quinta-feira, 5 de novembro de 2020

BATEU O DESESPERO! Há 10 dias das eleições oposição mostra o que tem a oferecer para Açailândia, ou seja, nada.

 

Sem nada para oferecer ao eleitor, de forma estapafúrdia, a oposição apresenta contrato de 2018 para atacar com “FAKE NEWS” o candidato Aluísio, que assumiu SOMENTE em agosto de 2019.

Ficou muito claro ao eleitor que o candidato Benjamim iniciou as eleições deste ano à frente dos demais candidatos, mas como aconteceu na eleição de 2016, sem cheiro de povo e sem nenhum projeto relevante a oferecer para a população de Açailândia, a campanha perdeu musculatura e mais uma vez o candidato que se diz do BEM, mas cheio de maldades é mais uma vez assombrado pelo fantasma da derrota.

O candidato Aluísio, com propostas palpáveis e mostrando que sabe fazer e que sabe cuidar de gente, como por exemplo: com recursos próprios entregou a população 10 Leitos de UTI’s, como também um moderno Centro de Parto Humanizado, dentre tantos outros benefícios, o atual prefeito que concorre a reeleição disparou na frente e isso colocou oposicionistas em “parafuso”.

Nas hostes oposicionistas, para os próximos 10 dias, a ordem é atacar, seja quem for.

Ataques a Equipe de Marketing

Se utilizando de uma campanha limpa, tocando no emocional do eleitor e mostrando em peças de marketing a realidade do município, a Equipe responsável pela propaganda eleitoral no rádio e na tv, como também nas redes sociais do candidato Aluísio passou também a ser alvo de ataques dos oposicionistas quem entraram em desespero, pelo fantasma da derrota em suas portas.

Se utilizando de subterfúgios alheios a campanha eleitoral, a oposição atacou a publicitária Marly Alves e o candidato a vereador que mais tem incomodado a oposição, Kel, falando de uma suposta ligação com o ex-prefeito Juscelino Oliveira – ligação essa que existia de forma institucional e se encerrou a muito tempo, desde que o mesmo renunciou ao seu mandato.

Os oposicionistas ainda, de forma atabalhoada, sem sentido algum, tentam vincular o nome desse blogueiro que vos escreve, em uma divisão de um suposto contrato, sem apresentar nenhum merecimento ou qualquer ligação comercial ou financeira – as acusações infundadas dar-se simplesmente, por na condição de redator, estarmos prestando serviço para a empresa de Marketing de campanha do candidato Aluísio.

Simples assim!

Nenhum comentário: