quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Escândalo na Saúde: Homem dar entrada no HMA com fratura na perna e morre por falta de atendimento.

Em menos de 05 meses à frente da saúde de Açailândia, o prefeito em exercício Juscelino Oliveira e o vereador/secretário Marquinhos já conseguiram levar o Hospital Municipal aos piores índices de atendimento à população da história político/administrativa do Município. As mortes que mais uma vez farão apenas parte de estatísticas é apenas o resultado desse descaso.

IMG-20151202-WA0026

É só alegria… Juscelino ao lado de dois dos vereadores responsáveis pela cassação da prefeita Gleide Santos – Marquinhos virou secretário de Saúde, ou outro tem ligação íntima e de parentesco com a secretária de educação…

A vítima do descaso da saúde pública do Município de Açailândia é Walmir da Conceição de Jesus, de 53 anos, que deixa viúva, filhos e parentes revoltados com a forma desumana que a atual gestão pública tem tratado seus munícipes, o que levou a óbito mais um açailandense, este que deu entrada no Hospital Municipal de Açailândia com uma simples fratura na perna.

Um vídeo publicado por uma emissora local e que já ganhou as redes sociais do mundo inteiro mostra o desespero da esposa da vítima quando se completou 31 dias que Walmir deu entrada no HMA e nada havia ainda sido feito. No vídeo a esposa demonstra toda a sua indignação com os vereadores que colocaram o atual gestor pela janela, cassando o mandato legítimo da prefeita Gleide Santos – a esposa da vítima ainda faz apelos ao atual gestor e ao Ministério Público. (Clique aqui e veja o vídeo... É de cortar o coração)

Via Crucis

O paciente agonizante, nos últimos dias, virou uma espécie de “bola de pingue pongue”, ora encaminhado para Imperatriz, ora mandado de volta. Nesse vai e vem, Walmir foi internado na sexta-feira, dia 27 de novembro, no socorrão de Imperatriz, onde lá foram feito os exames que deveriam ter sido feitos aqui mesmo na cidade de Açailândia – não foram feitos porque os laboratórios da cidade estão todos descredenciados por falta de pagamento.

Nos exames, segundo a família, constaram que o paciente era diabético e havia contraído hepatite – Não deu tempo de fazer mais nada, pois na manhã de hoje (02) o pai de família Walmir da Conceição Jesus veio a óbito – nos últimos três dias Walmir não defecava e nem urinava mais. Segundo relato de familiares, o que teria ocasionado isso teria sido a medicação, sem nenhum exame, realizado no Hospital Municipal de Açailândia.

E agora quem será responsabilizado?

O Ministério Público ainda ajuizou ação contra o prefeito em exercício Juscelino Oliveira e contra o secretário/vereador Marquinhos, citando exatamente o caso do senhor Walmir, mas não houve tempo exíguo, para ouvirmos a resposta do judiciário – o que fará agora o MP e o Judiciário?

O atual gestor público ao qual a esposa da vítima pediu socorro nem ao menos se manifestou, pois vive em lugar incerto e não sabido, ora em São Luis, ora em Brasília.

E os vereadores responsáveis direto pelos desastres cometidos pela atual gestão. Ah! Esses me nego a comentar!!!

Enquanto isso a família sofre, e, o único perdedor desse jogo de empurra, empurra e o descaso com a coisa pública foi o falecido Walmir da Conceição Jesus.

Nenhum comentário: