Jackson no TSE

jackson-cassado A procuradora regional da República com atuação no TSE, Fátima Aparecida de Souza Borghi, deu parecer favorável a cassação do registro de candidatura do ex-governador Jackson Lago (PDT) com base na Lei da Ficha Limpa (Lei Complementar 135/2010). Jackson teve a candidatura deferida pelo TRE do Maranhão. O tribunal maranhense entendeu que a lei não poderia retroagir para prejudicar o pedetista porque ele, ao ter sido cassado em 2009, já teria cumprido a pena. O recurso foi ajuizado no TSE pela procuradora regional eleitoral do Maranhão, Carolina da Hora Mesquita.

Segundo Fátima Borghi, o TSE já decidiu pela aplicabilidade da Ficha Limpa para as eleições deste ano e o caso não se enquadra nos princípios da anualidade e irretroatividade da lei mais severa. “As causas de inelegibilidade, assim como as condições de elegibilidade, devem ser aferidas no momento do pedido de registro da candidatura – momento no qual incide a LC 135/10″, diz a procuradora.

Abaixo, o parecer:

“De início, cabe reafirmar a constitucionalidade e a aplicabilidade das introduções trazidas pela LC 135/10 para as eleições de 2010.

Nesta esteira, registre-se que essa Corte Superior Eleitoral, no julgamento da Consulta nº 1.120-26/DF, consolidou o entendimento de que o referido diploma legal, por ter natureza de norma eleitoral material, não alterou as regras do processo eleitoral, razão pela qual afasta a incidência do princípio da anualidade (Constituição da República Artigo 16).

A aplicação das introduções trazidas pela LC 135/10 igualmente não ofende o princípio da irretroatividade da lei.

Com efeito, as causas de inelegibilidade, assim como as condições de elegibilidade, devem ser aferidas no momento do pedido de registro da candidatura – momento no qual incide a LC 135/10.

Isto, mais o fato de que o art. 3º da LC 135/10 permite o aditamento dos recursos para os fins do disposto no art. 26-C da LC 64/90, evidencia que a sua aplicação é imediata aos processos em tramitação, já julgados ou em grau de recurso, exatamente porque alcança a situação naquele momento. Não Há portanto, que se cogitar em aplicação retroativa da lei.

Além disto, conforme restou consignado pelo excelentíssimo senhor ministro Arnaldo Versiani, relator da Consulta nº 1147-09/DF, a aplicação da LC 135/10 não ofende o princípio da não-culpabilidade, pois inelegibilidade não é pena, ou sanção em si mesma: “na medida em que ela se aplica a determinadas categorias, por exemplo, a de juízes ou de integrantes do Ministério Público, não porque eles devem sofrer essa pena, mas, sim, porque o legislador os incluiu na categoria daqueles que podem exercer um certo grau de influencia do eleitorado“. E mais: “A inelegibilidade, assim como a falta de qualquer condição de elegibilidade, nada mais é do que uma restrição temporária à possibilidade de qualquer pessoa se candidatar, ou melhor, de exercer algum mandato“.

Saliente-se que o entendimento do excelentíssimo senhor ministro relator junto a esse Tribunal Superior Eleitoral está em consonância com o que restou decidido pelo Pleno do Supremo Tribunal Federal quando do julgamento do MS nº 22.087/DF, a saber: “inelegibilidade não constitui pena. Possibilidade, portanto, de aplicação da lei de inelegibilidade, Lei Compl. nº 64/90, a fatos ocorridos anteriormente a sua vigência”.

Diante desse quadro, o recorrente é inelegível, nos termos do art. 1º, I, “d”, 1, da LC 64/90, com as alterações introduzidas pela LC 135/10. Isto porque, restou condenado, por decisão proferida por órgão colegiado da Justiça Eleitoral – recurso contra expedição de diploma -, pela prática de abuso de poder econômico.

Em face do exposto, o Ministério Público Eleitoral manifesta-se pelo provimento do recurso.”

Brasília, 16 de agosto de 2010

Fátima Aparecida de Souza Borghi

Procuradora Regional da República
(Portaria PGR 345/10)

Aprovo:
Roberto Monteiro Gurgel Santos

Procurador-Geral Eleitoral.

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

TSE reafirma validade da Ficha Limpa

De O Globo:

Brasília – O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) reafirmou na noite desta terça-feira, por cinco votos a dois, a decisão de que a Lei da Ficha Limpa vale para as eleições deste ano. Esse entendimento já havia sido firmado pelo tribunal há dois meses, mas na última semana o ministro Marcelo Ribeiro mudou seu voto . Segundo ele, a Constituição Federal proíbe uma lei de mudar as regras das eleições menos de um ano antes do pleito. Diante da polêmica, o presidente do TSE, ministro Ricardo Lewandowski, pediu vista, e o julgamento foi retomado nesta terça, com a vitória do posicionamento anterior da Corte.

O único ministro a concordar com Ribeiro foi Marco Aurélio Mello. Os demais discordaram, argumentando que a nova lei não ataca a igualdade entre os candidatos, apenas protege a moralidade da disputa. Sancionada em junho, a lei da Ficha Limpa impede políticos que tenham sido condenados por um colegiado de concorrer às eleições.

- A mudança das regras que definem os requisitos de registro de candidatura atinge todos os candidatos e não tem o condão de afetar a isonomia – afirmou o presidente do tribunal, ministro Ricardo Lewandowski.

- Acho que não há como não se aplicar. A lei não se enquadra nessa condição de não ser aplicada de imediato – concordou a ministra Cármen Lúcia.  Marco Aurélio discordou, em vão:
- Ninguém em sã consciência pode dizer que essa lei não altera o processo eleitoral.

A decisão do TSE foi tomada no julgamento do primeiro caso concreto que chegou à Corte questionando a aplicação da nova lei, do candidato a deputado estadual do Ceará Francisco das Chagas Rodrigues Alves. Ele teve seu registro negado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) porque havia sido condenado por compra de votos nas eleições. A questão continua aberta: depois do voto de Marcelo Ribeiro a favor da concessão do registro da candidatura e de Arnaldo Versiani contrário aos interesses do deputado, a ministra Cármen Lúcia pediu vista.

Como votar para deputado (parte 1)

“Muitos de nós deixamos para a semana ou até para o dia da eleição a decisão de quem vai nos representar no Poder Legislativo”

urna-eletronica1 Um dos maiores paradoxos criados desde a universalização da urna eletrônica é o fato de que os votos para deputado federal e estadual são os primeiros que precisamos digitar no dia das eleições. No entanto, esses são justamente os candidatos escolhidos em último lugar pela maioria dos eleitores.

A primeira variável dessa equação dificilmente será revertida no futuro. Mas creio poder facilitar um pouco a tarefa daqueles que sempre deixam para a última hora a escolha de seus candidatos a deputado.


Não há dúvidas de que a adoção da urna eletrônica foi um tremendo avanço no processo eleitoral brasileiro. O ato de votar se tornou muito mais simples do que era antes. O país também passou a ter uma das apurações mais rápidas e confiáveis conhecidas mundo afora. As denúncias de fraude eleitoral se reduziram significativamente.

A legislação eleitoral passou a determinar a própria ordem de votação para os diferentes cargos em disputa. Os votos dados em primeiro lugar são sempre para os cargos legislativos (deputados, senadores ou vereadores), enquanto que os votos para cargos executivos (governador, presidente ou prefeito) vêm sempre por último. Como a lei eleitoral foi redigida pelos próprios congressistas, era natural que eles dessem prioridade a si próprios.

Essa disposição – aparentemente tão simples – reduziu drasticamente as taxas de votos inválidos nas eleições legislativas. No caso da Câmara dos Deputados, por exemplo, os votos nulos e em branco caíram para menos da metade entre as eleições anteriores à universalização da urna eletrônica e as eleições subsequentes.

Por outro lado, os candidatos a cargos legislativos ainda são os últimos candidatos escolhidos pelos eleitores ao longo da campanha. Historicamente, escolhemos primeiro o candidato a prefeito do que o candidato a vereador. O candidato a governador antes do candidato a deputado estadual. E o candidato a presidente antes do candidato a deputado federal. Muitos de nós deixamos para a semana ou até para o dia da eleição a decisão de quem vai nos representar no Poder Legislativo.

Uma das razões desse fato é a grande multiplicidade de candidatos. O primeiro domicílio eleitoral em que me registrei foi o estado do Rio de Janeiro. Nessas eleições de 2010, haverá nada menos do que 687 candidatos a deputado federal disputando o voto dos eleitores fluminenses. A média é de quase 15 candidatos para cada vaga existente! No estado de São Paulo, que passou a ser o meu domicílio eleitoral nos últimos anos, a situação não é muito diferente. O total de postulantes a uma cadeira na Câmara dos Deputados é de 717, ou pouco mais de 10 candidatos por vaga!

Se todas as outras circunstâncias forem mantidas constantes, sempre é mais difícil decidir em quem votar quando há mais candidatos do que quando há menos. Nas eleições para cargos executivos, existe ao menos o atenuante de que cada partido (ou coligação) pode lançar apenas um candidato. Mas o processo é bem mais complicado nas eleições legislativas. As campanhas são realizadas e os votos são apurados em mega-circunscrições eleitorais (os próprios estados da federação). Além disso, cada partido (ou coligação) normalmente lança algumas dezenas de candidatos.


Mesmo assim, é perfeitamente possível não se perder nessa verdadeira floresta de candidatos a deputado. Na próxima coluna, procurarei relacionar diversos métodos coerentes e legítimos para que os eleitores possamos escolher os candidatos que poderão nos representar no Poder Legislativo, nacional e estadual. Por enquanto, nem peciso dizer que possuir "ficha limpa" deve ser um pré-requisito indispensável em qualquer caso.

Fonte: Congresso em  Foco.

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Ibope aponta vitória de Dilma no 1º turno

Do G1:

São Paulo – A candidata Dilma Rousseff (PT) aparece na frente na corrida pela Presidência da República, segundo pesquisa Ibope de intenção de voto divulgada nesta segunda (16). A petista aparece com 43% das intenções de voto contra 32% do adversário José Serra (PSDB). De acordo com o Ibope, em terceiro lugar está Marina Silva (PV), com 8%. No levantamento anterior do Ibope, divulgado no último dia 6, Dilma tinha 39%, Serra, 32%, e Marina, 8%.

clip_image001A margem de erro da pesquisa é de dois pontos para mais ou menos. Isso indica que Dilma pode ter entre 41% e 45% e Serra, entre 30% e 34%. A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal “O Estado de S. Paulo”. O Ibope ouviu 2.506 eleitores com mais de 16 anos em 174 municípios de quinta-feira (12) a domingo (15). Está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número 23548/2010.

Dos demais candidatos, Plínio de Arruda Sampaio (PSOL), Eymael (PSDC), Ivan Pinheiro (PCB), Levy Fidelix (PRTB), Plínio de Arruda Sampaio (PSOL), Rui Costa Pimenta (PCO) e Zé Maria (PSTU), nenhum alcançou 1% das intenções de voto. Os eleitores que responderam que votarão em branco ou nulo somaram 7% e os que se disseram indecisos, 9%.

