quinta-feira, 30 de julho de 2015

PROPINAÇO: Denunciante "morto misteriosamente" teria sofrido ameaças de morte e até sofrido um sequestro relâmpago

Seria no mínimo uma decisão cautelosa a exumação do corpo para se verificar em uma perícia bem detalhada, a verdadeira "causa mortis" de Adriano Sousa.

Anselmo-e-Lenilda

Ancelmo Leandro da Costa, presidente da câmara de Açailândia, tio da vítima e acusado de ter repassado o cheque de Propina a Adriano para saque na boca do caixa…

A principal testemunha da investigação de acusação de propinagem na câmara municipal de Açailândia feita pelo Ministério Público de Açailândia, através da promotora da probidade administrativa Glauce Mara Malheiros (Procedimento Administrativo n° 01/2014), que morreu misteriosamente, sozinho, em sua residência, aparentemente vítima de infarto -  Antes do óbito, teria sofrido ameaças de morte e até sofreu um sequestro relâmpago.

A primeira declaração das ameaças sofridas pelo denunciante foi feita em entrevista coletiva pela prefeita de Açailândia Gleide Lima Santos (PMDB), em março deste ano. Na ocasião em que também denunciou o esquema de propina na câmara de Açailândia, Gleide Santos afirmou ter sido procurada pelo denunciante Adriano Sousa pedindo apoio para fugir para o Estado de São Paulo, em virtude das ameaças que vinha sofrendo.

vereadores Aciaria

Vereadores em visita a Aciaria Aço Verde instalada na cidade de Açailândia que teve Projeto de Lei aprovado para isenção de impostos…

Em entrevista concedida a uma TV Local, o ex-vereador, ex-presidente da câmara e ex-deputado estadual Irmão Carlos (PDT) reforçou ainda mais esta denúncia contando detalhes das ameaças sofridas por Adriano.

Segundo Irmão Carlos, as ameaças eram feitas através de cartas jogadas por debaixo da porta ou sobre o muro da residência de Adriano, e que só puderam ser combatidas através de instalação de sistema de monitoramento de câmeras de vídeos. Em outro trecho da entrevista, Irmão Carlos afirma com detalhes minunciosos que Adriano teria relatado ter sido vítima de uma espécie de sequestro relâmpago praticado por dois motoqueiros encapuzados, que teria levado Adriano a força para uma área deserta próximo ao CAIC, no Bairro Jardim de Alah e lá teria sido ameaçado de morte caso permanecesse com as denúncias contra o próprio tio Ancelmo Leandro da Costa, presidente da câmara de Açailândia e os demais vereadores acusados de propinagem. "Você é muito linguarudo, fala demais" foram as palavras usadas pelos sequestradores.

O Procedimento Administrativo foi instaurado pelo Ministério Público de Açailândia em maio de 2014 e já se passaram 14 meses da denúncia e até agora os vereadores acusados continuam a cantar de galo, levados talvez, por alguma certeza da leniência das nossas leis ou impunidade real.

Com relação a morte misteriosa da principal testemunha e o denunciante ao MP, seria de bom alvitre a exumação do corpo para se verificar em uma perícia mais bem detalhada a verdadeira "causa mortis" de Adriano Sousa.

quarta-feira, 29 de julho de 2015

"Vereador Márcio Anibal é desonesto e corrupto"...

... "Ele vai na sua casa, senta no seu sofá e beija as mãos das suas mulheres, mas é tudo armação. Ele [Márcio Aníbal] é desonesto e corrupto e posso provar", afirmou textualmente o ex-vereador e ex-deputado Irmão Carlos (PTB).

mesa 1_thumb[5]

Mesa Diretora da Câmara de Açailândia: “Todos estão envolvidos no Propinaço, bem como os outros cinco investigados pelo Ministério Público”, afirmou Irmão Carlos em entrevista.

Os trechos acima são de uma entrevista bombástica concedida pelo ex-vereador, ex-presidente de câmara e ex-deputado estadual Irmão Carlos, a um programa de TV Local.

