segunda-feira, 30 de novembro de 2015

IMAGEM DO DIA!!! Com truculência e arrogância Juscelino manda derrubar muro de proprietário de terreno no Pólo Moveleiro

O prefeito em exercício mandou o Secretário de Indústria e Comércio, o popular KEL da Farmácia Americana, acompanhado de policiais, ameaçar moradores e derrubar muro.

MATÉRIA COMPLETA E VÍDEO, LOGO MAIS!!!

12333000_755612927877765_1257312275_o12333055_755613004544424_960154703_o12333738_755612967877761_150078992_o

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

AGORA QUEBROU FOI DENTRO!!! Em Açailândia cachorros são submetidos a exame de Calazar em Posto de Saúde que atende crianças, idosos e gestantes.

IMG-20151127-WA0031

Quando se imaginou que a saúde de Açailândia nas mãos de Juscelino e do vereador Marquinhos não poderia piorar, eis que o Blog se depara com uma cena das mais absurdas da história da gestão pública da saúde de todo o planeta.

Um vídeo ganhou as redes sociais em que idosos, crianças recém-nascidas e mulheres gestantes recebem atendimento em uma Unidade de Básica de Saúde da cidade de Açailândia, juntamente com cachorros que podem estar contaminados com Calazar – Os animais estão sendo levados por seus donos à todos os postos de saúde do Município atendendo uma convocação da Secretaria de Saúde para coleta de sangue para exames – no vídeo dar pra ver as mães empurrando carrinhos de bebês e ao lado os cães chegando aos montes para coleta de sangue (clique no link e veja o vídeo)

A ação é tão dantesca que a própria assessoria de comunicação do prefeito em exercício Juscelino Oliveira espalhou em todas as redes sociais uma panfleto de divulgação do chamamento dos cães como uma das grandes ações do executivo municipal (veja acima).

É bom que fique bem claro, que adoro animais, mas cada um no seu quadrado.

Assista o vídeo:

Preso suspeito de tráfico e homicídios durante mega operação na cidade de Açailandia

Policiais

Uma mega operação batizada de ‘Cova Rasa’ realizada pelas policias Civil e Militar de Açailandia, sob o comando do Delegado Regional Murilo Lapenda e Comandante da 5ª CI Major Sérgio, prendeu na manhã desta quinta-feira (26), um homem identificado como Vinicius da Silva Almeida (22), morador do Bairro do Jacu.

SuspeitoContra o suspeito pesa a acusação de tráfico de drogas, receptação, vários homicídios e ocultação de cadáver. Em um matagal, atrás da casa do suspeito os policiais encontraram enterrado em uma “Cova Rasa”, o cadáver de uma mulher identificada apenas como “Bete”, usuária de droga.

De acordo com uma testemunha que temendo represália, não quis ser identificada, mais outras três pessoas, inclusive um usuário de droga teriam sido mortos e enterradas no mesmo matagal a mando de Vinicius.

Ainda segundo a testemunha, o elemento identificado como “Pablo”, morador da Vila Ildemar  encontrado “esquartejado” dento de um saco ás margens da BR-010 no último dia 24 de Julho, também teria sido morto a mando do suspeito.

Na residência de Vinicius a polícia encontrou vários objetos de origem duvidosa, rádios que eram usados na mesma freqüência da polícia e câmeras que monitoravam toda movimentação da rua, o que teria evitado do mesmo ser preso antes quando a polícia esteve no local para prendê-lo.

No início da noite Vinicius que já tem passagem pela polícia, foi levado para Unidade Prisional de Açailandia (UPR), onde ficará a disposição da justiça.

Na saída da Delegacia ele foi indagado pela a imprensa, mas não quis falar sobre as acusações.Peritos

Com informações do Blog do Antonio Marcos

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Agora Lascou!!! Quem precisar do SAMU de Açailândia tá morto.

Em apenas 04 meses à frente da pasta mais importante de qualquer cidade brasileira, nomeado pelo prefeito em exercício Juscelino Oliveira, vereador e secretário Marquinhos faliu o SAMU. E os vereadores? Ah, os vereadores, não estão nem ai!!!

DSC_0307

DESCASO: Flagrante de uma das ambulâncias do SAMU de Açailândia estacionada há vários, em frente a uma oficina mecânica, localizada às margens da BR-222…

A denúncia com exclusividade é do Blog Folha de Cuxá, que dá conta que desde as primeiras horas de hoje (26) o Serviço de Atendimento Médico Urgência (SAMU) da cidade de Açailândia está paralisado – o motivo: todas as ambulâncias estão quebradas, inclusive, a famosa ambulância novinha que o atual prefeito e o secretário de saúde, por pura incompetência e maldade mesmo, quiseram imputar a prefeita Gleide Santos a responsabilidade de um possível desaparecimento desse veículo, quando, no entanto, bastava verificar qual a empresa responsável por fazer o “checklist” dos veículos novos que são adquiridos junto ao Ministério da Saúde e colocá-la em funcionamento.

Segundo as informações do titular do Blog, Josinaldo Smylle,o município possui  03 três ambulâncias, mas todas estão quebradas. Fato esse confirmado através de informações de servidores e por várias tentativas no telefone 192 – a mensagem ouvida é de que a ligação é incapaz de ser conectada – segundo o Blog, uma pessoa já teria ido a óbito pela falta do atendimento do SAMU de Açailândia

Enquanto isso, aquela mesma câmara municipal de vereadores que colocou pela janela o atual gestor, se mantém inerte e nada fala. Mesmo porque, se reclamar perde aquela bela fatia do bolo que lhes foram conferidas no ato da cassação do mandato legítimo da prefeita Gleide Santos.

E o Ministério Público?

Deste conceituado órgão o que a população espera é pelo menos uma atuação à mesma altura do que aconteceu em todo o mandato da prefeita Gleide Santos.

Simples Assim!!!

Mega-Sena, concurso 1.764: aposta única do DF fatura R$ 205 milhões

Veja as dezenas sorteadas: 06 – 07 – 29 – 39 – 41 – 55.
Quina teve 401 ganhadores, que levaram R$ 58.622,54 cada.

Uma aposta de Brasília (DF) acertou os seis números do concurso 1.764 da Mega-Sena, sorteados nesta quarta-feira (25), em Cândido Mota(SP) e irá levar o prêmio de R$ 205.329.753,89.

A estimativa de prêmio para o próximo concurso, que será realizado no sábado (28), é de R$ 100 milhões.

Veja os números sorteados: 06 – 07 – 29 – 39 – 41 – 55.

A quina teve 401 ganhadores, que levaram R$ 58.622,54 cada. Outros 33.850 bilhetes acertaram a quadra e irão levar R$ 992,09 cada um.

Segundo a Caixa Econômica Federal (CEF), além de ser o maior prêmio sorteado em 2015, esse também é o maior prêmio da história da modalidade, excluindo os da Mega da Virada.

Probabilidades
A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 3,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.

Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 17.517,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Polícia Federal confirma: Saúde no governo Dino sob investigação…

O blog teve acesso às partes do relatório que confirmam uso de interceptação telefônica em “novo inquérito para apurar irregularidades já na atual gestão da SES-MA”

Trecho do rela´torio que confirma novo inquérito na SES: página 1723

Trecho do relatório que confirma novo inquérito na SES: página 1723

A Polícia Federal tinha elementos suficientes para aplicar as ações da operação “Sermão aos Peixes” também entre os membros da atual gestão na Secretaria de Saúde do Maranhão.

Pelo menos é o que mostra o relatório da própria Polícia Federal sobre o caso.