De acordo com o Ibope, considerando-se apenas os votos válidos, excluindo brancos, nulos e indecisos, Dilma tem hoje 51% das intenções de voto, enquanto Serra tem 38%, Marina tem 10% e os outros candidatos somam 1%. Neste cenário, se as eleições fossem hoje, Dilma poderia ser eleita no primeiro turno. Levando-se em conta a margem de erro da pesquisa, que é de dois pontos percentuais para mais ou para menos, os votos válidos da candidata podem variar de 49% a 53%.

Segundo turno

Em um eventual segundo turno entre Dilma e Serra, o Ibope apurou que a petista teria 48% e Serra, 37%. Nesse cenário, votariam nulo ou em branco 8% dos eleitores. Os que se disseram indecisos somam 7%. Na pesquisa divulgada uma semana antes, a petista tinha 44% e Serra, 39% em um hipotético segundo turno entre os dois.

Avaliação do governo

O levantamento também mostrou como os eleitores avaliam o governo Lula. Para 78%, o governo é ótimo ou bom; para 18%, regular; para 4%, ruim ou péssimo.

Em Açailândia: semana de denúncias dos conflitos gerados pela Vale‏

Os Missionários Combonianos e a Paróquia São João Batista de Açailândia – MA realizam de 18 a 21 de agosto a “Semana Cultural Justiça nos Trilhos”. Quatro eventos em Açailândia ajudarão a população a refletir sobre a vida e o futuro de nossa região. Se o progresso tem o preço do desemprego, da poluição, de acidentes e violência ambiental... Isso não vale!

“Não Vale” é o título de um filme-documentário do cineasta italiano Silvestro Montanaro, que apresenta fortes denúncias sobre o impacto da Companhia Vale do Rio Doce ao longo do corredor de Carajás. O filme já está circulando pelo Brasil todo, especialmente nos estados de Pará, Maranhão, Minas Gerais e Rio e Janeiro, sede dos maiores empreendimentos da Vale no Brasil.

Em Açailândia, o filme “Não Vale” será apresentado:

Quarta-feira 18, na Vila Capelloza – na sede do CIFEC às 19.30;

Quinta-feira 19, na Vila Ildemar – no salão da Paróquia São Sebastião às 19.30;

Sexta-feira 20, no Piquiá – na escola Darcy Ribeiro às 19.30.

O grupo Juventude pela Paz (Jupaz) de Açailândia estréia na mesma semana com uma peça teatral sobre esse tema, sob a direção de Xico Cruz.

“Que trem é esse?” é uma peça construída a partir da pesquisa em cinco municípios ao longo da Estrada de Ferro Carajás. Dá voz à resistência do povo em situações de conflito com a Vale e aos sonhos de comunidades que anseiam por um novo modelo de desenvolvimento.

A estréia da peça “Que trem é esse?” será sábado 21 às 19.30, no salão paroquial da igreja São João no bairro do Jacu.

Nessa semana cultural a pesquisa e a arte se unem, num precioso e provocante trabalho de denúncia, em busca de mais justiça e respeito para a vida em toda nossa região!

Açailândia, 16 de Agosto 2010

Missionários Combonianos
Paróquia São João Batista

Contato:
Tel. 99-3538.1787
Cel. 99-8112.8913

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Candidato a deputado estadual Juscelino Oliveira é recebido com muita alegria na Feira Livre e Mercado Público de Açailândia

Açailândia – O candidato a deputado Estadual Juscelino Oliveira teve uma semana de agenda cheia. De segunda à sexta-feira esteve visitando correligionários e amigos de pelos 16 municípios maranhenses. Junto com os suplentes de Lobão, Edinho Lobão e Pastor Bel, Juscelino firmou mais uma grande parceria com lideranças de Chapadinha e Zé Doca onde fará dobradinha com a candidata à reeleição para deputada federal Nice Lobão.

Juscelino considera que mais essa adesão que já chega a 22 municípios pode garantir a sua eleição rumo a Assembleia Legislativa do Estado, já que os votos de Açailândia tendem sempre a ser divididos e é necessário ser também bem votados em outros municípios maranhenses. “Uma expressiva votação em Açailândia é primordial para a minha eleição, no entanto, será necessária também uma boa votação fora do município para garantir a nossa vitória”, disse Juscelino.

No sábado Juscelino esteve visitando suas bases em Açailândia e reuniu-se com a coordenação de campanha para definir as estratégias para os próximos 45 dias de campanha. “Agora é que a coisa pega, por isso temos que planejar muito bem todos os trabalhos a serem desenvolvidos a partir de agora, pois qualquer erro pode ser fatal – estamos com a eleição na mão, mas para isso precisamos da força de toda a militância, amigos e principalmente os eleitores de Açailândia para alcançarmos os nossos objetivos.


Domingo
Na Feira Livre que acontece todos os domingos Juscelino Oliveira foi recebido com muita alegria. O candidato a deputado estadual pelo PP abraçou cada feirante e as pessoas que sempre fazem suas compras nas manhãs de domingo naquele local.


Juscelino apenas está colhendo aquilo que plantou juntos aos feirantes e todos os profissionais que tiram seus sustentos do Mercado Público Municipal. Como vereador sempre esteve ao lado daquela comunidade e agora recebe o apoio incondicional de todos que foram beneficiados com o trabalho do parlamentar.

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Ildemar e Josué deixam Jovens atletas passando fome na capital do Estado

Desabafo de um atleta vencedor...