Na entrevista, Irmão disse acreditar também que toda a mesa diretora da câmara de Açailândia a começar pelo seu presidente Ancelmo Leando (PMN) e o vice-presidente Márcio Aníbal estão todos envolvidos em esquema de propinagem envolvendo uma Aciaria instalada no Município de Açailândia. Irmão foi textual em afirmar ter absoluta certeza que todos os dez vereadores denunciados no Ministério Público estão metidos até ao pescoço no esquema de propinagem. Irmão ainda denunciou o sequestro relâmpago sofrido pelo denunciante, hoje morto misteriosamente, Adriano, sobrinho de Ancelmo (denunciado), que será objeto de outro post do Blog.

Ainda com relação ao vereador Márcio Aníbal, taxado de corrupto e desonesto, Irmão Carlos disse ter documentos suficientes para cassação do Edil e até leva-lo à prisão. "Esse vereador é o Imperador das diárias na câmara de Açailândia, e, todas irregulares, só isso é suficiente para sua cassação, contextualizou Irmão Carlos.

Para quem não conhece o esquema de diárias nas câmaras municipais de todo o país, principalmente no Maranhão, e por conseguiente na cidade Açailândia funciona da seguinte maneira: "O vereador, em conivência com o presidente da câmara inventam qualquer tipo de viagem, ás vezes com o simples texto de tratar de assuntos de interesse do Município, recolhem notas fiscais aparentemente quentes e embolsam a grana sem ao menos se deslocar da cidade".

No mandato de presidência da câmara de Açailândia, do vereador Aluísio Sousa(PMDB), o vereador Márcio Aníbal foi o grande campeão de diárias -  Aluísio está até hoje enrolado com suas prestações de contas - Se o Ministério Público quiser é só analisar as contas desse período.

No mandato de Lenilda Costa (PMN) essas torneiras se fecharam, daí a revolta, pela postura austera da presidente, principalmente o vereador Márcio Aníbal, que partiu para ataques e articulações para afastamento e até cassão da Edil.

Uma pergunta que não deve jamais ficar sem respostas é: O MINISTÉRIO PÚBLICO VAI FICAR INERTE a tantas denúncias de corrupção na câmara de Açailândia?

terça-feira, 28 de julho de 2015

PROPINAÇO: Vereadores de Açailândia terão que depor na Promotoria Pública acusados de receber propina de Aciaria instalada no Município.

Apesar de haver certo sigilo nas investigações, informações fidedignas dão conta de que várias pessoas já foram ouvidas pela promotora de justiça Glauce Mara Malheiros. As informações mais recentes é a de que os vereadores acusados do Propinaço já estão sendo intimados para deporem – Agora o feitiço pode virar contra o feiticeiro!

PopinAço

Dez dos 17 vereadores que fazem parte do Legislativo Municipal de Açailândia estão sendo investigados de receber propina para aprovar projetos de lei. Trata-se do Procedimento Administrativo n° 01/2014 – 1° PJ/Açai, instaurado para apurar a conduta dos vereadores, onde consta o depoimento de Adriano Sousa da Rocha a Promotora de Justiça Titular da 1° Promotoria de Justiça do município, relatando com funcionou todo o esquema ilegal de arrecadação de dinheiro por parte dos vereadores. Adriano Sousa da Rocha, delator do esquema está morto.

Ele era sobrinho do atual presidente da Câmara Municipal de Açailândia, Anselmo Rocha, apontado por Adriano Sousa como lobista do esquema. O depoimento de Adriano ocorreu na sede da Promotoria, localizada na Vila Ildemar, no dia 23 de maio de 2014, era uma sexta feira, às 10 horas da manhã.