Este blog teve acesso à página 1723 do relatório da Polícia Federal, carimbado e rubricado pela Justiça Federal. O documento deixa claro:

– Houve pedido de compartilhamento de provas colhidas na medida cautelar de interceptação telefônica para instauração de um novo inquérito policial com o objetivo de apurar possíveis irregularidades já na gestão atual das SES-MA.

Marcos Pacheco com Flávio Dino: citado no relatório, poupado na operação da PF

Marcos Pacheco com Flávio Dino: citado no relatório, poupado na operação da PF

O posicionamento da polícia neste relatório reforça o questionamento que este blog faz desde o início da operação “Sermão aos Peixes”: por que os delegados só agiram com base no período de 2010 a 2013, se eles mesmos estavam apurando irregularidades já na gestão de Flávio Dino (PCdoB)?!?

De acordo com os relatórios mantidos em sigilo pelos delegados federais que coordenaram a operação, o secretário Marcos Pacheco foi flagrado em conversas com o dono do Instituto Cidadania e Natureza, negociando indicações para hospitais. (Releia aqui)

O ICN ganhou licitação de quase R$ 200 milhões, em licitação sob suspeita dos próprios delegados federais.

De tudo que se tem até agora no caso, há duas questões claras: 1 – a Polícia Federal investigou a Saúde desde a época do governo Jackson lago (PDT); 2 – mas só fez operação para acossar envolvidos no período de 2010 a 2013.

Por que será?!?

Fonte: Marcos D’Éça.

TJ mantém ilegalidade da greve dos servidores do Judiciário

O Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) decidiu, por unanimidade na manhã de hoje, pela manutenção da ilegalidade da greve dos servidores do Poder Judiciário do Maranhão e o retorno imediato dos grevistas ao trabalho. A decisão colegiada julgou o Agravo Regimental interposto pelo Sindjus e manteve a determinação do desembargador Jamil Gedeon, no julgamento de Ação Civil Pública, com pedido de liminar, proposta pelo Estado do Maranhão. O movimento foi deflagrado no dia 13 de outubro de 2015.

Na mesma sessão, os desembargadores apreciaram petição do Estado do Maranhão e aumentaram o valor da multa diária pelo descumprimento da decisão judicial para R$ 60 mil, além do desconto das faltas a partir da data em que o Sindicato tomou conhecimento legal da determinação.

O Estado também pediu a declaração da ilegalidade do movimento grevista de forma expressa, mas o Órgão Especial ressaltou que a greve já tinha sido considerada ilegal quando do julgamento da Ação Civil.

A audiência de conciliação que ocorreria no dia 20 de novembro, foi remarcada para a próxima sexta-feira (27), às 9h, na sala das sessões das Câmaras Cíveis Isoladas.

Serão intimados o Estado do Maranhão, por meio do seu procurador-geral, Rodrigo Maia; o Sindjus, por seu representante legal; os titulares ou representantes da presidência do TJMA; além da secretária de Estado de Planejamento e Orçamento, Cynthia Celina de Carvalho Mota Lima; a procuradora-geral de Justiça do Maranhão, Regina de Almeida Rocha; e o presidente da seccional maranhense da OAB, Mário Macieira.

terça-feira, 24 de novembro de 2015

No Maranhão é tão perigoso ser jornalista quanto na Somália

O-jornalista-e-blogueiro-Décio-Sá-foi-morto-em-2012-em-um-bar-na-Avenida-Litorânea-e1448353618106

O jornalista e blogueiro Décio Sá foi morto em 2012 em um bar na Avenida Litorânea

Segundo dados do Comitê de Proteção aos Jornalistas (CPJ), uma ONG internacional, a Somália – onde um ou mais jornalistas foram assassinados por ano na última década e o Governo se mostra incapaz para solucionar estes crimes – é o lugar mais perigoso do mundo para se exercer a profissão, incluindo blogueiros e colunistas.

Estes números foram apresentados no dia 2 deste mês em assembleia geral da Organização das Nações Unidas (ONU) e a Síria não foi incluída porque está em guerra. Vendo estes números, é assustador pensar que nas duas últimas semanas dois blogueiros foram assinados no interior do Maranhão. O caso mais famoso no Estado é o do jornalista Décio Sá, morto em um bar, em 2012, na Avenida Litorânea.

Enquanto a Superintendência de Homicídios e Proteção a Pessoa (SHPP), órgão vinculado a Secretaria de Segurança Pública do Estado, investiga os crimes, jornalistas e blogueiros, principalmente os que escrevem sobre política, convivem com o medo e constantes ameaças. No último sábado (21), Orislandio Timóteo Araújo, o Roberto Lano, foi assassinado a tiros na cidade de Buriticupu (a 407 quilômetros de São Luís).

Blogueiros Ítalo Diniz e Roberto Lano

Blogueiros-Ítalo-Diniz-e-Roberto-Lano-e1448222328172No dia 13 deste mês, Ítalo Eduardo Diniz Barros, foi morto com quatro tiros em Governador Nunes Freire ( a 181 quilômetros da capital). Ambos escreviam sobre política e foram ceifados de forma fria por homens em motocicletas.
O delegado titular da superintendência de homicídios, Leonardo Diniz, informou que equipes da SHPP se dirigiram para o interior no intuito de elucidar os casos. “Já estamos com equipe em campo e abrimos linhas de investigações sobre o caso de Buriticupu. Acredito que em pouco tempo vamos poder apresentar algo de concreto. Quanto ao crime de Nunes Freire, demos apoio à superintendência do interior e estamos acompanhando de perto”, explicou.

O delegado titular da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), Thiago Bardal, acredita que esses assassinatos estão diretamente ligados a crimes políticos. “Estes crimes são para intimidar, com certeza. Como a polícia não tem bola de cristal, nós iniciamos investigações após denúncias. E como a polícia do Maranhão vem cada vez mais fechando o cerco contra criminosos, principalmente nas cidades do interior, estes crimes começaram a aumentar”, disse.

Ameaças, medo e descaso

Não é preciso muito esforço para encontrar profissionais que convivem com o medo. Chefe de reportagem do jornal O Estado e blogueiro, o jornalista Daniel Matos afirma que as ameaças são constantes. “Recebo ameaças constantemente, principalmente em comentários no meu blog. Até ligações com esse teor eu recebi. Geralmente estas ameaças ficam apenas no campo da intimidação, mas convivemos com isso sim”, contou.

Editor de política de O Estado e também blogueiro, o jornalista Marco Aurélio D’Eça acredita que quem trabalha com blog acaba despertando ainda mais ódio, até de autoridades como a polícia e o poder judiciário. “Agente se sente ameaçado o tempo inteiro. Há insinuações e intimidações. O problema principal, ao meu ver, é que blogueiros são vistos com forte antipatia pelas autoridades. A polícia e o judiciário nos enxerga com raiva. Por isso, vemos certo descaso nas apurações destes crimes”, asseverou.

Jornalista Décio Sá

Caso Décio Sá
Jornalista-Décio-Sá1A observação do jornalista Marco D’Eça sobre o descaso na apuração destes crimes chama atenção para um dado apresentado pelo CPJ na ONU. O Brasil, com 11 casos de assassinatos de jornalistas não resolvidos desde 2008, quando começou esta contagem, ocupa o 11º lugar entre os países mais perigosos para estes profissionais. Segundo o levantamento, na maioria dos casos, a prestação de contas chegou apenas aos autores materiais, mas não até os autores intelectuais.

Em São Luís, o caso mais famoso é o do blogueiro Décio Sá, que foi assassinado no 23 de abril de 2012, na Avenida Litorânea, com vários tiros. Até hoje, apenas o assassino confesso, Jhonatan de Sousa Silva, e um comparsa foram julgados e condenados. Os suspeitos de serem os mandantes do crime seguem presos, mas ainda não foram condenados.