Ildemar pronta …Olha, moramos em uma cidade onde se pensa que esporte e só futebol e onde um secretario usa um projeto como trampolim eleitoral já que perdeu seu mandato na ultima eleição. Quem sofre com isso somos nós, que não somos josuue_thumb[10]nnovopoucos dos esportes menos populares como basquete, vôlei, ciclismo, atletismo, jiu-jitsu, futebol de areia, skate, tênis e outros que hoje fazem uma legião de mais de 3 mil atletas, isso sem falar na garotada de 7 a 12 anos que estão chegando, em cada uma dessas modalidades, que são deixados de lado por um secretario que da sua boca só sai futebol.

Somos brasileiros, gostamos de futebol também, e como gostamos, mais há outros esportes que glórias mil também trazem pra nossa cidade e Estado, e olha que glorias, até mais que o carro chefe futebol.

Temos campeões mundial, maranhense, norte-nordeste de suas modalidades em cada um destes esportes citados e isso não é visto ou faz-se de conta que não se vê.

Maior exemplo foi agora no jem´s( JOGOS ESCOLARES MARANHENSES 2010) que por falta de 22 mil que o município não assumiu, que seria gasto com alimentação dos atletas que foram a essa competição, e que eu vi com meus próprios olhos meninos e meninas de 12 a 16 anos tendo que se alimentar com ajuda dos  instrutores concursados ou contratados que tiraram do próprio bolso para isso, e os pequenos atletas que sabe se lá o que tiveram que fazer para levar 20 reais para comerem durante uma semana ou mais em São Luis durante os seus jogos.

Isso é uma vergonha. O pior é que o secretário ainda tem coragem de ir para televisão paga pelo prefeito e fala que tudo está maravilhoso, que o prefeito esta fazendo de tudo para o esporte. Só se for na casa dele por que nos dos individuas e dos coletivos menos populares vimos outra realidade, vimos que somos deixados para terceiro plano, e olha lá. Quando solicitamos um apoio da secretaria é uma burocracia e quando você não é atendido na calçada mesmo, tem que disputar espaço com pessoas pedindo ajuda função que teria que ser da Secretaria de Ação Social. Quando sai alguma coisa é uma esmola, imagina você atleta sair de Açailândia pra São Paulo ou Belém-PA, para competir com R$ 100,00 - isso tudo para você gastar com passagens, alimentação, estadia e inscrição no evento.

Isso é o que nós atletas e instrutores seja quem for que esteja ligado ao esporte amador que não seja o futebol passamos aqui em Açailândia, enquanto isso o secretário Josué vai pra televisão falar que esta tudo uma maravilha, só em sua mente e visão que existe esse mundo de utopia no nosso esporte local. Falo isso por que sinto na pele. Para SEDEL nem me dirijo mais, pois sei que lá não conseguirei nada, a não ser promessas evasivas, assim como outros esportistas de nossa cidade.

“Deus, não deixe que minha filha um dia queira ser atleta nessa cidade com uma administração dessa, pois faço de tudo para que ela não passe fome e não deixarei que ela saia de minha casa para representar nossa cidade em São Luis e lá ter que depender da ajuda de pessoas que já ganham pouco, fazendo o que amam que é o glorioso esporte Açailandense”, emocionado apela  Rodrigo “ Granola” Nunes Alves.

Mesmo com todas as dificuldades nossos atletas mostraram seu valor. Na abertura dos jogos escolares maranhenses 2010, dia 07 passado, em São Luis, começou com o jiu – jitsu, as lutas aconteceram no sábado com as escolas de Porto Franco, Imperatriz,, Açailândia e Buriticupu já que o jiu-jitsu faz parte do calendário a 10 anos como uma das 23 modalidades dos jogos.

Os maiores destaques deste ano foram Alef, do IFNA DE Buritcupu que venceu sua categoria e  Lucas Nascimento da escola divino mestre de Açailândia que venceu o peso absoluto. Outro destaque foi Daniel lima, ouro no seu peso e vice no absoluto, além de Brenda  do divino mestre, ouro em seu peso e Joelson bronze.

Assina: Rodrigo Granola

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Ildemar usa estratégia para não eleger nenhum deputado estadual de Açailândia.

Ildemar pronta2 Açailândia – O prefeito de Açailândia, Ildemar Gonçalves (PSDB) ouviu tanto em sua campanha para reeleição o bordão “Deixa o Homem Trabalhar”, que se cansou. Em seu segundo mandato resolveu fazer totalmente ao contrário do que dizia quando andava nas ruas pedindo votos, ou seja, não trabalhou pelo município e nem realizou até hoje nenhuma obra de relevância para a população açailandense.

O resultado é o alto índice de rejeição, não conseguindo se quer lançar um candidato a deputado estadual que pudesse representar Açailândia na Assembleia Legislativa do Estado.

O medo de perder o posto de líder político em Açailândiafantoche__por_o_heinze levou Ildemar então, a traçar metas para que nenhuma liderança política do município possa se eleger e simplesmente rateou a prefeitura para que votem e façam campanha (crime eleitoral), para vários candidatos pára-quedistas. A estratégia é dividir ao máximo o número de votos no município.

O que Ildemar não atentou é que o eleitor não é mais o mesmo e com certeza não vai cair nessa armadilha fútil – Açailândia nestas eleições tem a possibilidade de mostrar que pode eleger até dois deputados estaduais genuinamente açailandense e dar uma resposta para Ildemar Gonçalves nas urnas dizendo: “Não fazemos parte do seu Curral Eleitoral Sr. Ildemar, não somos fantoches e muito menos bois, somos gente, que luta e quer uma Açailândia melhor”.