O EMPRESÁRIO…

Ricardo Nascimento é presidente do Grupo Ferroeste, que é proprietário da Aciaria Aço Verde Brasil. A empresa encontra-se instalada no bairro Pequia, parque industrial do município. Ela deveria ter começado a funcionar no primeiro semestre de 2015, mas apesar do investimento da ordem de R$ 700 milhões, até hoje não funciona. Segundo a denúncia, a propina paga aos vereadores era para aprovação de projeto que previa a instalação da Aciaria e isenção de impostos.

O CAMINHO DA PROPINA…

Adriano Sousa da Rocha relatou a Promotora Glauce Malheiros que era sobrinho do Vereador Anselmo Rocha, e que sempre havia trabalhado como cabo eleitoral do parlamentar, pedindo votos para o tio no bairro do Jacu, base eleitoral de Anselmo Rocha. Em seu depoimento Adriano Sousa relatou que, Anselmo Rocha lhe ligou solicitando que este fosse ao Banco do Brasil trocar um cheque e para tanto o declarante, Adriano, receberia a quantia de R$ 500,00 (Quinhentos reais).

O delator do esquema afirmou que Anselmo Rocha ao lhe entregar o cheque pediu a ele que mantivesse a transação bancaria em segredo e “não contasse nem a sua própria mãe”. Ao receber o cheque, Adriano Rocha, afirma que constatou que a titular era uma pessoa jurídica, ou seja, uma empresa, citando a Meca Móvel Construções, que seria do então vice-prefeito de Açailândia, Juscelino Oliveira, PP.

Dando continuidade as suas declarações para a Promotora de Justiça, Adriano Rocha diz que foi até a agência bancária e sacou o valor que constava no cheque, R$ 5.000,00 (Cinco mil reais). Desta quantia ele relata ter entregado ao seu tio, vereador Anselmo Rocha, R$ 4.500,00 (Quatro mil e Quinhentos reais), ficando com R$ 500,00, o que seria o pagamento pelo favor.

Segundo consta no termo de declarações, Adriano Rocha afirmou que dias após realizar esta operação se encontrou com Anselmo Rocha, no Armazém do vereador, já que além de parlamentar, Anselmo é comerciante atividade paralela que mantém além do mandato. Durante a conversa classificada como informal, o vereador teria confessado que o cheque era pagamento para aprovação de um projeto de lei que havia sido negociado com o empresário mineiro Ricardo Nascimento.

Ainda na conversa com seu tio, Adriano Rocha, afirma ter sido informado de que a empresa MecaMóvel Construções, teria recebido o valor de R$ 50.000,00 (Cinquenta mil reais), da Aciaria Aço Verde e depois esta teria distribuído dez cheques no valor de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) para os dez vereadores. O denunciante cita em seu depoimento os seguintes parlamentares: Diomar Freire, Pastor Vagnaldo, Márcio Aníbal, Carlinhos do Fórum, Fátima Camelo, Fabio Pereira, Bento Camarão, Professor Pedro, Sergiomar de Assis e Anselmo Rocha.

Parte dos vereadores citados como recebedores de propina aparecem em fotos visitando as instalações da Aciaria Aço Verde. Adriano Sousa disse acreditar que todos os cheques foram sacados ainda em dezembro de 2014. E relatou que no momento em que Anselmo lhe contou o passo a passo do esquema, o mesmo estava sozinho com ele em seu armazém.

Conforme o depoimento, em janeiro de 2014, novamente o vereador ligou para Adriano ir trocar outro cheque, dessa mesma negociação, mas como ele teriademorado a chegar, Anselmo recomendou que um dos seus filhos fosse trocar o cheque.

O referido cheque seria de R$ 3.800,00 (Três mil e oitocentos reais), tendo sido entregue a Adriano somente trezentos reais, mas como o mesmo não viu o cheque, não soube dizer ao certo o valor expresso. Esse cheque também foi emitido pela a empresa Mecamóvel Construção.

Anselmo ainda teria, segundo depoimento, afirmado que havia mais dinheiro para ser recebido, a respeito da aprovação do projeto de lei que permitia a instalação da Aciaria, pois o valor combinado para cada vereador seria R$ 20.000.00 (Vinte mil reais), porém como vazou informações sobre a negociação, não soube mais sobre o pagamento.

