segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Jô não é criminoso, mas o tosco choro corintiano é ridículo


Nas redes sociais, nos bares e almoços familiares, os corintianos fazem explodir o que meu amigo Luis André Umtiti chama de complexo de povo escolhido. O povo eleito por Deus, sofrido. Perseguido por tudo e por todos. Os que sofrem sempre, os que são apedrejados e, que na ausência de um Moisés ou um Josias, sofrem na mão dos filisteus que usavam preto e que agora fazem propaganda nas costas.

Os garotos do Coronel Marinho, o grande culpado dessa bagunça toda. Eles, os corintianos, não conseguem aceitar um fato simples: o gol de Jô foi com o braço. Foi um gol que deveria ser anulado. Foi um gol que mudou o resultado do jogo. Tão simples. A culpa não é do Jô, é do árbitro ruim e é do auxiliar que estava pensando na morte da bezerra. Não, isso não pode.

Afinal, o povo de Deus nunca é ajudado. Até aceitam o erro, mas buscam a relativização. Só pode falar desse erro, quem falou do gol anulado contra o Flamengo, com mais de três metros. Todo mundo falou, camarada.

Todo mundo. Que besteira é essa, de dizer que não foi falado? E todo mundo falou do pênalti no Jô e todo mundo falou no gol anulado em Curitiba. Se não foi falado, como sabem que foi um impedimento de três metros, 28 centímetros e 12 milímetros? Sabem porque a televisão mostrou.

Então, foi falado. E o erro foi criticado. Como outros que prejudicaram o Corinthians. Como outros que ajudaram o Corinthians.

Então, vamos fazer o raciocínio inverso ao dos sofridos componentes do povo eleito. Se você não criticou o erro a favor do Flamengo, não pode criticar agora o erro a favor do Corinthians (é o que dizem).

Se você criticou o erro do Flamengo, se mediu o impedimento com treno ou teodolito, então deveria criticar agora o erro do Elmo, é o que eu digo. Ou vamos relativizar sempre? No próximo erro contra o Corinthians, devemos lembrar de Fábio Costa? Quando chorarem por Amarilla, vamos lembrar de Castrilli?

Enquanto todos continuarem relativizando, o Coronel Marinho continuará fazendo um papel horrível no comando da arbitragem. Agora, vamos falar de Jô.

Não há nenhuma comparação entre o lance do gol e o lance em que Rodrigo Caio o livrou do segundo cartão amarelo. São coisas diferentes.

Eu não sei se Rodrigo Caio diria que fez um gol com a mão. Tudo leva a crer que sim, mas não tenho certeza. O lance não aconteceu. São comparações que não cabem.

A comparação que cabe é que Rodrigo Caio falou a verdade e foi um gigante. Jô falou mentira e foi um anão.

Falou mentiras seguidas. Disse que foi com o peito. Depois, disse que não sabia. Depois que até o Donald Trump telefonou para o Nicolás Maduro e os dois concordaram que havia sido com a mão, ele ainda dizia que não sabia.

Não tem tato, o garoto Jo. Seu grande erro foi mentir ao dizer que estava tocado pela atitude de Rodrigo Caio e que ele seria uma inspiração em sua vida.

Agora, não se pode buscar referências na política nacional para culpar Jô. Ele não tem milhões escondidos em casa, na cueca ou na mala. Ah, se tivesse a oportunidade, faria o mesmo? Ninguém sabe.

Quando se iguala tudo no mesmo balaio, não vamos e chega a lugar nenhum na luta por um país melhor.

Jô, como disse o Antero Greco, foi um cara de pau.

Não é um criminoso.

Podemos compara-lo com o cara que à mulher que está trabalhando e foi no estádio. Ou com a mulher que diz que vai na casa da mãe e foi no basquete. (Eu ia dizer shopping, mas seria machismo?) O gol de mão foi um golpe.

Não se pode compará-lo com outros que vivemos e que foram aplaudidos por muita gente que hoje crucifica o Jô.


Fonte: https://blogdomenon.blogosfera.uol.com.br/2017/09/18/jo-nao-e-criminoso-e-o-tosco-choro-corintiano-e-ridiculo/

Prefeito Juscelino Oliveirra participa de Convenção do Solidariedade que manteve Simplício Araújo presidente da Sigla

O prefeito de Açailândia Juscelino Oliveira (PCdoB) se uniu a vários prefeitos para prestigiar o evento, na capital do Estado.