Deu no Rei dos Bastidores

Exclusivo: Entrevista com idoso de 64 anos que foi torturado pelo Sargento PM Rafael em São Francisco do Brejão.

O Blog Rei dos Bastidores em seu último post traz com exclusividade uma entrevista concedida ao Radialista Nilton César, na Rádio Clube Fm , pelo idoso que afirma ter sido torturado pelo sargento Rafael.

O idoso identificado por Chagão após a entrevista, prestou depoimento ao Dr. José Alexandre Rocha da 3ª promotoria, que deverá instaurar inquérito para apurar as acusações.

Chagão também deverá ir ao CDVDH - Centro de Defesa da Vida e dos Direitos Humanos de Açailândia para pedir proteção para sua vida.

Veja a entrevista completa abaixo:

Pai de suspeito de assassinato é torturado pela Polícia Militar em São Francisco do Brejão.

O já conhecido da mídia por seus métodos truculentos, Sargento PM Rafael, seria o autor da tortura contra um ancião de 64 anos de idade.

sargento rafael Açailândia - No começo da semana um jovem por nome Cícero da costa 25 anos que estava em um bar, no povoado Trecho Seco, em companhia de vários amigos bebendo, quando de repente sem motivo aparente levantou sacou de uma arma e deu 11 facadas em Francisco Sampaio de 43 anos que morreu na hora.

Ao ser informado do crime o Sargento Rafael que ocupa a função de Delegado na cidade de São Francisco do Brejão foi até casa do acusado e como não o encontrou no local resolveu algemar e prender seu pai, conhecido como Chagão, de 64 anos de idade.

Em seguida, segundo relatos, o Sargento da PM, Rafael, teria arrastado o idoso até um tronco de pau, no meio de um pasto e passou a torturá-lo psicologicamente. Testemunhas relatam que Rafael teria efetuado vários disparos a queima roupa em direção ao pé do ancião, tudo isso debaixo de gritos e palavra de baixo calão. Não satisfeito, Rafael teria pegado um isqueiro e ameaçado atear fogo no pasto com o Ancião de 64 anos dentro.

Ao fim de várias sessões de torturas, mesmo não sabendo paradeiro do filho e não tendo nada haver com o crime, o militar encarcerou o ancião e disse que só o soltaria depois que o acusado se apresentasse à polícia.

Populares revoltados com a atitude do militar truculento ligaram para a promotoria em Açailândia que imediatamente ao saber do caso acionou a delegacia regional para resgatar das garras do sargento Rafael o ancião que estava preso ilegalmente.

O Delegado Regional Vital Rodrigues juntamente com o delegado Jazeram se fizeram acompanhar de vários agentes da policia civil e se dirigiram até a cidade de São Francisco do Brejão para libertar o idoso preso ilegalmente.

Segundo parentes, o sargento Rafael ainda teria ameaçado de morte o idoso, se o denunciasse para a promotoria a tortura que sofrera.

Fonte: rei12.blogspot.com

Negociata de Ciganos: Deoclides Macêdo passa a perna em Ildemar

Ildemar pronta2 Açailândia – Os dois prefeitos, Ildemar de Açailândia e Deoclides Macêdo de Porto Franco fizeram nesta eleição uma espécie de troca-troca. Ildemar ofereceu a Deoclides o apoio incondicional das secretarias de saúde e educação à sua irmã Valéria Macêdo para deputada estadual e em troca pediu o apoio do prefeito de Porto Franco ao sobrinho Hélio Santos para deputado federal. O que os dois prefeitos se esqueceram é que o eleitor mesmo admirando seus líderes há muito tempo se desvencilharam do chamado “voto de cabresto” e essa estratégia pode se transformar em tiro no pé.

P1110273 Segundo o Blog Rei dos Bastidores, o prefeito Ildemar até que está cumprindo com a sua parte, já reuniu todos os coordenadores da educação e da saúde e simplesmente exigiu o voto e o empenho de todos na eleição da pára-quedista Valéria Macedo. No entanto, o prefeito de Porto Franco passou a perna em Ildemar e entregou toda a estrutura da prefeitura na eleição de Weverton Rocha que é do seu partido.

Esta é uma verdadeira negociata de “Ciganos”, cada um querendo ser mais traquino que o outro. Como bala trocada não dói, o prefeito Ildemar está somente experimentando do seu próprio veneno – a traição é a tônica do seu dia-a-dia.

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Censura: Minirreforma endurece as regras eleitorais na TV

O autor do relatório que amordaçou os humoristas de todo o Brasil foi o deputado federal Flávio Dino, hoje, candidato ao governo do Maranhão pelo PCdoB.

Foi no Parlamento que faltou humor. Foi ali, na discussão da minirreforma eleitoral, que foram estabelecidas as restrições que impedem as sátiras contra políticos na TV. Relatório de Flávio Dino (PCdoB-MA) foi determinante para a mudança

A eleição de 2010 está menos engraçada. A criação de restrições que impedem que os candidatos aos cargos eletivos sejam satirizados pelos programas humorísticos foi o tema de uma entrevista exclusiva do jornalista e humorista Marcelo Tas, apresentador do CQC ao Congresso em Foco. Por conta das restrições, situações que eram comuns no CQC, quando pessoas que passavam por situações mais constrangedoras eram atingidas por marretas ou tinham o nariz aumentado por meio de trucagens com desenho animado, não podem acontecer com os candidatos. Na entrevista, Tas, que chegou a perguntar ao então candidato à Presidência da ditadura militar, Paulo Maluf, se era verdade que ele era corrupto, mostra-se indignado. Avisa: “Não vão me intimidar”. Mas, resignado, reconhece: terá que respeitar a lei.