O vazamento de informações citados pelo denunciante teria sido o momento em que o suposto recebido de propina por parte dos vereadores passou a ser levantado por setores da imprensa, leia-se, Blog´s. Naquele momento as suspeitas foram levantadas como se tratando de um “PropinAço”, uma alusão a propina e a origem do dinheiro, Aciaria que em funcionamento produziria 600 mil toneladas de vergalhões e fio máquina, ao ano.

Adriano Sousa relatou ainda que viu o vereador Anselmo recebendo uma ligação da vereadora Diomar Freire. Na ocasião perguntou sobre o restante do dinheiro da negociação citada, mas como o parlamentar alegou não saber, o mesmo ligou para um sócio da empresa que aparece como fornecedorados cheques, perguntando sobre quando iria sair o restante do dinheiro danegociação da aprovação do projeto de lei. Do outro lado da linha o homem teria dito não saber a resposta.

Os fatos narrados por Adriano Sousa, só eram até entãode conhecimento da esposa dele, da vereadora Lenilda, irmã de Anselmo e de seu esposo, ex-deputado estadual Irmão Carlos.

Adriano relatou ainda que enquanto ia trocar cheques presenciou pessoas de confiança de vereadores também na agência, provavelmente realizando saques da mesma negociação. Dias após conceder o depoimento Adriano Sousa faleceu.

PREFEITA DENUNCIA

No dia 20 de março de 2015 durante entrevista coletiva a prefeita eleita do município de Açailândia, Gleide Lima Santo, PMDB, denunciou o esquema ilegal de recebimento de propina montado pelos vereadores para a população. Diomar Freire, Pastor Vagnaldo, Márcio Aníbal, Carlinhos do Fórum, Fátima Camelo, Fabio Pereira, Bento Camarão, Professor Pedro e Anselmo Rocha apontados pelo denunciante como recebedores de propina votaram pela a cassação do mandato da prefeita Gleide Santos, na última terça feira, 21.

A Comissão Processante instalada pelos vereadores com o único objetivo de cassar o mandato de Gleide Santos, já que por vezes os parlamentares citados declararam seus votos antecipamente em redes sociais, afirmando que votariam pela a cassação antes mesmo das denúncias serem apreciadas, foi por várias vezes, derrubada pela a Justiça que encontrou diversos vícios e erros.

Em entrevista a uma TV local o ex-deputado e ex-presidente da câmara de Açailândia denunciou toda a trama armada para o golpe arquitetado pelos vereadores (detalhes em outro post).

Instabilidade Política

Mesmo em meio a toda instabilidade política que se instalou no Município por conta das tentativas da cassação do mandato legítimo da prefeita Gleide Lima Santos, a cidade de Açailândia continuava no caminho certo, com salários dos servidores públicos em dias, todos os 07 restaurantes populares em pleno funcionamento, uma grande operação tapa-buracos foi deflagrada, novos médicos foram contratados para melhoria do funcionamento do Hospital Municipal, enfim, a máquina administrativa continuava o seu pleno funcionamento, no entanto, com essa nova ruptura ocorrida por conta de uma comissão processante cheia de vícios, Açailândia poderá outra vez entrar em declínio e quem paga o preço é a população.

Governo Golpista

Como dizem em um jargão popular, nem ao menos se esperou enterrar o defunto, claro, se houvesse defunto, pois Gleide Santos continua na luta, e o novo governo já começou a ser montado de uma forma extremamente escandalosa – E pasmem – foram agraciados todos os interessados diretamente no processo de cassação do mandato da legítima prefeita de Açailândia, sem nenhuma rara exceção. Isso ficará para outra matéria ainda mais detalhada.