Na convenção partidária em que reelegeu o secretário estadual de Indústria e Comércio, Simplício Araújo presidente do Diretório Regional do Solidariedade, o partido decidiu que vai pleitear a vaga de vice-governador na chapa de Flávio Dino (PCdoB) na eleição do ano que vem. O encontro realizado no Rio Poty Hotel, reuniu prefeitos, vereadores e lideranças políticas de mais de 100 diretórios municipais no estado.

Com a presença do governador Flávio Dino na convenção, o presidente reeleito do Solidariedade, Simplício Araújo afirmou que frente aos desafios do partido seguir com contribuindo com os avanços do atual governo, não pode pensar pequeno.

“É necessário enquanto partido construirmos um caminho diferente na política. E para isso vamos eleger de quatro a seis deputados estaduais, dois deputados federais e disputar a indicação da vaga de vice-governador na chapa do governador Flávio Dino”, disse Araújo, sob aplausos fervorosos da militância do Solidariedade.

Simplício Araújo lembrou que mesmo num momento de crise no país e de desencanto da população brasileira com a política, o Solidariedade foi o partido que mais cresceu no Maranhão no último ano.

“A população tem razão em estar muito chateada com a classe política. Mas, o compromisso do Solidariedade é com a boa política, e foi a boa política que somos o partido que mais cresceu no Maranhão. E o nosso compromisso, renovado neste encontro é com o ambiente saudável da política”, declarou o presidente do Solidariedade.

O governador Flávio Dino afirmou que o Solidariedade tem tido um papel fundamental nas ações do seu governo e nas mudanças pelas quais passa o Maranhão. “Vivemos dias de muitos sobressaltos na economia e na política brasileira. E tenho muito a agradecer o Solidariedade, o Simplício Araújo, pela confiança, esperança e lealdade de me ajudar a governar o Maranhão”, afirmou Dino, para ser aplaudido de pé pela militância do Solidariedade.

Flávio Dino afirmou ainda que o Solidariedade tem sido verdadeiramente solidário na tarefa que o governo tem de “recuperar o tempo perdido no Maranhão”.

“O Simplício Araújo é responsável por uma série de êxitos no nosso governo. E vamos para a disputa da reeleição, porque temos mais coisas para fazer, e fazer muito melhor”, sentenciou Flávio Dino.

LEALDADE POLÍTICA

O vereador de Imperatriz, Rildo Amaral disse que não há outro caminho a seguir na política do Maranhão, que não seja com Flávio Dino. “Temos lealdade com o governo Flávio Dino, não vejo outro caminho. Só vamos melhorar ainda mais o Maranhão, com muito mais Solidariedade”, declarou o vereador imperatrizense. Amaral defendeu que o Solidariedade faça um grande ajuntamento para eleger deputados federais e estaduais nas eleições de 2018.

Um dos três vereadores do Solidariedade em Timon, Juarez Morais declarou que o forte crescimento do Solidariedade no estado, foi conquistado com muita luta e disposição para fazer a política diferente. “Nós vamos crescer muito ainda, esse é o meu sentimento. Seguiremos crescendo se continuarmos a fazer a boa política”, disse Morais.

O ex-deputado Wagner Lago fez uma defesa contundente da aliança do Solidariedade para com o governador Flávio Dino. “Temos que ser transformando a realidade do Maranhão. Não estamos mais no tempo, em que uma família espoliava as riquezas da nossa gente. O governo Flávio Dino com a força do Solidariedade tem começado a republicanizar o Maranhão, e esse compromisso que seguiremos cumprindo com muita lealdade”, defendeu Lago.

Prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra (PCdoB) afirmou que o grande do desafio é reeleger Flávio Dino governador, e que para isso os partidos da base aliada e outros que virão tem que ser espelhar no exemplo de lealdade da direção e da militância do Solidariedade.

“Temos que estar atentos a conjuntura política no país e no Maranhão. Nosso desafio é reeleger o governador Flávio Dino, para isso temos que ser leais e solidários com esse projeto que mudou e mudará para melhor o Maranhão”, declarou o comunista.
Pré-candidato a governador no Tocantins, o ex-juiz Marlon Reis defendeu que na atual conjuntura brasileira tem que ser feito o debate forte da valorização da política e nessa tarefa deve-se olhar para a vida pregressa de quem quer ser candidato.


“O momento é de separarmos a boa política, da má política. Para isso, é importante que as pessoas debatam sobre a vida pregressa dos candidatos. Temos que fazer um debate forte sobre a valorização da política, e o Solidariedade comandado pelo Simplício Araújo, faz a boa política”, defendeu Reis.

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Encontro de Gestores Regionais chega a Imperatriz e Açailândia nesta quinta-feira (14)


Integração de todos os municípios maranhenses com os diversos órgãos estaduais e torca de experiencias entre agentes da gestão pública. Com este propósito, a 3ª edição do Encontro de Gestores Regionais de Governo prossegue em Imperatriz, nesta quinta-feira, 14, a partir das 9 horas.

A expectativa é de reunir em todas as etapas do evento mais de mil gestores e representantes da área para debater questões da administração pública. Realizado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Comunicação Social e Assuntos Políticos (Secap), o encontro vai até dia 5 de outubro com ações nas 19 regionais administrativas.

Gestores das áreas de saúde, educação e agricultura, entre outros, que tenham atuação direta nos 217 municípios maranhenses, estarão compondo as mesas de debates do evento. Durante os diálogos com os servidores são destacadas ações desenvolvidas pelo poder público estadual neste período de gestão, como melhorias estruturais, serviços oferecidos em diversas pastas, recepção das comunidades ao trabalho e resultados alcançados.

O encontro estreita a relação do Governo com as gestões municipais informando e orientando sobre a atuação pública, explica o coordenador do encontro, Marcos Emílio. Em sua primeira edição, o encontro esteve em São Luís e no segundo ano, alcançou 12 regionais de forma itinerante. Desta vez, chegará a todas as 19 regionais até o início de outubro. “Esse encontro é uma oportunidade do Governo do Maranhão estar mais perto dos municípios, levando informações aos nossos gestores sobre o que estamos fazendo”, explica o secretário executivo da Caravana Governo de Todos e assessor especial da Secretaria da Comunicação Social e Assuntos Políticos (Secap), Marcos Emílio, que coordena o evento.

Nesta quinta-feira, 14, o encontro vai ainda à Açailândia, a partir das 15 horas; e encerrando a semana, na sexta-feira, 15, será a vez de Pinheiro receber o encontro às 9h; e Viana, às 15h. Os municípios de Itapecuru-Mirim, Rosário, Codó e Bacabal já receberam as ações desta edição do evento.

Contato para esta pauta:
Governo MA    Telefone: (98) 2108-9000    E-mail: agencia.secap@secap.ma.gov.br

Flávio Dino chega à Região Tocantina nesta quinta (14) levando investimentos em Educação e Infraestrutura


Vias renovadas com manutenção e asfalto, mudando para melhor a infraestrutura em diversos municípios e beneficiando milhares de pessoas em todo o Maranhão. O programa Mais Asfalto, do Governo do Estado, prossegue mais uma etapa com ações que melhoram a mobilidade, possibilitam mais acesso e interligam regiões.

Nesta quinta, 14, a população de São Pedro de Água Branca, Vila Nova dos Martírios e Cidelândia recebe os benefícios do programa estadual, em agenda do governador Flávio Dino. Na passagem pelas cidades, o governador entrega ainda obras na área da educação com reforma e construção de prédios e entrega de mais de três mil uniformes.

A agenda tem início a partir das 8h30, na cidade de São Pedro de Água Branca, com entrega de obras da etapa inicial do ‘Mais Asfalto’. Ruas que estavam em condições bastante precárias foram recuperadas e conferem aos moradores mais qualidade de vida. Os serviços melhoraram ruas na sede e povoados.

“O programa Mais Asfalto do governo Flávio Dino é um programa importante que junta construção de rodovias, manutenção e conservação de rodovias e asfaltamento de ruas e avenidas. A ação promove desenvolvimento econômico e social, além de garantir acesso a serviços públicos de qualidade”, destaca o secretário de Estado da Infraestrutura (Sinfra), Clayton Noleto. Os investimentos são de R$ 1 milhão para pavimentação e recuperação de quatro quilômetros de vias.