Dados da pesquisa do CPJ

– Aproximadamente 96 % das vítimas são jornalistas locais. A maioria informava sobre a política e a corrupção em seus países natais.

– As ameaças frequentemente antecedem os homicídios. Em ao menos quatro em cada 10 assassinatos de jornalistas, as vítimas haviam denunciado ameaças, que quase nunca são investigadas pelas autoridades.

– Grupos políticos, entre eles facções armadas, são suspeitos de cometer 46% dos casos de assassinato, um aumento de 6% em relação ao índice de 2014. Funcionários governamentais e militares são considerados os principais suspeitos em quase 25% dos casos.

– Em apenas 2% dos casos os autores intelectuais foram apresentados e processados.

Fonte: Imirante.

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Mesmo com milhões de reais destinados `ao Município Vereador Marquinhos e Juscelino Oliveira instalam o CAOS na saúde de Açailândia

UBS-1-300x168

Juscelino e Marquinhos tiveram somente o trabalho de decerrar a placa da UBS construída por Gleide Santos… Faze-la funcionar que seria bom…Nada disso!!!

Os primeiros atos estaparfúdios e libidinosos tomados por Juscelino após, com apoio de uma trupe de vereadores, tomar o mandato legítimo da prefeita eleita pelo voto popular foi tratar a cidade como um lindo bolo de aniversário, e, simplesmente fatia-lo entre os principais envolvidos em um processo de cassação de Gleide Santos, atualmente sendo analisado pelo Supremo Tribunal Federal.

O melhor pedaço do “Bolo” leia-se Prefeitura Municipal de Açailândia, ficou com o vereador Marquinhos que sem nenhuma experiência administrativa, pois ao longo da sua história aprendeu somente vender medicamentos a prefeituras, que o diga o ex-prefeito Ildemar Gonçalves, meteu os pés pelas mãos e não deu outra: a saúde que vinha em ascensão na administração da prefeita Gleide Santos sofreu um retrocesso incalculável – o único hospital público virou um pandemônio, falta de tudo e não se tem nenhum planejamento ou esperança de solução – a logística de reposição de medicamentos não existe, manutenção de equipamentos nem se fala, e pra completar a população agora começa a reclamar da falta de exames básicos, segundo eles, pela falta de pagamento – No HMA que recebeu finalmente a ilustre visita da promotora pública Glauce Mara Malheiros no dia de hoje (23), falta desde curativos simples até a famosa dipirona – as mulheres grávidas estão em polvorosa e usam os veículos de comunicação para reclamar, no entanto, o prefeito em exercício encontra-se em lugar desconhecido e não sabido e nenhuma resposta chega à população.

Os Postos tidos como prioridades pela prefeita Gleide Santos como forma encontrada para descentralizar os atendimentos e melhorar a vida da população que procura o Hospital Municipal, desde que Juscelino colocou no comando da saúde o vereador Marquinhos que deveria estar exercendo sua função, pois foi eleito para tal, que os postos de saúde simplesmente pararam de funcionar – tal medida fez com que toda a população que antes procurava os postos de saúde migrasse para o HMA, transformando aquela unidade em uma bomba relógio.

As ambulâncias disponibilizadas aoHospital Municipal, que transportavam diariamente pacientes encaminhados ao Socorrão de Imperatriz, estão paradas por falta de manutenção, enquanto isso esses pacientes são transportados de forma inadequada em veículos que antes serviam as unidades básicas nos bairros.

Dinheiro aos montes

De acordo com dados do Ministério da Saúde, de Janeiro até 10 de Novembro de 2015, já foi repassado ao município de Açailândia R$ 20.656.742,00 (vinte milhões, seiscentos cinquenta e seis mil, setecentos quarenta e dois reais). http://www.fns.saude.gov.br/visao/consultarPagamento/pesquisaSimplificadaEntidade.jsf.

Uma pergunta não pode calar: “onde foi parar tanto dinheiro”?????

BRASILEIRÃO 2015: Oito times brigam por duas vagas no G4; cinco tentam escapar da queda

VEJA A SITUAÇÃO DE CADA CLUBE

CORINTHIANS
Campeão e, consequentemente, garantido na Libertadores, o Corinthians joga para bater o recorde de pontos no Brasileiro desde 2006, quando a competição passou a ser disputada por 20 clubes. A equipe já igualou a campanha do Cruzeiro de 2014 e precisa somar mais um ponto para ultrapassar o rival
Próximos jogos: Sport (fora) e Avaí (em casa)

ATLÉTICO-MG
O Atlético-MG precisa de uma vitória para garantir o vice-campeonato. A segunda colocação pode vir até com um empate contra o Grêmio na próxima rodada.
Próximos jogos: Grêmio (fora) e Chapecoense (em casa)

VAGA PARA A LIBERTADORES

GRÊMIO
Em terceiro lugar, o Grêmio necessita de um ponto para assegurar sua vaga na Libertadores-2016. O clube pode até se garantir com duas derrotas em razão da grande vantagem no saldo de gols. Hoje, o rival Inter, quinto colocado, teria que tirar uma diferença de 18 gols.
Próximos jogos: Atlético-MG (em casa) e Joinville (fora de casa).

SÃO PAULO
Com 56 pontos, o São Paulo precisa vencer os dois próximos jogos para ficar com a vaga na Libertadores. Com a mesma campanha que o Inter, o clube necessita também ficar de olho no saldo de gols do rival.
Próximos jogos: Figueirense (em casa) e Goiás (fora de casa)

INTERNACIONAL
A equipe também necessita de duas vitórias para depender apenas de si, além de tirar uma diferença de cinco gols de saldo para o São Paulo.
Próximos jogos: Fluminense (fora) e Cruzeiro (em casa)

SANTOS
Sem vencer há três rodadas no torneio, o Santos caiu para a sexta colocação. Agora, o time depende de duas vitórias, além de torcer por um tropeço de São Paulo e Internacional.
Próximos jogos: Vasco (fora) e Atlético-PR (em casa)

SPORT
Na sétima colocação, o Sport tem que vencer seus dois próximos jogos e torcer para que São Paulo e Inter não triunfe mais. Já o Santos poderia somar apenas três pontos.
Próximos jogos: Corinthians (em casa) e Ponte Preta (fora)

CRUZEIRO
Com 52 pontos e na oitava colocação, o Cruzeiro vive a mesma situação do Sport. O time mineiro, porém, tem que torcer para um tropeço também dos pernambucanos.
Próximos jogos: Joinville (em casa) e Internacional (fora)

PONTE PRETA
A Ponte Preta precisa vencer os dois jogos, além de torcer por uma combinação quase improvável de resultados. São Paulo e Inter, por exemplo, não poderiam pontuar.
Próximos jogos: Avaí (fora) e Sport (em casa)

PALMEIRAS
Com um ponto a menos que a Ponte Preta, Palmeiras vive a mesma situação da equipe de Campinas. Por isso, já abriu mão do Brasileiro e vai se dedicar para ganhar a Copa do Brasil.
Próximos jogos: Coritiba (em casa) e Flamengo (fora)

DE FÉRIAS

FLAMENGO
Apenas cumpre tabela
Proximos jogos: Atlético-PR (fora) e Palmeiras (em casa)

ATLÉTICO-PR
Outro que só cumpre tabela
Próximos jogos: Flamengo (em casa) e Santos (fora)

CHAPECOENSE
Mais um que cumpre tabela
Próximos jogos: Goiás (em casa) e Atlético-MG (fora)

FLUMINENSE
Também vai cumprir tabela nas duas próximas rodadas
Próximos jogos: Inter (em casa) e Figueirense (fora)

AMEAÇADOS

CORITIBA
Precisa de duas vitórias para não depender de outros resultados. Se vencer apenas um jogo, tem que torcer por um tropeço do Avaí ou Vasco. A equipe possui um saldo muito maior que o Avaí e o Vasco.
Próximos jogos: Palmeiras (fora) e Vasco (em casa)

FIGUEIRENSE
Precisa de duas vitórias para não depender de outros resultados. Se vencer apenas um jogo, tem que torcer por um tropeço do Avaí ou Vasco. O time também possui um saldo maior do que Avaí e Vasco.
Próximos jogos: São Paulo (fora) e Fluminense (em casa)

AVAÍ
Necessita vencer os dois próximos jogos e torcer por um tropeço do Coritiba ou Figueirense
Próximos jogos: Ponte Preta (em casa) e Corinthians (fora).