quinta-feira, 23 de julho de 2015

PMDB de Açailândia vai realizar convenção municipal neste domingo (26)

logo pmdb

AÇAILÂNDIA – MARANHÃO

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DA CONVENÇÃO MUNICIPAL

Ficam convocados os filiados ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro de Açailândia, para a Convenção Municipal, que terá lugar no dia 26 de julho de 2015, com início às 09h00min e término às 16h00min, no Auditório da Escola Técnica Imperador, localizado à Rua do Comércio, S/N, Bairro Jardim Brasil, no Município de Açailândia, como seguinte ordem do dia:

1 – Eleição do Diretório Municipal do PMDB com seus membros efetivos e suplentes, Delegados à Convenção Estadual e Suplentes, Conselho Fiscal e Suplentes, Conselho de Ética e Disciplina e Suplentes;

2 – Eleição pelo voto direto e secreto da Comissão executiva do PMDB Municipal, pelos seus membros do Diretório Eleito.

3 – Outros assuntos de interesse do PMDB Municipal.

Açailândia-MA, em 14 de Julho de 2015.

ROSSINE RODRIGUES PACHECO

Presidente da Comissão Provisória do PMDB de Açailândia

quarta-feira, 22 de julho de 2015

VALE A PENA LER… Passei um mês sem Facebook e não morri

Por que você também deveria dar um tempo nisso tudo!!!

Facebook site in Internet Explorer browser on LCD screen

Caro leitor, de tempos em tempos, tiro umas férias do meu perfil pessoal do Facebook. É algo que incentivo você a fazer de tempos em tempos, algo como a versão moderna de fazer um retiro espiritual em alguma montanha solitária. Não me entenda errado, continuo com a fanpage, Twitter e outras ferramentas profissionais. Mas colocamos tanta coisa na rede hoje em dia, que acho saudável tirar um tempo de vez em quando.

Se você não tem coragem, compartilho aqui alguns dos meus aprendizados. Vai que você se empolga.

O que aprendi com um mês sem Facebook:

- As pessoas confundem fatos com opiniões, emoções com opiniões e verdades universais com emoções.

- Você descobre quem realmente sente a sua falta.

- Você recebe mais mensagens de “Por que você me excluiu?” do que “Oi, está tudo bem?”. A lição que aprendi é que você pode estar morto e enterrado a sete palmos abaixo da terra, mas ai de você se excluir alguém.

- É realmente difícil sair do Facebook. Você se acostuma a fazer login em várias páginas e serviços, e muitos deles ressuscitam sua conta automaticamente sem você perceber (estou falando com você, Spotify). Você vai ter que olhar seu velho endereço de vez em quando nos primeiros dias para garantir que isso não ocorra.

- Dá um trabalho alterar todas as configurações para login manual.

- Nas vezes em que precisei voltar, percebi que as discussões e blá-blá-blás continuam na mesma. Desculpa mundo, ninguém se importa tanto assim com a sua opinião.

- É um sossego absoluto não se importar com o que as pessoas estão comendo, com as preferências políticas delas e praticamente uma benção ficar de fora do último “escândalo" da Internet.

- Quem sabe, ao desligar seu perfil, você passe a valorizar contatos mais pessoais e acabe com essa impressão de que se importar com seus amigos é dar uma olhada nos perfis deles de vez em quando.

- Você para de ficar olhando para seu celular nas salas de espera da vida e pode ficar sozinho com os seus pensamentos.

- Você não se sente precisando defender uma opinião toda hora que algo passa pela sua cabeça.

- Você pode valorizar mais os fatos, notícias e aprendizados concretos do que se importar com opiniões alheias.

- Ninguém vai ser agressivo na vida real como é no Facebook quando não concorda com você. Aliás, a maior vantagem é se livrar da turba que adora dar pancada nos outros por falta do que fazer.

- Você pode ser você mesmo sem se importar em postar, ser postado, marcar ou ser marcado para 200 milhões de pessoas olharem e acharem bonitinho.

- O Facebook sabe demais das nossas vidas, e um dia dará um jeito de ganhar (mais) dinheiro com isso.