O município de São Pedro da Água Branca vai ganhar a primeira escola da rede estadual e em prédio próprio com a entrega do Centro de Ensino Senador La Roque. A unidade, que oferece Ensino Médio, possui seis salas de aula, sala de informática, biblioteca e setor administrativo. A obra beneficia mais de 500 alunos e 35 servidores. Há mais de 20 anos a escola funcionava em prédios cedidos e o investimento do Governo vai possibilitar melhores condições de aprendizado. Na ocasião da agenda na cidade, serão distribuídos ainda 1.114 uniformes.

Em Vila Nova dos Martírios, a agenda de Governo inicia às 10h, com vistoria às obras do ‘Mais Asfalto’, prosseguindo o cronograma de serviços do programa nas cidades do interior do Estado; e ainda, entrega de 816 uniformes estudantis. Governador e comitiva encerram as atividades na região com passagem em Cidelândia, a partir das 11 horas.

Serão vistoriadas as obras em andamento do programa ‘Mais Asfalto’, com a pavimentação e recapeamento de 12 ruas e avenidas, incluindo vias no perímetro urbano da MA-125 – que liga a BR 010 à cidade. A previsão de investimento é de R$ 1,5 milhão para melhoramento de 5,5 quilômetros de vias. “Este programa está somando com os municípios na pavimentação de ruas e avenidas. A meta desta etapa é recuperar 1.500 quilômetros de asfalto para atingir todos os municípios maranhenses até 2018”, pontua Clayton Noleto.

O governador anuncia, ainda, a reforma do prédio do Centro de Ensino Isaura Amorim e distribuição de 1.140 uniformes. Em Cidelândia, o Governo do Estado promove um conjunto de benefícios que, além da infraestrutura de ruas e avenidas, consta ainda cooperações na área da saúde, educação e agricultura familiar. O trabalho fortalece a marca da gestão do governador Flávio Dino na parceria com as prefeituras.

Contato para esta pauta:
Governo MA    Telefone: (98) 2108-9000    E-mail: agencia.secap@secap.ma.gov.br

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Roseana mantém dúvida sobre candidatura…

Mesmo após manifestação do comando nacional do PMDB, ex-governadora tergiversa sobre entrada na disputa pelo comando do Maranhão em 2018


Roseana: o tempo vai passando, sem decisão de disputa
A ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) mantém a dúvida sobre sua entrada na disputa pelo Governo do Estado.
Na última quarta-feira, 6, o presidente nacional do PMDB, senador Romero Jucá (RR), defendeu publicamente que a peemedebista deveria ser a candidata do partido no Maranhão.
Instada a falar do assunto, ela apenas tergiversou.
– É sinal de reconhecimento da minha liderança no Estado e do trabalho que realizei em benefício de todos os maranhenses – declarou.
No grupo de Roseana, apenas ela tem condições de enfrentar, com chances de vitória, a candidatura do governador Flávio Dino (PCdoB).
Mas o tempo vai ficando cada vez mais curto para uma definição que resulte na mobilização de aliados no interior.
E todos no PMDB sabem disso…

As castas Judiciais do Brasil…

Decisão do ministro Edson Fachin, que reconhece a ilegalidade do ato do procurador Marcelo Miller, mas, mesmo assim, prende apenas seus cúmplices, expõe mais uma vez a ditadura do Judiciário na sociedade brasileira


No Brasil de castas, há cidadãos maiores e menores diante do Judiciário

Editorial

No Brasil de castas, juízes, desembargadores e ministros do Judiciário podem ter filhos assessorando políticos e esposas em escritórios de defesa de políticos que eles próprios julgarão.
No Brasil de castas, um desembargador, juiz ou ministro pode processar jornalista e ainda ter o caso julgado por um juiz de primeira instância de sua própria área de influência, como se fosse a coisa mais natural do mundo.
No Brasil de castas de  Gilmar´s Mendes, Rodrigo’s Janot e Sérgio’s Moro, defendidos – até com agressividade – por associações extremamente corporativistas e reacionárias, o Judiciário se põe, por si mesmo, acima do bem e do mal.