Marcelo Tas avisa: ‘Não vão me intimidar’

O fato é que, gostem ou não, as emissoras de televisão passaram a ficar com a atenção redobrada após o início do período eleitoral. Desde o dia primeiro de julho, elas estão na mira da legislação eleitoral (9.504/97). E a norma diz que os candidatos não podem ser submetidos a trucagens ou montagens que tenham tom de deboche e os coloquem em situações constrangedoras ou ridículas. A regra não poderia ser mais clara: é proibido fazer piada com eles. Por conta disso, o CQC parou de fazer suas trucagens com desenho animado. E o Casseta & Planeta Urgente!, da TV Globo, simplesmente aboliu do programa qualquer referência aos presidenciáveis e outros candidatos nestas eleições. Os humoristas cogitam até mesmo fazer uma passeata no Rio de Janeiro para protestar contra a situação.

Não se deve, porém, debitar o rigor contra os programas humorísticos à Justiça Eleitoral. O Congresso em Foco refez o caminho que estabeleceu a regra. Ela foi incluída pelo Congresso Nacional, mais especificamente pela Câmara dos Deputados, quando foi discutida, em setembro do ano passado, a minirreforma eleitoral. O texto encaminhado pelos deputados e senadores ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) preocupou-se, entre as alterações, em ampliar as restrições ao humor e mais do que isso: proibir a ridicularização contra candidatos, partidos e coligações.

Desde 1997, já havia uma norma que vedava o uso dos recursos audiovisuais que pudessem causar prejuízos aos candidatos. Entretanto, não detalhava quais os recursos que seriam proibidos, nem de que forma eles seriam vedados. O texto aprovado na minirreforma, assim, passou a descrever de forma detalhada todas as restrições, além de definir o entendimento do que era trucagem e montagem no audiovisual. Dessa forma, o que até então era uma norma sem aplicação virou uma rigorosa restrição à sátira política. Se a lei já previa limitações, com o novo texto, o risco de transgredir a regra passou a ser pesado pelas emissoras de TV. Quem desrespeitar as vedações que lhes são impostas desde o dia 1º de julho, até o fim das eleições, fica sujeito à multa entre R$ 20 mil a R$ 100 mil, duplicada em caso de reincidência.

Lacunas preenchidas

Relator da minirreforma na Câmara, o deputado Flávio Dino (PCdoB-MA) foi quem apresentou o substitutivo (veja o documento) ampliando as restrições. O artigo 45 da Lei teve dois parágrafos acrescidos. Pela redação, passou a ficar definida como montagem “toda e qualquer junção de registros de áudio ou vídeo que degradar ou ridicularizar candidato, partido político ou coligação, ou que desvirtuar a realidade e beneficiar ou prejudicar qualquer candidato, partido político ou coligação”.

Procurado pela reportagem, o parlamentar, que atualmente concorre ao governo do Maranhão, rebateu as críticas que ganharam forças após o início do calendário eleitoral. Dino rejeita veementemente que sua intenção tenha sido de preservar os políticos nos programas humorísticos. “Essa lei já existia há 13 anos. Eu apenas preenchi as lacunas existentes, pois não se definia o que é trucagem e montagem. Ou seja, fiz melhorar a lei. Agora, dizer que eu endureci a Lei para preservar os políticos é uma afronta”, argumenta Dino.

Na verdade, havia dois propósitos. Primeiro, impedir montagens e trucagens na internet nas quais os candidatos aparecessem em situações que os ridicularizassem ou gerassem forte prejuízo. Como diabo ou Drácula, por exemplo. Segundo, evitar que a guerra entre os candidatos ganhasse contornos muito fortes em localidades em que um político tem uma emissora de rádio e TV e pode usá-la para ofender seu adversário. O problema é que a norma, muito restritiva, tolheu os programas humorísticos.

O substitutivo de Flávio Dino foi um complemento a uma proposta originalmente apresentada pela deputada Manuela D'Àvila (PCdoB-RS). A emenda da parlamentar previa limites para a cobertura eleitoral, mas apenas na internet. Pelo texto, a deputada sugeria que ficasse “vedada a utilização e veiculação de trucagem, montagem ou outro recurso de áudio ou vídeo que, de qualquer forma, degradem ou ridicularizem candidato, partido ou coligação”.

O Congresso em Foco entrou em contato com a parlamentar para que ela comentasse o fato de sua emenda ter sigo a gênese da restrição. Manuela, entretanto, não retornou o contato feito pela reportagem. Sua assessoria de imprensa também não comentou o assunto.

Congresso em Foco.

TJ recebe denúncia contra prefeito de Buriticupu

A 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça recebeu nesta terça-feira, 10, denúncia contra o prefeito de Buriticupu, Antônio Marcos de Oliveira, o Primo (PDT), acusado de fazer falsas e graves atribuições ao titular do Ministério Público Estadual (MPE) na cidade, Alessandro Brandão Marques.

De acordo com o processo, durante programa de uma rádio da localidade, o prefeito classificou Alessandro Brandão de patrocinador de invasões de terras, fomentador de desordem e bagunça, além de ser agente de perseguições políticas.

Esses crimes estão previstos nos artigos 20 e 21 da Lei 5.250/67, como caluniar alguém, imputando-lhe falsamente fato definido como crime e também por difamação, atribuindo fato ofensivo a sua reputação.

Consta, ainda, na denúncia oferecida pelo MPE, que a questão se deu em virtude das medidas judiciais e extrajudiciais adotadas pela promotoria contra Antônio Marcos.