Livro

Você gostou do texto? Baixe o ebook do autor, lançado pelo Administradores.com recentemente. O livro traz vários ensinamentos que Zugman trouxe da reunião anual da Berkshire Hattaway, companha de Warren Buffet. Para fazer o download do livro "O dia em que encontrei Warren Buffett".

segunda-feira, 20 de julho de 2015

COMUNICADO

clip_image002

Poder Judiciário Federal

Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão

Fórum Eleitoral Juiz João Batista Lopes da Silva

Zonas 071ª e 098ª

Em virtude da expansão da estrutura de atendimento e treinamento de servidores para o Cadastramento Biométrico de Eleitores, COMUNICAMOS que não haverá atendimento ao público nos dias 22 e 23 de julho de 2015 no Fórum Eleitoral de Açailândia.

Francisco evanio alves de sousa

Chefe de Cartório da 98ª Zona

Pressão popular faz vereadores reduzirem salários para R$ 970. Calma gente, isso não foi e nem nunca será em Açailândia

20150716082109

A população lotou o plenário da Câmara Municipal de Vereadores de Santo Antônio da Platina (PR) na tarde da última quarta-feira, 15, para a votação em segundo turno do aumento salarial dos parlamentares da próxima gestão, e conseguiu um fato inédito: ao invés de dobrar os vencimentos dos atuais R$ 3,7 mil para R$ 7, 5 mil, como previa o projeto original, o salário caiu para R$ 970. O projeto, com emenda, foi aprovado por 7 a 1.

Somente o vereador Sebastião Vitral dos Santos Furtado, o Santinho Furtado, votou contra o salário de R$ 970. Ele disse que a emenda que reduz os vencimentos drasticamente é demagógica, e que em todos os anos que atuou na política, nunca viu uma situação parecida, onde os vereadores recuam da própria proposta de dobrar o salário e ainda o reduzem para o mínimo.

Pelo projeto original, ou seja, sem emenda, os salários dos vereadores subiriam de R$ 3,4 mil para R$ 7,5 mil. Do presidente da Câmara iria de R$ 4.09 mil para R$ 8.5 mil. Do prefeito subiria de R$ 14, 7 mil para R$ 22 mil, e do vice de R$ 8,5 mil para R$ 13,5 mil.

Com a emenda aprovada nesta quarta-feira, os salários ficaram assim: vereadores R$ 970, presidente R$ 970,00, vice-prefeito R$ 970, e prefeito R$ 12 mil.

Ainda na sessão de quarta, o presidente da Câmara Valdir Domingos de Souza anunciou que o projeto que previa o aumento do número de vereadores de 9 para 13, e que seria votado na próxima semana, foi retirado definitivamente. “Vamos continuar com apenas nove vereadores. O projeto está retirado”, afirmou.

Apesar da grande e barulhenta manifestação pública, o presidente da Câmara conseguiu se impor e, educadamente, dar continuidade à sessão. Alguns vereadores tentaram justificar a pretensão de dobrar os salários, mas as vaias encobriam suas vozes. O vereador Claudio Domingues, o Cação, aproveitou para “lavar a roupa suja” e entregou o vereador Francisco Faustino Proença Junior, o Chiquinho, de bandeja à população.
“Foi o vereador Chiquinho quem sugeriu subir os salários para R$ 7,5 mil. Só que depois, ele ‘amarelou’ e não apareceu para votar”, disse.

Cação também partiu para cima do vereador Aguinaldo Roberto do Carmo, dizendo que ele só sabe criticar o prefeito. “Ele só fala mal do prefeito, talvez seja porque está de olho na cadeira dele nas próximas eleições”, disse.

O vereador Chiquinho procurou argumentar dizendo que a Câmara tem suas regras e que é preciso cumpri-las. Ele também esboçou um elogio à atitude popular, mas nem assim escapou das vaias do publico presente.

O projeto que previa dobrar os salários chegou a ser aprovado em primeira votação, ocorrida em sessão extraordinária, na segunda-feira, 13. Mas a população não deixou barato e começou a se organizar através das redes sociais para impedir que o aumento fosse aprovado em segundo turno, que ocorreu no final da tarde desta quarta-feira.