Leia também:

E a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal, Edson Fachin, de prender os empresários Joesley Batista e Ricardo Saud – criminosos contumazes, que só estavam soltos pela benevolência do próprio Judiciário – exibe diferenciação que o Judiciário faz dos cidadãos comuns e de suas castas de juízes e promotores.
Fachin deixa claro que os empresários receberam “aconselhamento ilegal” do ex-assessor de Rodrigo Janot, procurador Marcelo Miller.
Mas o mesmo Fachin decidiu manter livre o “aconselhador ilegal”.
É assim que funciona no Brasil de castas do Judiciário.
Simples assim…
Fonte: MARCO AURELIO D'ÉÇA

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Governo do Maranhão capacita gestores municipais de saúde


Gestores municipais de saúde participaram nesta segunda-feira (4) de oficina sobre orientações básicas da unidade gestora de regulação, controle e avaliação e auditoria do Sistema Único de Saúde (SUS). A capacitação, realizada pelo Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), teve o objetivo de orientar os municípios habilitados na gestão dos serviços de média e alta complexidade em seu território. O encontro reuniu representantes dos 45 municípios aprovados para a habilitação.


O encontro foi organizado pela Unidade Gestora de Controle, Regulação e Avaliação do Sistema de Saúde da SES. “Em um processo de parceria e responsabilidade compartilhada, os municípios estão assumindo um papel que antes era desempenhado pelo Estado. Estamos dando, com responsabilidade, maior autonomia aos municípios. É nosso papel contribuir com capacitações e o monitoramento das ações”, ressaltou Marina Sousa, responsável pela Unidade Gestora de Controle, Regulação e Avaliação do Sistema de Saúde.

A programação da oficina incluiu informações sobre o Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde (CNES); os parâmetros assistenciais para programação das ações e serviços de saúde; a ficha de programação físico orçamentária; o sistema de regulação assistencial; as auditorias; e o processamento de informações do Sistema de Informação Ambulatorial (SAI/SUS) e do Sistema de Informação Hospitalar (SIH/SUS). A habilitação dos municípios maranhenses à condição de gestão municipal dos serviços de média e alta complexidade em seu território faz parte da política de gestão compartilhada na Saúde adotada pelo Governo do Estado. 

Com a medida, o pagamento dos recursos de Média e Alta Complexidade (MAC), que antes estavam sob gestão estadual, passará a ser realizado diretamente do Fundo Nacional de Saúde para o Fundo Municipal de Saúde, garantindo autonomia aos gestores municipais. Considerando esse contexto, a secretária municipal de Saúde de Sucupira do Norte, Ionar Ribeiro, destacou a importância da participação dos municípios na oficina. “O nosso município foi um dos que passaram para a gestão plena dos recursos. Precisávamos ser capacitados para receber essa responsabilidade e por isso essa formação é importante. A partir dessa capacitação, vamos saber aplicar corretamente os recursos e isso refletirá diretamente na qualidade dos serviços que serão oferecidos à população”, disse a gestora municipal.

No Maranhão, 117 municípios já recebem o recurso federal fundo a fundo, diretamente do governo federal. A habilitação dos demais municípios do estado foi solicitada pela Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem) e aprovada pela Comissão Intergestores Bipartite (CIB/MA). Além dos 45 municípios que participaram da capacitação, a proposta é que todos os municípios formalizem o convênio para que sejam beneficiados com esse repasse direto para investimentos em serviços de média e alta complexidade.

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Após análises técnicas SAAE revisa reajuste tarifário da água em Açailândia


A revisão através do Decreto nº 233 de 23 de agosto de 2017 vai garantir na grande maioria dos casos, a redução do reajuste e aumento do número de famílias em situação de tarifa social, beneficiando diretamente aposentados, idosos, portadores de deficiências e famílias de baixa renda.
           
O novo decreto editado pelo prefeito municipal Juscelino Oliveira (PCdoB), alterou os anexos II e V, do Decreto Municipal nº 139. De 31 de maio de 2017, que dispõe sobre os reajustes tarifários dos serviços oferecidos pelo SAAE – Sistema de Abastecimento de Águas e Esgoto de Açailândia, e, as alterações passarão a vigorar em 30 dias, a partir da sua publicação.

As alterações foram realizadas pelos técnicos do SAAE, em conjunto com o diretor da Autarquia, Lauro Nascimento; do Prefeito Juscelino Oliveira e representantes de comunidades de Açailandia.

Após a edição dessa nova norma, ficou criada a tarifa comercial econômica, onde serão encaixados os pequenos empreendedores. Já na categoria residencial foi ampliada a quantidade de famílias que receberão o benefício da Tarifa Social.

Desta forma, o SAAE passou então a aplicar a Lei nº 414, de 12 de agosto de 2013, que dispões sobre a implantação e aplicação da tarifa social destinadas a aposentados, idosos, portadores de deficiências e famílias de baixa renda.

As tabelas abaixo representam todas as categorias, consumo e tarifas, nas quais estão inseridos cada regime de consumo.
           
TABELA TARIFÁRIA DE ÁGUA DE CONSUMO MEDIDO
tabela01
TABELA TARIFÁRIA DE ÁGUA DE CONSUMO ESTIMADO
 tabela02

Governador Flávio Dino lança edital do Cartão Transporte Universitário


O Governo do Maranhão lançou nesta terça-feira (29) o edital do Programa Cartão Transporte Universitário para o segundo semestre de 2017. A iniciativa ajuda jovens que precisam percorrer distâncias de mais de 100 km para chegar às instituições de ensino onde estão matriculados, ameniza o impacto econômico e incentiva a continuidade dos estudos.

O programa foi instituído por meio de Medida Provisória assinada pelo governador Flávio Dino no último dia 21 de agosto. “O Transporte Universitário oferecerá auxílio semestral de R$ 800, em parcela única, para estudantes universitários que têm gastos maiores com deslocamento diário para estudar em cidades próximas”, diz Flávio Dino.

Os editais serão publicados nos meses de agosto e fevereiro, para vigência limitada no semestre letivo que finda, respectivamente, em dezembro e julho. A cada edital, serão disponibilizadas 1 mil vagas, totalizando 2 mil vagas por ano.

As inscrições para o edital do semestre 2017.2 podem ser realizadas entre os dias 1º e 15 de setembro. O site para as inscrições será divulgado em breve. Realizado pelas secretarias de Direitos Humanos (Sedihpop) e Juventude (Seejuv), o programa vai atender estudantes matriculados em cursos presenciais, com regime diário de aulas, em instituições de ensino superior públicas ou privadas no Maranhão.

O deslocamento diário no trajeto ida e volta não pode ser inferior a 100 km, e os alunos precisam apresentar comprovante de matrícula atualizado a cada semestre com a indicação das disciplinas que serão cursadas.

“O programa incentiva a qualificação profissional e possibilita a permanência do universitário na cidade de origem, permitindo sua contribuição para o desenvolvimento do seu município”, afirma a secretária de Juventude, Tatiana Pereira.


Como participar

Estudantes interessados em participar do programa devem preencher ficha de inscrição e anexar a documentação solicitada: documento de identidade e CPF; foto 3×4; comprovante de residência dos últimos seis meses fornecido por concessionárias dos serviços de água ou energia elétrica e contrato ou recibo mensal de pagamento, caso resida em imóvel alugado.

Também é necessário apresentar comprovante de matrícula no curso declarado para o período vigente; histórico escolar; declaração firmada pelo estudante acerca da veracidade das informações prestadas, com ciência sobre as penalidades criminais em caso de falsidade e exclusão definitiva do programa, além de comprovação de inclusão no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CADÚNICO).

Cartão Transporte Universitário

O pagamento do crédito de R$ 800,00 será feito por meio do Cartão Transporte Universitário a cada semestre letivo para o custeio do deslocamento, com a contratação do transporte sendo de exclusiva responsabilidade do estudante, que escolherá a forma que melhor lhe convier, de acordo com suas necessidades e com as realidades locais.

Açailândia chega a 111.339 habitantes, segundo estimativa do IBGE

O Maranhão já tem 7 milhões 229 habitantes, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgados nesta quarta-feira (30) no Diário Oficial da União. 
Açailândia vista do alto...

O levantamento anual do IBGE indica ainda que a capital São Luís, permanece como a cidade mais populosa do Estado, contabilizando 1 milhão 91 mil 868 habitantes. A segunda cidade do Maranhão mais populosa é Imperatriz, com 254.569 habitantes e a terceira é São José de Ribamar com 176.418.

As cidades de Timon e Caxias ocupam a quarta quinta colocação. Timon com 167.619 habitantes e Caxias com 162.657.

O Brasil já tem uma população de 207 milhões, 660 mil e 929 de habitantes.

São Paulo permanece na liderança como o estado mais populoso com mais de 45 milhões habitantes.