VASCO
O Vasco tem que vencer os dois jogos restantes, além de torcer por resultados negativos de duas das três equipes (Avaí, Figueirense e Coritiba) que ainda estão ameaçadas.
Próximos jogos: Santos (em casa) e Coritiba (fora)

GOIÁS
Necessita vencer as duas partidas e ainda torcer por resultados negativos de três dos quatro times que estão ameaçados (Vasco, Avaí, Figueirense e Coritiba).
Próximos jogos: Chapecoense (fora) e São Paulo (em casa)

JOINVILLE
Já rebaixado
Próximos jogos: Cruzeiro (fora) e Grêmio (em casa)

TSE aponta dificuldades para implementar voto impresso no país

Sistema chegou a ser vetado por Dilma, mas foi revalidado pelo Congresso. Para ‘experts’, custo maior é necessário para dar transparência à apuração.

Renan Ramalho - Do G1, em Brasília

Contrário à adoção do voto impresso, o Tribunal Superior Eleitoral prevê uma série de dificuldades para implementar o novo sistema no país. Aprovada pelo Congresso na minirreforma eleitoral, a impressão foi vetada pela presidente Dilma Rousseff em setembro. O veto, porém, foi derrubado na última quarta (18) e o novo sistema será usado nas eleições de 2018.Num documento obtido pelo G1, a área técnica da Corte detalha os gastos de R$ 1,8 bilhão previstos para a compra, manutenção e transporte das impressoras, entre outros gastos (veja na tabela ao lado).

Seria necessário, por exemplo, comprar 833.036 impressoras (uma para cada urna) de um modelo cujo tamanho é semelhante ao que é usado para emitir notas fiscais. A quantidade inclui também a aquisição de mais urnas eletrônicas – atualmente existem 451 mil –, já que, segundo tribunal, seria necessário abrir mais locais de votação para compensar o tempo maior previsto para cada voto e assim evitar atrasos.

Apesar dos gastos extras, especialistas ouvidos pelo G1 veem avanço no novo modelo, pela possibilidade de fazer uma conferência do resultado eletrônico a partir de uma pequena amostra do registro físico. Eles consideram o atual sistema eletrônico “inauditável” e alegam que obstáculos na implantação podem ser superados, principalmente pela melhora nos procedimentos para organizar as eleições.

Secretário de Tecnologia da Informação do TSE, Giuseppe Janino discorda: considera o voto impresso “ineficiente”, “ineficaz para auditoria” e “prejudicial para o processo”. Ele argumenta que hoje o tribunal já submete as urnas e o software usado nelas para consultas e testes pelos partidos, e que o voto impresso traria de volta a “intervenção humana” na apuração.

“Onde há intervenção humana, há lentidão, prática de erros e possibilidade de fraudes. A impressão traz, em síntese, a volta das mesas apuradoras”, diz o secretário, que também alerta para a possível demora na divulgação dos resultados.

“Certamente não teremos mais o resultado no mesmo dia, vamos ter esse resultado em talvez um ou dias depois, considerando essa interferência manual no processo”, afirma.

Outro problema, diz, é o tempo maior para cada eleitor votar. Pelo novo modelo, após digitar na urna eletrônica, o eleitor vai conferir sua escolha no registro impresso, que depois será depositado numa urna física de forma automática e sem contato manual (veja no vídeo ao lado).

Em 2002, lembra Janino, o TSE adotou o voto impresso em algumas urnas no Distrito Federal e o tempo de votação chegou a dobrar, de 1,5 para 3 minutos. “Tivemos inclusive votações que foram até 1h da manhã”, diz. Um dos problemas foi a impressão dos registros, que travou com papel embolado na saída de vários equipamentos.

Onde há intervenção humana, há lentidão, prática de erros e possibilidade de fraudes. A impressão traz, em síntese, a volta das mesas apuradoras”

Giuseppe Janino,
Secretário de Tecnologia da Informação do TSE

Quanto ao transporte e manutenção, ele diz que “complica muito mais uma logística que é complexa”.

“Nós temos um país de 8,5 milhões de quilômetros quadrados, em que mais de 60% corresponde à região amazônica. Nessa região amazônica, nós temos pelo menos 1.500 pontos de difícil acesso, onde se leva até duas semanas para se chegar de barco. Os equipamentos passam por variação de temperatura, umidade, salinidade, recebendo muito impacto e têm que chegar até esses pontos de votação em funcionamento”, afirma.

Janino acrescenta que uma impressora, por ser um equipamento “eletromecânico”, falha mais que um dispositivo somente eletrônico, como a urna.

“Na nossa realidade, incluir mais um dispositivo desse vai trazer ponto de falha bastante importante e principalmente complicando também mais o processo de forma geral, na sua logística, na sua manutenção, na sua conservação, no processo de substituição de equipamentos em pane, certamente traz um complicador bastante considerável”, diz.

Fora do TSE, o voto impresso também é mal visto por ministros do Supremo Tribunal Federal. Em 2013, por exemplo, a pedido da Procuradoria Geral da República, a Corte rechaçou o modelo por unanimidade, por ver risco ao sigilo do voto, garantido pela Constituição para evitar coação de eleitores pelos políticos.

Nada impede que uma nova ação seja apresentada ao STF para questionar de novo a impressão.

A logística da urna eletrônica é complicada, independentemente de ser voto impresso ou não. Você distribuir 450 mil urnas pelo Brasil inteiro para estar disponível e funcionar no dia certo é uma logística complexa. Mas você simplesmente vai por uma máquina a mais”

Amílcar Brunazo Filho,
Engenheiro e pesquisador de urnas eletrônicas

Especialistas divergem
A adoção do voto impresso no Brasil é defendida há tempos por especialistas e foi recomendada por uma auditoria realizada neste ano pelo PSDB. No relatório, o partido diz que “o sistema eletrônico de votação do TSE não foi projetado para permitir uma auditoria externa independente e efetiva dos resultados que publica”.

O parecer foi elaborado por 11 técnicos ao custo de R$ 1 milhão. Um deles, o engenheiro Amílcar Brunazo Filho, pesquisador do tema há 20 anos, diz que o TSE é contra o voto impresso porque, como administrador das eleições, “não quer alguém xeretando o trabalho dele”. Ele rebate argumentos contrários que apontam dificuldades na implantação.

“A logística da urna eletrônica é complicada, independentemente de ser voto impresso ou não. Você distribuir 450 mil urnas pelo Brasil inteiro para estar disponível e funcionar no dia certo é uma logística complexa. Mas você simplesmente vai por uma máquina a mais”, diz.

Quanto a problemas na impressão, Brunazo diz que basta treinar os mesários e orientar o eleitor. Lembra que em 2002 várias impressoras travaram porque os mesários não retiraram um lacre de fábrica do equipamento na saída do papel.

Quanto ao custo, atribui a necessidade de novas urnas à demora causada pela biometria e não pelo voto impresso. Mesmo assim, diz que o gasto extra é importante. “Quanto é conveniente para o país pagar para ter um sistema eleitoral cujo resultado possa ser conferido?”, afirma.

Sobre a volta da “intervenção humana” na apuração, responde: “Que papo mais maluco! E o software é feito por quem? É por gente, a máquina não funciona sozinha. Não é possível eliminar a intervenção humana. O TSE faz o software e não deixa a gente auditar”, questiona.

Para ele, a principal fragilidade do atual sistema não é a possibilidade de ataques externos, mas de fraudes internas. “Se eles, funcionários do TSE atacarem o sistema, fazerem qualquer fraude, a sociedade civil não tem como detectar isso. E cabe ao administrador eleitoral propiciar isso à sociedade. E não falar ‘confia em mim, eu sou honesto e garanto que não há problema'”, conclui.

Modelos
Engenheiros e analistas de segurança de informação consideram que o modelo de urna adotado no Brasil desde 1996 é o mais antigo, conhecida como “máquina DRE” (sigla de “direct-recording electronic”, ou gravação eletrônica direta do voto, em português), que começaram a ser usados na Holanda em 1991 e na Índia em 1992.

Nos últimos anos, não só esses países, mas outros como Alemanha, Argentina, Bélgica, Canadá, Equador, Estados Unidos, Inglaterra, Irlanda, México, Paraguai, Peru, Rússia e Venezuela passaram para a máquina do tipo VVPAT (“Voter Veriable Paper Audit Trail”, voto impresso conferível pelo eleitor), tida como de segunda geração e a ser agora implantada no Brasil.

Um modelo ainda mais avançado, adotado em alguns estados americanos, por exemplo, é o chamado E2E (“End-to-end”, verificação fim-a-fim), pelo qual o eleitor registra o voto manualmente numa cédula física especial, que é posteriormente escaneada para ser lida por uma máquina. Assim como no modelo anterior, há um registro físico e um eletrônico.

“Tem um registro único feito pelo próprio eleitor, marcando as bolinhas como num gabarito de vestibular. Pode ser contado manualmente em qualquer caso de divergência com a contagem eletrônica. E pode ter a máquina para ler os registros, automatizando a contagem. É uma tecnologia amplamente conhecida e barata, com contagem rápida”, diz Diego Aranha, professor do Instituto de Computação da Unicamp.

Ele considera o modelo a ser adotado no Brasil é suficiente e que as dificuldades de implantação são superáveis, lembrando do exemplo da Índia, que adotou o voto impresso no ano passado.

“Se a Índia pode vislumbrar aplicar esses recursos numa votação muito maior que a nossa, com quantidade de eleitores muito maior do que o Brasil, com condições socioeconômicas parecidas, sendo um país emergente, se entendem que essas dificuldades são superáveis, acho que o Brasil não deveria ter complexo de vira-lata e se contentar em usar sistema de votação sem garantias mínimas de transparência e segurança”, diz.

A morte de blogueiros e o descaso da polícia….

Após o segundo assassinato no interior maranhense – sem que nenhuma informação a respeito da primeira execução tenha sido dada pelos homens da lei – o clima é de medo entre profissionais em todo o estado

Os dois blogueiros executados: por que a polícia não diz nada?

Os dois blogueiros executados: por que a polícia não diz nada?

Os blogueiros – profissionais da comunicação que atuam na internet – gera uma antipatia em todos os segmentos sociais, e até entre os demais profissionais de imprensa , pela liberdade que têm para questionar.

Por isso são antipatizados pelo judiciário, por jornalistas e radialistas e até pela polícia.

Mas nada disso justifica a falta de informações claras para a execução de dois blogueiros no interior do Maranhão.

A primeira execução ocorreu em 13 de novembro. Italo Diniz foi executado a tiros em Vitorino Freire, onde mantinha um blog e já denunciava ameaças de morte.

Até a ora, a polícia não deu qualquer informações sobre os executores do blogueiro.

No último sábado foi a vez de Orislandio Timóteo Araújo,o Roberto Lano, de Buriticupu. Ele foi executado na frente da mulher, no Centro do município.

São evidentes os indícios de pistolagem nos dois crimes; claro assassinato por encomenda, nos mesmos moldes da execução do jornalista Décio Sá, em 2012.

Mas a polícia parece nem estar investigando os dois casos.

O que é lamentável, sob todos os aspectos…

Fonte: Marco Aurélio D’Éça.

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

IMAGEM DO DIA: Açailândia, terra arrasada…

… Prefeito em exercício Juscelino Oliveira Já torrou o equivalente a mais de 2 mil carros populares e nada fez. A rua da Carniça continua uma carniça tomada pela fedentina e lixo. O único banheiro do complexo esportivo Baianão, na Vila Ildemar, VIROU um amontoado de M…A!!

DSC_0194DSC_0198DSC_0193DSC_0199DSC_0196

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Açailândia, terra devastada: Juscelino já torrou quase 70 milhões de reais em apenas 04 meses e nada fez.

A cidade em meio a um caos generalizado e o prefeito em exercício sem apresentar nenhuma obra de relevância, já gastou quase 70 milhões de reais. Esse valor pode variar para mais ou para menos, dependendo dos ajustes do FPM.

DSC_0059

Parada Obrigatória: Com a promessa do governador de asfaltar a Avenida JK, reacenderam as esperanças da comunidade da Vila Bom Jardim…

Posso estar cometendo o maior crime da minha vida, com direito a prisão perpétua, ao iniciar este artigo traçando um comparativo, mesmo que seja paradoxal, de “JK” um dos maiores presidentes da história político/administrativa brasileira, com o JK “TUPININQUIM”, atual prefeito em exercício da cidade de Açailândia, que em apenas 04 meses já torrou quase 70 milhões de reais e instalou um caos total no Município.

Em 31 de janeiro de 1956, Juscelino Kubitschek de Oliveira tomou posse da presidência da República, e com ele, o Brasil viveu anos de otimismo embalados pelo sonho da construção de Brasília, a nova capital do país. No dia seguinte à posse, Juscelino anunciou a arrancada desenvolvimentista, baseada no ambicioso Plano de Metas (com o famoso slogan "50 anos em 5").

Em Açailândia, ao tomar o mandato legítimo da prefeita eleita pelo voto popular, com auxílio de uma cambada de vereadores de fome insaciável por recursos públicos, o simplesmente Juscelino, muito longe de ser um JK da vida, decretou o caos de Açailândia em apenas 04 meses, ou seja, uma gestão que poderia ser parafraseada ou imitada com o slogan de Juscelino Kubitscheck ’50 ANOS EM 05, se transformou em uma administração desastrosa que em apenas 04 meses já torrou quase 70 milhões de reais e levou a cidade de Açailândia a uma imagem de uma cidade destruída e devastada – o famoso slogan 70 milhões em 04 meses, do “Jk Tupiniquim”.

AlHIVcyYN5Pv4Tgrm6rpbtYUzeEF6boVzLMoglOu2en6AmeoO0YyKgpfToncE4jtwdSZhdshdmDx_TmK8CJSQ_o5

Pacientes e funcionários convivem com o lixo hospitalar e cães ocupam as dependências do Hospital Municipal….

Saúde

No único Hospital público da cidade, o SESP, falta desde os medicamentos na farmácia básica, até comida para os pacientes e funcionários. A situação é tão critica que funcionários estão indo comprar mantimentos no comércio local e até em outros locais, como o “Trecho Seco” para preparar comida para os pacientes. As cirurgias eletivas não existem mais e as mulheres grávidas estão sendo obrigadas a procurar a cidade de Imperatriz se quiserem dar à luz a bebês saudáveis.

No Hospital Municipal de Açailândia pacientes e funcionários convivem com a fedentina pela falta da limpeza e o lixo hospitalar jogado nos cantos do prédio. O abando é tão grande que a todo o momento são flagrados matilhas de cães dormindo ou passeando no entorno e até na recepção do HM.