Informações são do Tá no Site.

sexta-feira, 17 de julho de 2015

Açailândia promoverá encontro de 16 prefeitos no lançamento de programa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

mapa1

O Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento solicitou da prefeita de Açailândia Gleide Lima Santos (PMDB) a promoção de um grande encontro de 16 prefeitos e representantes da agricultura dos seus respectivos Municípios, o que foi prontamente atendido, e a equipe do Cerimonial e Gabinete já está ultimando os últimos preparativos para o evento que será realizado nesta segunda-feira (20), no auditório do Zeppellim Restaurante, das 08h30min às 17h30min.

O evento é uma estratégia do governo federal que possibilitará organizar e apoiar os produtores rurais, de maneira a proporcionar-lhes melhorias na qualidade de vida, propondo também discutir a possibilidade de parcerias por meio de convênios, com repasse de recursos para os Municípios que participarão do lançamento do programa na região.

O governo federal com esse programa busca também dobrar a classe média no campo, combinando um conjunto de políticas de crédito, assistência técnica e extensão rural, e a articulação com os entes federados e atores organizados da sociedade civil, para assim, alavancar os indicadores sócios econômicos dos produtores rurais que estão nas classes C e D.

Prefeitura de Açailândia inicia operação tapa-buracos nas principais ruas da cidade

Em entrevista coletiva, prefeita Gleide Santos confirma recuperação da Avenida Principal da Vila Ildemar. “Faremos naquele local uma obra definitiva e duradoura”, disse.

Anunciada pela a prefeita Gleide Lima Santos (PMDB) nesta quarta feira (15) durante entrevista coletiva concedida à imprensa local, a operação tapa-buracos que vai recuperar as ruas que foram danificadas pelo forte inverno, teve inicio na manhã desta quinta feira (16).

Os trabalhos de recuperação foram iniciados na conhecida Avenida do Quartel, Próximo ao Posto Alê. Uma equipe da empresa Terramata trabalhou intensamente durante todo o dia de ontem para recuperar trechos da via que estavam prejudicando o tráfego de veículos e pedestres.

Para o taxista Antônio Soares os trabalhos de recuperação irão facilitar o trabalho de quem precisa utilizar as ruas diariamente para trabalhar.

“Com a exclusão destes buracos as ruas ficam muito melhor para trafegarmos, nós ganhamos, a população ganha também e isto é muito bom”, disse. A operação tapa-buracos está sendo realizada com recursos próprios e nós próximos dias deve chegar a outros bairros da cidade.

A meta estipulada pela prefeita Gleide Santos é recuperar todas as ruas da cidade, inclusive a Avenida Principal da Vila Ildemar. “Temos que aproveitar o verão para recuperar o maior número de ruas possíveis, pois recebemos uma malha asfáltica de péssima qualidade que não suporta o período invernoso. Iremos também fazer uma trabalho de qualidade na Avenida Principal da Vila Ildemar que hoje se encontra interditada, gerada por uma tremenda irresponsabilidade – Mas faremos tudo de forma legal, dentro do que manda a Lei, com um processo licitatório legal – Esse processo já está correndo em caráter de urgência e logo que for finalizado faremos um trabalho definitivo, pois ali não adianta só colocar asfalto ou bloquetes, precisamos primeiro destinar tanto as águas das chuvas, como as águas servida para um outro local, só assim faremos um trabalho definitivo na Avenida Principal da Vila Ildemar”, enfatizou a prefeita Gleide Santos.

COMUNICADO SINE

Devido à desabilitação dos computadores para adaptação aos novos moldes do Seguro Desemprego, não haverá expediente nos próximos dias. A previsão é que o atendimento seja normalizado até a próxima quinta-feira (23/07/2015), após a chegada dos técnicos do Ministério do Trabalho.

Agradecemos a atenção e compreensão de todos.

SINE – Açailândia