ORDEM MUNICÍPIOS POPULAÇÃO

0001 Açailândia 111.339
0002 Afonso Cunha 6.486
0003 Água Doce do Maranhão 12.457
0004 Alcântara 21.673
0005 Aldeias Altas 26.387
0006 Altamira do Maranhão 8.070
0007 Alto Alegre do Maranhão 26.872
0008 Alto Alegre do Pindaré 31.312
0009 Alto Parnaíba 11 . 0 0 1
0010 Amapá do Maranhão 6.895
0 0 11 Amarante do Maranhão 41.106
0012 Anajatuba 27.352
0013 Anapurus 15.696
0014 Apicum-Açu 18.374
0015 Araguanã 15.332
0016 Araioses 46.074
0017 Arame 32.145
0018 Arari 29.388
0019 Axixá 11 . 9 7 5
0020 Bacabal 103.359
0021 Bacabeira 17.053
0022 Bacuri 17.435
0023 Bacurituba 5.574
0024 Balsas 94.779
0025 Barão de Grajaú 18.619
0026 Barra do Corda 87.135
0027 Barreirinhas 62.458
0028 Bela Vista do Maranhão 11 . 1 0 3
0029 Belágua 7.422
0030 Benedito Leite 5.528
0031 Bequimão 20.881
0032 Bernardo do Mearim 5.973
0033 Boa Vista do Gurupi 9.320
0034 Bom Jardim 41.120
0035 Bom Jesus das Selvas 34.278
0036 Bom Lugar 16.214
0037 Brejo 36.102
0038 Brejo de Areia 8.696
0039 Buriti 28.306
0040 Buriti Bravo 23.495
0041 Buriticupu 71.979
0042 Buritirana 15.180
0043 Cachoeira Grande 8.930
0044 Cajapió 11 . 0 1 9
0045 Cajari 1 9 . 11 0
0046 Campestre do Maranhão 14.219
0047 Cândido Mendes 19.943
0048 Cantanhede 21.759
0049 Capinzal do Norte 10.713
0050 Carolina 23.803
0051 Carutapera 23.576
0052 Caxias 162.657
0053 Cedral 10.490
0054 Central do Maranhão 8.615
0055 Centro do Guilherme 13.555
0056 Centro Novo do Maranhão 21.565
0057 Chapadinha 78.965
0058 Cidelândia 14.539
0059 Codó 120.810
0060 Coelho Neto 48.756
0061 Colinas 40.575
0062 Conceição do Lago-Açu 16.192
0063 Coroatá 64.403
0064 Cururupu 30.706
0065 Davinópolis 12.659
0066 Dom Pedro 22.912
0067 Duque Bacelar 11 . 2 0 8
0068 Esperantinópolis 16.653
0069 Estreito 4 2 . 11 0
0070 Feira Nova do Maranhão 8.372
0071 Fernando Falcão 10.326
0072 Formosa da Serra Negra 18.997
0073 Fortaleza dos Nogueiras 12.403
0074 Fortuna 15.262
0075 Godofredo Viana 11 . 8 3 0
0076 Gonçalves Dias 17.586
0077 Governador Archer 10.700
0078 Governador Edison Lobão 18.316
0079 Governador Eugênio Barros 16.582
0080 Governador Luiz Rocha 7.708
0081 Governador Newton Bello 9.921
0082 Governador Nunes Freire 24.991
0083 Graça Aranha 6.134
0084 Grajaú 69.232
0085 Guimarães 11 . 7 2 8
0086 Humberto de Campos 28.509
0087 Icatu 26.835
0088 Igarapé do Meio 14.147
0089 Igarapé Grande 11 . 2 0 6
0090 Imperatriz 254.569
0091 Itaipava do Grajaú 16.009
0092 Itapecuru Mirim 67.726
0093 Itinga do Maranhão 25.589
0094 Jatobá 10.221
0095 Jenipapo dos Vieiras 16.321
0096 João Lisboa 23.042
0097 Joselândia 15.891
0098 Junco do Maranhão 3.237
0099 Lago da Pedra 49.856
0100 Lago do Junco 10.672
0101 Lago dos Rodrigues 8.664
0102 Lago Verde 16.025
0103 Lagoa do Mato 11 . 0 4 8
0104 Lagoa Grande do Maranhão 11 . 2 8 6
0105 Lajeado Novo 7.489
0106 Lima Campos 11 . 6 9 5
0107 Loreto 12.009
0108 Luís Domingues 6.867
0109 Magalhães de Almeida 19.779
0 11 0 Maracaçumé 21.293
0 111 Marajá do Sena 7.604
0 11 2 Maranhãozinho 16.366