DSC_0090

Ruas e Avenidas do Centro da cidade tomadas por buracos…

Infraestrutura

As principais ruas da cidade que foram encontradas pelo atual gestor em situação crítica, resultado de um inverno sempre rigoroso, que deveriam ser recuperadas nesse período de verão foram abandonadas e os inúmeros buracos se transformaram em buraco só. Pra piorar um novo inverno já aponta na região e a cidade de Açailândia poderá se transformar em cidade de pós-guerra.

As estradas vicinais que precisam de um planejamento bem detalhado de recuperação no período do verão, não tiveram nenhuma atenção da atual gestão e ameaçam ser cortadas e pontes caírem já nas primeiras chuvas que caíram na região comprometendo o escoamento da produção de leite, seus derivados e a produção agrícola.

Um exemplo do descaso com os produtores da zona rural é a estrada que dá acesso ás localidades próximas do KM 30, onde a dificuldade de trafegar é grande até para quem anda a pé ou a cavalo.

10 Km de Asfalto

Anunciado com alarde pelo governador, por pelo menos 03 vezes, 01 na gestão da prefeita Gleide Santos (PMDB) e 02 na gestão do atual prefeito, os 10 quilômetros de asfalto antes prometido para a Avenida JK, onde existe um problema crônico na chamada “Parada Obrigatória”, acabou indo para outros locais, não se sabe por que cargas d’água, mesmo porque esses famosos 10 quilômetros de asfalto foram empenhados ainda no governo Roseana Sarney, portanto, já havia um projeto de aplicação previamente aprovado – o vereador professor Pedro aliado do atual gestor chegou a anunciar nas redes sociais que parte desse asfalto iria para o Pequiá, não passou de mais uma “pegadinha” mentirosa do parlamentar, que adora brincar com a cara da população daquele Distrito Industrial.

Educação

A secretaria de educação de Açailândia virou um simples cabide de empregos politiqueiros e tem como base única o uso da máquina para promover o filho da secretária Maiza. A folha sofreu um inchaço de proporções estratosféricas e pra completar, concursados que não fazem parte da “panelinha” estão sendo mandados pra casa pra receberem seus salários sem trabalhar e contratando uma ruma de cabos eleitorais de Sérgio Vieira, eterno candidato na cidade de Açailândia. Essa pasta ainda precisa ser dividida com os vereadores Márcio Aníbal e Carlinhos do Fórum, também parentes da secretária, ou seja, um nepotismo atravessado declarado entre executivo e legislativo – não se encontra um servidor público contratado da secretaria de educação que não seja indicado da parentalha – as salas ficam tão abarrotadas de servidores contratados que quando um entra o outro tem que ficar de fora esperando, pois nem assentos suficientes existem pra tanta gente. Com o inchaço da folha, falta merenda e quando tem é de qualidade duvidosa, e ultimamente tem faltado até o transporte para os alunos da zona rural.

13º Salário

O prefeito em exercício Juscelino Oliveira, caso permaneça no cargo até dezembro, poderá ficar conhecido como o único prefeito da última década a atrasar o 13º salário do servidor público. Como não tem competência administrativa e confunde a coisa pública com a coisa privada, ou seja, não fez caixa como deveria ter feito, iniciando desde o mês de julho, dificilmente terá recursos suficientes para cumprir com esse valioso compromisso para os trabalhadores. Mas mesmo que Juscelino caia, ainda pesará em suas costas a irresponsabilidade cometida, pois a retorno da prefeita Gleide não é garantia que o 13º salário será pago, haja vista que, como Juscelino não pagou a metade do 13º que deveria ser pago antecipadamente e nem fez caixa, serão duas folhas de pagamentos no final do ano – os recursos são infinitamente menores para uma folha em duplicidade e Gleide, caso retorne, poderá receber um caixa zerado, pois a metodologia de trabalho do prefeito em exercício é receber com a mão direita e gastar com a esquerda, e, olha que os olhos vêem muito bem.

As demais secretarias seguem no mesmo ritmo, sem comando e sem eira e nem beira, e a cidade dia-a-dia sendo devastada.

Em meio a tudo isso, o prefeito em exercício Juscelino Oliveira já torrou quase 70 milhões de reais em apenas 04 meses de governo.

Enquanto isso, a promotoria pública antes atuante como jamais visto na história política da cidade de Açailândia, permanece em berço esplêndido, vendo a carruagem passar.

Simples Assim!!!

Investigação sobre morte de blogueiro será concluída nos próximos dias

Blogueiro foi executado na última sexta-feira

Blogueiro foi executado na última sexta-feira 13

A policia civil deve concluir nos próximos dias a investigação sobre a morte do blogueiro Italo Diniz, assassinado no último dia 13 na cidade de Governador Nunes Freire.

O delegado Augusto Barros informou ao blog que existem duas linhas de investigação que chegarão aos executores e aos mandantes do crime.

Segundo ele, são fortes os indícios de conotação política pelas postagens que o blog fazia ao atuais adversários do prefeito de Nunes Freire.

Ítalo Diniz foi executado com quatro tiros a queima na roupa por volta das 18h30 por dois motoqueiros ainda não identificados. Um dia antes da morte o blogueiro lamentou sobre as diversas ameaças que vinha recebendo.

A última tendo sido por um guarda municipal dentro da Câmara de Vereadores. Um amigo também blogueiro também acabou sendo atingido por tiros de raspão.

Justiça obriga Flávio Dino a romper contrato com ICN. Diretores do Instituto foram presos pela PF na operação “Sermão aos Peixes”

Informação foi dada ontem à noite pela própria Secretaria de Saúde, que negou ter havido determinação de intervenção na pasta

A Justiça Federal determinou ontem que o governo Flávio Dino (PCdoB) rompesse o contrato de gestão com o Instituto Cidadania e Natureza, investigado pela Polícia Federal por suspeita de desvios de verbas na Secretaria de Saúde.

A própria secretaria confirmou, em nota, a determinação judicial.

Sobre a operação da Polícia Federal (PF) “Sermão aos Peixes”, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) esclarece que, por determinação da Justiça Federal, foi obrigada a rescindir o contrato de gestão com o Instituto Cidadania e Natureza (ICN), Oscip que venceu a concorrência pública para a gestão de parte das unidades da rede estadual de saúde. A partir desta terça-feira (17), as unidades de saúde antes sob gestão do ICN serão geridas pela Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH)”, disse a SES.

O ICN comandava diversas unidades de Saúde no governo Flávio Dino, entre elas as UPAs de São Luís.

De acordo com a nota, o novo instituto já assumiu os serviços desde ontem…

terça-feira, 17 de novembro de 2015

PF prende diretores da Bem Viver que tem ramificações na cidade de Imperatriz

No segundo dia da operação “Sermão ao peixes”, a Polícia Federal já levou presos (coercitiva e preventivamente) cerca de 14 pessoas e cumpriu 60 mandados de busca e apreensão. Os policiais levaram quadros de artes e uma Hilux SW4 da casa de Ricardo Murad, além de encontrar na residência de um dos investigados R$ 48 mil.

No balanço em que a Polícia Federal fará logo mais em coletiva à imprensa, serão confirmadas 13 prisões preventivas, 27 coercitivas e 60 mandatos de busca e apreensão.

Hoje cedo a PF esteve na casa do ex-secretário de Saúde, Ricardo Murad, que foi conduzido coercitivamente para prestar depoimento.

Na casa do ex-deputado os policiais demoraram mais de 3h e levaram, ao final computadores, duas pastas, quadros de arte e uma carro Hilux SW4. Murad, até agora às 13h30 continua prestando depoimento na sede da PF.

Vários representantes do ICN e Bem Viver foram presos também, assim como ex-funcionários e funcionários da secretaria de Estado da Saúde.