Ao receber a denúncia, o relator do processo, desembargador Bayma Araújo, destacou que os requisitos para o recebimento foram preenchidos. Os desembargadores José Luiz Almeida e Raimundo Nonato de Souza acompanharam a decisão.

(As informações são do Tribunal de Justiça).

Ildemar obriga a população a usar água imprópria para consumo

Açailândia - Mais um exemplo da desastrosa administração declip_image001 Ildemar Gonçalves é a criação do SAAE - Sistema Autônomo de Água e Esgotos de  Açailândia. A população que era atendida por uma empresa particular foi contra sua vontade obrigada a ser atendida por uma autarquia pública que vem tratando seus clientes (o povo) com, no mínim, uma grande falta de respeito ao ser humano.

Vários clientes estão ligando diariamente para as rádios,clip_image002  mandando e-mail com fotos para os blogues, para reclamar da coloração da água que sai das torneiras de forma barrenta e imprópria para o consumo humano. A população além de ter que consumir esta água suja ainda é obrigada a pagar por ela, já que tem que esgotar as caixas a espera de uma água limpa.

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Depois de ter candidatura cassada, Quininha deverá lançar Irmão como substituto.

quininha Açailândia – Um verdadeiro “Iceberg Polar” (muito frio) virou a campanha do ex-prefeito de Itinga do Maranhão Francisco Walbert Queiroz “O Quininha”, após ter sido cassada a sua candidatura pelo Tribunal Regional Eleitoral.

Apesar de Quininha insistir em seguir o mesmo caminha de Deusdete Sampaio em 2006, ou seja, enfrentar a Justiça Eleitora e depois ter todos os votos invalidados, o mesmo não está acontecendo com seus correligionários e simpatizantes – a campanha esfriou e pelo menos em Açailândia o que se ver são seus carros de som, mudos.

Alguns veículos de comunicação ainda tentam demover da cabeça do eleitor que Quininha tem apenas um probleminha de desvio de verbas o que o obrigou a devolver aos cofres públicos a quantia de R$ 265.000,00 aos cofres públicos. No entanto o problema maior do ex-prefeito de Itinga do Maranhão é a sua prestação de contas de quando foi candidato a reeleição pelo seu município, quando na ocasião foi derrotado pela atual prefeita, Vete Botelho (PDT) – a Quininha foi negado a sua quitação eleitoral, prerrogativa extremamente necessária para o registro de candidatura, portanto, está inelegível.

Nova Tática

Noticias advinda da cúpula da campanha do ex-prefeito Quininha é que seus assessores mais próximos já o convenceram que não adianta ir de encontro à decisão do Tribunal Regional Eleitoral, pois poderá ter o mesmo destino que Deusdete teve nas eleições de 2006. A saída será lançar um dos irmãos para deputado estadual em substituição a sua candidatura. O nome seria de um irmão desconhecido em virtude do nome do outro irmão, Fran Queiroz, que foi secretário de administração em sua gestão, possuir uma enorme rejeição em Itinga do Maranhão – o nome que vazou de uma reunião fechada da coordenação de campanha seria um tal de “Tico”.

Vai virar Lei: Blogueiros serão obrigados a moderar comentários

blogueirosmi_7102364320981981 Proprietários de blogs, fóruns e sites com funcionalidades semelhantes terão que ter cuidado ao permitir que outras pessoas façam comentários nas páginas sem se identificar, ou poderão ser penalizados em função do anonimato. Um projeto de lei que tramita na Câmara dos Deputados, de autoria do deputado Gerson Peres (PP-PA), transfere para os blogueiros a responsabilidade por opiniões que se constituam em crimes contra a honra - calúnia, injúria ou difamação - de qualquer pessoa.

Para evitar os comentários anônimos, na prática, o dono do blog fica obrigado a moderá-los. Caso contrário, o ofendido poderá acionar a Justiça Civil para a reparação do dano moral. O projeto também diz que o Poder Judiciário poderá aplicar multa de R$ 2 mil a R$ 10 mil ao proprietário do blog que permitir a publicação dos comentários ofensivos. Ainda de acordo com o a proposta, todos os blogs serão obrigados a fazer registro com o nome completo, CPF e identidade de seu proprietário no site Registro.BR.

Segundo Peres, nos meios tradicionais de comunicação o controle dos crimes contra a honra é maior e passível de responsabilização civil e penal. "Os blogs, fóruns e demais sites de publicação de artigos e opiniões, porém, não contam com norma similar que permita a proteção das pessoas. Essa lacuna legal impede que os autores de tais crimes sejam responsabilizados", afirma.

O diretor da Faculdade de Tecnologia da Universidade de Brasília (UnB) é favorável à moderação. Para Antônio César Brasil Júnior, o maior problema dos blogs são as mensagens anônimas. "As publicações sem identificação nunca são isentas. Se o autor do blog aceita a divulgação, ele também deve ser penalizado", diz

O professor de Direito Público, também da UnB, Mamede Said, concorda com a responsabilização do dono do blog. "O site acaba sendo um espaço pessoal do blogueiro. Se o comentário está em um local criado por ele, é justo que o autor seja punido. A Constituição Federal veda o anonimato exatamente para que as pessoas que se sintam ofendidas tenham o direito de ir à Justiça", ressalta o docente.

Apesar de concordar com a moderação, Mamede Said faz uma ressalva. "Eu acho razoável que o blogueiro faça a filtragem. Por outro lado, ele pode acabar tirando a liberdade de expressão dos freqüentadores do site. Existem comentários que são ofensas gratuitas, que não contribuem para o debate. Em outros casos, no entanto, as contribuições devem ser aceitas. Só se justifica o bloqueio ao comentário gratuitamente ofensivo", diz Said.