0 11 3 Mata Roma 16.745
0 11 4 Matinha 23.091
0 11 5 Matões 33.374
0 11 6 Matões do Norte 16.908
0 11 7 Milagres do Maranhão 8.326
0 11 8 Mirador 20.613
0 11 9 Miranda do Norte 28.456
0120 Mirinzal 14.744
0121 Monção 33.156
0122 Montes Altos 8.889
0123 Morros 19.282
0124 Nina Rodrigues 14.489
0125 Nova Colinas 5.350
0126 Nova Iorque 4.586
0127 Nova Olinda do Maranhão 20.768
0128 Olho d'Água das Cunhãs 19.206
0129 Olinda Nova do Maranhão 14.637
0130 Paço do Lumiar 122.420
0131 Palmeirândia 19.424
0132 Paraibano 2 1 . 11 6
0133 Parnarama 34.375
0134 Passagem Franca 18.839
0135 Pastos Bons 19.271
0136 Paulino Neves 15.937
0137 Paulo Ramos 20.657
0138 Pedreiras 38.365
0139 Pedro do Rosário 25.000
0140 Penalva 38.144
0141 Peri Mirim 14.074
0142 Peritoró 23.019
0143 Pindaré-Mirim 32.488
0144 Pinheiro 82.374
0145 Pio XII 20.861
0146 Pirapemas 18.413
0147 Poção de Pedras 17.023
0148 Porto Franco 23.760
0149 Porto Rico do Maranhão 5.819
0150 Presidente Dutra 47.239
0151 Presidente Juscelino 12.656
0152 Presidente Médici 6.968
0153 Presidente Sarney 18.797
0154 Presidente Vargas 11 . 4 7 4
0155 Primeira Cruz 15.207
0156 Raposa 30.863
0157 Riachão 19.701
0158 Ribamar Fiquene 7.691
0159 Rosário 42.314
0160 Sambaíba 5.568
0161 Santa Filomena do Maranhão 7.708
0162 Santa Helena 41.891
0163 Santa Inês 88.013
0164 Santa Luzia 71.576
0165 Santa Luzia do Paruá 24.946
0166 Santa Quitéria do Maranhão 25.334
0167 Santa Rita 37.090
0168 Santana do Maranhão 13.395
0169 Santo Amaro do Maranhão 15.853
0170 Santo Antônio dos Lopes 14.222
0171 São Benedito do Rio Preto 18.377
0172 São Bento 46.039
0173 São Bernardo 28.208
0174 São Domingos do Azeitão 7.291
0175 São Domingos do Maranhão 33.691
0176 São Félix de Balsas 4.453
0177 São Francisco do Brejão 11 . 8 0 8
0178 São Francisco do Maranhão 11 . 9 7 6
0179 São João Batista 20.307
0180 São João do Carú 15.450
0181 São João do Paraíso 10.977
0182 São João do Soter 18.345
0183 São João dos Patos 25.520
0184 São José de Ribamar 176.418
0185 São José dos Basílios 7.484
0186 São Luís 1.091.868
0187 São Luís Gonzaga do Maranhão 18.247
0188 São Mateus do Maranhão 40.992
0189 São Pedro da Água Branca 1 2 . 5 11
0190 São Pedro dos Crentes 4.601
0191 São Raimundo das Mangabeiras 18.680
0192 São Raimundo do Doca Bezerra 4.946
0193 São Roberto 6.704
0194 São Vicente Ferrer 20.913
0195 Satubinha 13.949
0196 Senador Alexandre Costa 11 . 0 4 2
0197 Senador La Rocque 13.877
0198 Serrano do Maranhão 11 . 0 4 0
0199 Sítio Novo 17.851
0200 Sucupira do Norte 10.416
0201 Sucupira do Riachão 5.571
0202 Tasso Fragoso 8.455
0203 Ti m b i r a s 28.635
0204 Ti m o n 167.619
0205 Trizidela do Vale 21.749
0206 Tu f i l â n d i a 5.746
0207 Tu n t u m 41.342
0208 Tu r i a ç u 35.063
0209 Tu r i l â n d i a 25.533
0210 Tu t ó i a 58.605
0 2 11 Urbano Santos 33.038
0212 Vargem Grande 5 6 . 5 11
0213 Vi a n a 51.738
0214 Vila Nova dos Martírios 13.480
0215 Vitória do Mearim 32.267
0216 Vitorino Freire 30.879
0217 Zé Doca 51.084