Na casa de um dos investigados os policias encontraram guardados R$ 48 mil (foto acima)e o dinheiro foi levado para a sede da PF.

A policia Federal informou que a movimentação dos recursos da saúde foi de R$ 2 bilhões,

Veja abaixo os documentos que foram levados das casas dos investigados para a sede da CGU.

12274535_1057979760908251_3860148860596551111_n

Momento em que os agentes recolhia os quadros da casa

Deputado cobra rigor na apuração de morte de blogueiro…

O deputado estadual Wellington do Curso  (PPS), vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Maranhão, utilizou a tribuna da Casa Parlamentar, na tarde desta segunda-feira (16), para cobrar esclarecimentos acerca do assassinato do blogueiro Ítalo Diniz, ocorrido no município de Governador Nunes Freire, no último final de semana.

No último final de semana, a população do município de Governador Nunes Freire e a imprensa maranhense, mais uma vez, assistiram à execução covarde de mais um blogueiro. Desta vez, o ataque aconteceu na cidade de Governador Nunes Freire e vitimou o jovem Ítalo Diniz. Protocolamos uma Nota de Pesar à senhora Maria de Fátima Diniz Barros, mãe do blogueiro Ítalo, e à sua esposa Élida Moraes, pelo ocorrido. Estamos protocolando também à Secretaria de Segurança Pública do Estado do Maranhão, proposição para que, em um curto espaço de tempo, possa solucionar esse crime na cidade de Nunes Freire, que consternou todo o município e tem consternado toda a imprensa e todos os meios de comunicação. Em menos de três anos, temos outro jovem jornalista, blogueiro tendo sua vida ceifada e retirada do nosso convívio devido à pistolagem que ainda insiste em imperar no Maranhão. É responsabilidade da polícia e do Estado apresentar o resultado das investigações para que possa levar os culpados a responderem na justiça pelo ato de ‘covardia’. Seja quem for, a polícia tem o dever de prendê-los e mostrar à sociedade que ninguém está acima da lei. A família espera por uma resposta das autoridades policiais para que os assassinos possam ser julgados na forma da lei. Enquanto parlamentar em defesa do povo maranhense, não me calarei e muito menos deixarei passar despercebido na Assembleia Legislativa do Maranhão a referência a essa morte”.

A escola estadual CE Lourenço Antônio Galletti é finalista do Prêmio Gestão Escolar 2015

20151116124331

A escola estadual CE Lourenço Antônio Galletti, no município de Açailândia, está entre as 27 finalistas do Prêmio Gestão Escolar 2015, promovido pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed). A lista foi divulgada, nesta quarta-feira (11), no portal do conselho.

O Prêmio Gestão Escolar, realizado desde 1998, estimula a melhoria da gestão das escolas públicas. O Prêmio possibilita que os diretores tenham acesso a um instrumento de auto-avaliação dos processos de gestão e a um roteiro para o planejamento de um plano de ação, a ser construído com a comunidade escolar.

12239503_896653507088485_3142712009459344380_n“A macropolítica de educação do governo Flávio Dino tem como um de seus eixos estruturantes a gestão participativa e democrática que se reflete na melhoria da qualidade do ensino e da aprendizagem. Nesse sentido, o prêmio gestão escolar é uma ação que vem reforçar o estímulo às práticas participativas e democráticas na escola e, por conseguinte, os resultados e a melhoria dos indicadores educacionais do Maranhão”, ressaltou a secretária de Estado de Educação, Áurea Prazeres.

Nesta edição, o prêmio “Gestão Escolar” integrou a iniciativa Educadores do Brasil, juntamente com o prêmio “Professores do Brasil”, lançada pelo Ministério da Educação (MEC) e pelo Conselho Nacional de Secretários Estaduais da Educação (Consed), em parceria com outras instituições como a União Nacional de Secretários Municipais de Educação (Undime). Entre os parceiros da iniciativa estão a representação no Brasil da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco) e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Para o gestor do CE Lourenço Antônio Galletti, Guilherme Antônio, a premiação reforça a certeza de que a equipe da escola está trabalhando no rumo certo ao interagir com os estudantes, em atividade extraclasse, desenvolvendo projetos que tornam a escola um espaço mais atraente

.

“Desenvolvemos projetos de dança, música, esporte e educação ambiental, além de tentarmos atender as necessidades de nossos estudantes”, destacou o gestor acrescentando que o trabalho deu certo graças ao empenho de toda equipe, que não mede esforços para desenvolver as ações dentro da escola.

As escolas finalistas concorrem a uma premiação em dinheiro, de forma não cumulativa, R$ 6 mil para as escolas indicadas como “Destaque Estadual/Distrital”; R$ 10 mil para as escolas selecionadas como “Destaque Regional”; R$ 30 mil para a escola classificada como “Referência Brasil”.

Como forma de incentivar, o gestor escolar ganhador do”Referência Brasil” receberá a quantia de R$ 6 mil. O resultado final será divulgado no dia 3 de dezembro, durante cerimônia realizada em Brasília.
Texto: Lucivaldo Loppes

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Ataques em Paris: veja quem são os suspeitos da série de atentados

Polícia francesa divulgou nome de quatro jovens; três morreram.
Atentados nesta sexta-feira (13) deixaram mais de 120 mortos.

O jornal francês "Le Monde" informa, neste domingo (15), que pelo menos sete terroristas morreram durante os atentados em Paris nesta sexta-feira (13). A série de ataques envolveu tiroteios e explosões, deixou 129 mortos e é considerada a pior da história recente da França.

ATAQUES EM PARIS

Ações simultâneas matam mais de 100

De acordo com o "Le Monde", quase todos os suspeitos identificados são de nacionalidade francesa e alguns deles moravam na Bélgica. Há um sírio entre os investigados. Um grupo de três irmãos, os Abdeslam, é investigado.

Veja, abaixo, quem são os suspeitos de participar de cada um dos ataques, que ocorreram em seis pontos da capital francesa:
Ismaël Omar Mostefäi
Francês, de 29 anos, nasceu em Courcourones, município ao sul de Paris, em 21 de novembro de 1985, e tem origem argelina. Ele detonou seus cinco de explosivos depois de ter atirado em direção ao público durante um show na casa de espetáculos Bataclan. Tinha um histórico de crimes leves no subúrbio de Paris e acabou sucumbindo ao Islã radical. Foi formalmente identificado por "análise de digitais" colhidas em um dedo encontrado no Bataclan.
O "Le Monde" informa que Mostefäi chegou à casa de shows em um Polo preto junto com outros dois terroristas. A identidade deles não foi divulgada pelas autoridades da França.
Bilal Hadfi
Francês, nascido em 22 de janeiro de 1995, morava na Bélgica. Ele foi um dos homens-bomba que participaram da série de três explosões que ocorreram ao redor do Stade de France, durante o jogo amistoso entre França e Alemanha. Uma fonte do departamento de inteligência europeu afirmou ao jornal americano "The Washington Post" que Hadfi havia lutado com o Estado Islâmico na Síria.
Ibrahim Abdeslam
De nacionalidade francesa, nascido em 30 de julho de 1984 em Bruxelas, na Bélgica, Ibrahim Abdeslam, de 31 anos, morreu ao acionar o cinto com explosivos no bar Comptoir Voltaire, às 21h43 no horário de Paris.
O jornal "Le Monde" informa que Ibrahim havia alugado, na Bélgica, o automóvel Seat, usado em outros ataques pouco antes de ele morrer. Mas não se sabe ele se encontrava no veículo no momento daquelas ações.
Às 21h25, outros terroristas do Seat abriram fogo contra frequentadores no bar Le Carillon e no restaurante Le Petit Cambodge. Eles também foram vistos às 21h32 no Café Bonne Bière e às 21h36 no restaurante La Belle Equipe. O carro foi encontrado neste domingo (15) em Montreuil e havia armas de fogo em seu interior.