Blogueiros
A jornalista Isabela Azevedo mantém desde o início do ano o blog http://donaisabela.blogspot.com (http://bit.ly/92Y3oH). A página retrata - a exemplo da própria autora - o cotidiano de pessoas que decidem sair da casa dos pais para morarem sozinhas. Isabela sempre moderou a página. "Apesar dos blogs serem uma oportunidade de interação e livre expressão dos internautas, o site é de responsabilidade de quem escreve e propõe o debate", acredita a blogueira. Isabela concorda com a aplicação de multas para aqueles que descumprirem a lei.

Brasil Júnior discorda que se estipulem valores entre R$ 2 mil e R$ 10 mil para as multas. "Cada caso é um caso. Às vezes, um blog pode ser sustentado por interesses econômicos e pode merecer uma multa acima do teto estipulado no texto da lei", acredita o diretor da Faculdade de Tecnologia da UnB.

Said também concorda com a aplicação das multas. Mas ele acredita que a responsabilização para o autor do site deve ser apenas civil. "Algum tipo de multa tem que haver. Entretanto, como o Blogueiro não é autor do comentário, apesar de estar propagando a ofensa, é razoável que ele responda apenas civilmente e não criminalmente", conclui Said.

O projeto de lei (PL-7131/2010) tramita na Câmara em regime de urgência, e aguarda apreciação em plenário, ainda sem data definida.

Fonte: Abril Blogues

sábado, 7 de agosto de 2010

Ex-prefeito de São Pedro D’água Branca e a mulher são presos


Os dois são suspeitos de serem os mandantes do assassinato do secretário de meio ambiente Osmar Luna Peixoto em 2007.

Policiais civis, sob o comando da delegada Nilmar da Gama Rocha, prenderam no início da tarde desta sexta-feira Idelzio Gonçalves de Oliveira, o "Juca", de 48 anos. além dele, a esposa também foi presa, Edilane Pereira do Nascimento, de 44.

Os policiais cumpriram mandado de prisão decretada pelo Juiz da 4ª Vara Criminal da Comarca de Imperatriz, Weliton Sousa Carvalho. Os acusados foram conduzidos à 10ª Delegacia Regional de Polícia Civil, onde vão ficar à disposição da Justiça.

De acordo com informações da delegada Nilmar da Gama, Juca e Edilene são suspeitos de serem os mandantes do assassinato do secretário do Meio Ambiente, Osmar Luna Peixoto, ocorrido no dia 9 de setembro de 2007, em Imperatriz.

Osmar estava colocando o carro na garagem de uma casa, localizada na Rua Iracema, no centro da cidade, quando foi surpreendido por dois homens, que chegaram ao local em um veículo Fiat Uno, de cor azul. Os homens já chegaram atirando. Osmar foi atingido por vários tiros e morreu na hora.

Motivo

A delegada disse que Juca e Osmar se desentenderam politicamente. No decorrer das investigações, ela constatou que Juca e a esposa planejaram a morte de Osmar, que era o secretário na gestão dele.


Um homem, cujo nome não foi informado e que era funcionário da mulher de Juca, é o acusado de ter desferido os tiros que mataram Osmar. Esse homem também está com prisão decretada e sendo procurado pela polícia. Ele estaria em Rondon do Pará. Outro envolvido no crime, segundo a delegada, é o vereador Edmar Medrado, que também foi assassinado.

Candidato a deputado estadual Juscelino Oliveira lança campanha com uma mega caminhada pelas ruas de Açailândia


Açailândia – Aguardado com grande expectativa pelo eleitor de Açailândia, o candidato a deputado Estadual Juscelino Oliveira (11000), lançou oficialmente a sua campanha rumo a Assembleia Legislativa do Estado realizando a maior caminhada política da história de Açailândia.
O evento que teve início por volta das 17h00min e se encerrou por voltas das 20:00 levou às principais ruas de Açailândia cerca de 4 mil pessoas que com muita alegria agitavam suas bandeiras empolgando os eleitores que deixavam os seus afazeres para acompanhar de perto a maior manifestação pública desta eleição.


Juscelino desfilou pelas ruas da cidade de braços dados com a candidata a deputada federal Nice Lobão (2510), o suplente do senador Edson Lobão Pastor Bel, amigos, correligionários, e várias outras autoridades políticas do Estado do Maranhão.

Pela primeira vez na história política de Açailândia um candidato lança oficialmente a sua candidatura nas dependências de uma Igreja Católica. O encerramento do evento aconteceu na quadra da Igreja São Francisco de Assis, no centro da cidade e foi marcado por discursos fortíssimos do Pastor Bel, dona Nice Lobão e o candidato a deputado estadual Juscelino Oliveira.


Dobradinha
Juscelino fez questão de frizar a dobrinha feita com a candidata a deputada federal Nice Lobão que já começou a trazer frutos para a população de Açailândia. Através da influência do Senador Edson Lobão que foi Ministro de Minas e Energia, Juscelino anunciou a boa nova de uma ação que a principio irá amenizar a crise financeira instalada no setor siderúrgico. A vale cedeu às pressões do setor e a ação do senador Lobão e a deputada federal Nice Lobão que faz dobradinha em Açailândia com Juscelino Oliveira e resolveu baixar o preço do minério em R$ 10,00 que no momento dará uma sobrevida para as produtoras de Ferro Gusa de Açailândia, que deverá garantir a segurança do emprego de centenas de trabalhadores