quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Mais um Escândalo: Transposição de moradores de Pequiá de Baixo está “travado” por conta da desapropriação do terreno.

promotoria pequia

* Por Wilton Lima

Açailândia – Em Junho deste ano o Blog já denunciava uma armação montada pela prefeitura de Açailândia para dificultar cada vez mais a transposição das mais de 300 famílias de Pequiá de Baixo que sofrem Há décadas com a poluição promovida pelo setor siderúrgico.

O título da matéria estampado em nosso post de junho foi seguinte: “O Reassentamento de Pequiá de Baixo pode travar na desapropriação do terreno que o prefeito Ildemar deveria priorizar”.

Não deu outra – com uma única diferença – denunciamos há época que o local em que deveriam ser construídas as novas casas dos moradores de Pequiá de Baixo, poderia ser de propriedade de pessoas ligadas intimamente com o prefeito Ildemar Gonçalves, o que poderia travar em definitivo o processo de desapropriação. Na verdade, o problema é que a desapropriação subliminar aconteceu em uma área altamente produtiva e que não há nenhum interesse dos proprietários em vender o local, haja vista que, é de lá que tiram seus sustentos e há mais de 20 anos criam gado de leite naquelas pastagens. Mesmo porque o valor oferecido, segundo os proprietários, é irrisório, visto que, outras áreas colocadas a venda foram compradas por até R$ 475.000,00 o alqueire, enquanto que a terra em litígio, foi oferecido pouco mais de R$ 400.000,00 por toda área que compreende 8 alqueires.

Enfim, por conta disse os donos da área resolveram contestar na justiça o direito de permanecer em suas terras. Segundo uma das proprietárias das terras, Dona Zélia Braz, uma decisão em primeira instância já ocorreu em favor dos donatários, mas que os interessados nas terras já recorreram da decisão.

Portanto, o que se percebe é que mesmo depois de todo o trabalho da promotoria pública de Açailândia, da procuradoria geral de justiça do Estado do Maranhão e da luta da comunidade de Pequiá de Baixo, não passa de engodo a desapropriação feita pela prefeitura de Açailândia. Ou seja, já se perdeu quase um ano do início do processo de desapropriação e provavelmente os interessados terão que encontrar outra área para transposição da comunidade de Pequiá de Baixo.

Com isso Ildemar ganhou tempo e até acontecer uma nova desapropriação, o seu mandato já pode ter se encerrado, portanto, como disse desde o início, o prefeito, seria muito difícil reassentar essa comunidade – na verdade se tornou quase impossível em seu mandato de 08 anos.

Ficará, então, para o próximo prefeito, a missão de estruturar com saneamento básico, água, luz, escola, postos de saúde e transporte coletivo, qualquer área que seja escolhida e desapropriada para reassentamento da comunidade de Pequiá de Baixo.

Finalizando, Ildemar literalmente, “tirou aquilo da reta” e jogou todas as responsabilidades para os próximos gestores, pois sabe que jamais fará seu sucessor.

4 comentários:

Anônimo disse...

Ei Wilton, acho que valeria a pena tu averiguar mais a tramoia que junta os interesses da prefeitura e do casal Braz, com todos JUNTOS querendo melar a desapropriacao. Eh interesante por ezemplo averiguar de onde está vindo o dinheiro que está pagando o advogado do Braz, que é o mesmo advogado que pelo que dizem é o mesmo que defende o Municipio e o Prefeito Ildemar em outros procesos. É interessante averiguar tambem porque a Prefeitura nao contestou as alegacoes do casal no processo, ou seja, nao defendeu a desapropriacao que ela mesma fez... O que voce acha?? O problema entao nao é que a prefeitura desapropriou o terreno errado, mas que ela está trabalhando por tráz pra derrubar a desapropriacao que ela mesmo fez... na pratica é ela mesma que está fazendo a defesa dos Braz, só que a Dona Zelia está sendo orientada pra vir a publico mostrar que eles estao brigando... E tu caiu direitinho... Ou tu tambem é parte da tramoia?

Anônimo disse...

acredito que no municipio com tantos loteamentos novos, com certeza tem espaço para abrigar trezentas casa populares, mas com tudo se leva vantagem financeira o prefeito usa isso para procastinar ate quando puder.

Anônimo disse...

So coloca comentários q te interessam ne? depois se diz imparcial. kkk Q piada. mandei um comentario antes e vc ñ publicou. Mas é assim mesmo, vc eh igual a todos...

Wilton Lima disse...

Comentários pejorativos são todos deletados... Infelizmente muitos confundem a liberdade de expressão com libertinagem de expressão.

Wilton Lima