Abdeslam Salah, de 26 anos, é procurado pela polícia. (Foto: Reprodução/Twitter da polícia francesa)Abdeslam Salah, de 26 anos, é procurado pela polícia. (Foto: Reprodução/Twitter da polícia francesa)

Salah Abdeslam
De nacionalidade francesa, nascido em 15 de setembro de 1989 em Bruxelas, na Bélgica, Salah Abdeslam, de 26 anos, foi apontado como suspeito pela polícia francesa, que divulgou uma foto e o descreveu como "uma pessoa perigosa". Ainda não está claro o papel dele nos ataques. Fontes policiais acreditam que ele estivesse envolvido em tarefas de logística.

Irmão de Ibrahim Abdeslam, Salah é suspeito de ter alugado o Polo preto usado por terroristas no atentado à casa de shows Bataclan. Neste sábado (14), um veículo em que Salah e mais duas pessoas viajavam a caminho da Bélgica chegou a ser parado em uma blitz em Cambrai, no norte da França. Mas eles acabaram liberados.

Segundo o site do jornal espanhol "El País", autoridades da polícia francesa alertaram o governo de Madri sobre a possibilidade do suspeito Salah ter fugido para a Espanha.

Ahmad Al Mohammad
Segundo a BBC, a promotoria de Paris identificou Al Mohammad como um dos terroristas que se explodiu no Stade de France. Ele nasceu em 10 de setembro de 1990 em Idlib, na Síria, segundo informações de um passaporte encontrado ao lado de seu corpo. A promotoria confirmou que existe uma compatibilidade entre as impressões digitais do homem-bomba e as tomadas durante um controle na Grécia em outubro, informou a AFP.

Samy Amimour
A promotoria de Paris informou que Amimour era um dos suicidas que atacou o Bataclan. Ele nasceu em 15 de outubro de 1987 em Paris, e vivia no subúrbio de Drancy, ao norte de Paris.

Amimour era conhecido das unidades de combate ao terrorismo, após ter sido colocado sob investigação e controle judicial por tentar viajar ao Iêmen. Ele foi acusado de terrorismo em uma investigação em 2012. Três de seus parentes foram detidos na manhã de segunda-feira (16).

OUTROS SUSPEITOS:

O terceiro irmão Abdeslam
De acordo com o "Le Monde", um irmão de Salah e Ibrahim foi detido neste sábado (14) na Bélgica, após ele ter sido confundido com Salah. Mas não se sabe se ele está envolvido nos ataques.

Dois ocupantes do carro abordado pela polícia em Cambrai
O veículo em que Salah Abdeslam estava a caminho da Bélgica e que foi parado neste sábado (14) em Cambrai, no norte da França, tinha outras duas pessoas. Como o carro foi liberado pela polícia, não se sabe a identidade dos passageiros e nem seu possível envolvimento nas ações terroristas.

O pai e um dos irmãos de Ismaël Omar Moustefaï
A polícia deteve o pai e um dos irmãos do primeiro suspeito identificado, informa a imprensa francesa.

“Os que falavam mal do Maranhão, agora têm que morder a língua”, diz Sarney…

Em entrevista à revista Maranhão Hoje, o x-presidente da República ressalta a força econômica e social do estado e classifica e “maus maranhenses” os que denegriram a imagem do estado apenas para derrotá-lo

reistaO ex-presidente José Sarney classificou de “maus maranhenses”, em entrevista à revista Maranhão Hoje, aqueles que atacaram a imagem do estado, usando a mídia nacional para denegrir sua história, apenas com objetivo de derrotá-lo eleitoralmente.

– Os que falavam mal do Maranhão são os mesmos que faziam campanha nacional contra mim e o Maranhão. Agora têm de morder a língua – disse Sarney.

O presidente voltou a elencar a força econômica do Maranhão e seu potencial de crescimento.

– A campanha de falar mal do Maranhão foi feita pelos maus maranhenses que, para combater-me, passaram a denegrir a imagem do Estado. O Maranhão, hoje, é o 16º Estado do Brasil, à frente de Mato Grosso do Sul! Portanto, é um Estado com números significativos! É o 2º porto do Brasil! – ressaltou.

Ao final da entrevista, o ex-presidente se assumiu claramente como responsável pela mudança do Maranhão, que, segundo ele, passou da cultura do delegado e do coletor para a do desenvolvimento.

– Hoje o Maranhão mudou, e mudou com a ajuda de minhas mãos. O mais importante foi a transformação das mentalidades: em vez de discurso da política do delegado e do coletor, passou-se ao discurso político do desenvolvimento – disse ele. Leia aqui a entrevista completa…

Novo Calendário Eleitoral valendo para as eleições de 2016

quadro

Infográfico de O EstadoMaranhão, edição de 14/11/2015

sábado, 14 de novembro de 2015

Blogueiro assassinado no interior do Maranhão relatou ameaças de “prefeitos, vereadores”

italoitalo2

O blogueiro Ítalo Diniz, do Portal de Notícias, assassinado a tiros na noite de sexta-feira (13), em Governador Nunes Freire, no Maranhão (reveja), havia relatado na quinta-feira (12), um dia antes da sua morte, portanto, ameaças que vinha sofrendo.

Num bate papo com outros blogueiros em um grupo de Whatsapp, a vítima não declinou nomes, mas disse que já havia sofrido ameaças de “prefeitos, vereadores, capachos e seguranças”.

O assunto veio à tona após uma postagem do jornalista Diego Emir, sobre suposta ameaça de morte ao diretor-geral do Procon, advogado Duarte Júnior.

Aliado do prefeito Marcel Curió, o blogueiro era conhecido na cidade por defender a administração municipal e entrar em bate-bocas com oposicionistas.

Ítalo contou na conversa que sempre registrava boletins de ocorrência quando sofria ameaças.

Ele foi alvejado a tiros, quando andava pela Rua do Evangelho, perto de casa.

Blogueiro é assassinado no interior do Maranhão

ItaloO blogueiro Ítalo Diniz, do Portal de Notícias, foi assassinado a tiros, na noite desta sexta-feira (13), em Governador Nunes Freire, no Maranhão.

Segundo as primeiras informações, eles andava com um amigo pela Rua do Evangelho, quando dois homens aproximaram-se em uma motocicleta.

blogueirooO garupa sacou uma pistola e efetuou vários disparos.

Diniz chegou a ser encaminhado a um hospital da cidade, mas já chegou sem vida.

Aliado do prefeito Marcel Curió, o blogueiro era conhecido na cidade por defender a administração municipal e entrar em bate-bocas com oposicionistas.

Em grupos de Whatsapp, até a noite anterior ao crime (12), ele relatava ter recebido ameaças de morte.

Em Governador Nunes Freire amigos da vítima falam em crime político.

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Mega-Sena acumula pela 8ª vez e pode premiar até R$ 110 milhões no sábado

Sem nenhum acerto das seis dezenas da Mega-Sena, em sorteio realizado pela Caixa na noite desta quinta-feira (12), em Manacapuru (AM), o prêmio máximo acumulou pela oitava vez consecutiva, e pode pagar até R$ 110 milhões neste sábado. As dezenas sorteadas no concurso 1.760 da Mega são: 10 - 24 - 25 - 36 - 47 - 48.

O sorteio foi o segundo realizado nesta semana. Haverá ainda um terceiro, no sábado, por causa da semana da Proclamação da República.

O acumulado é o maior do ano, e já entra para a lista dos dez maiores da Mega-Sena. Caso haja somente um ganhador no próximo sorteio, o prêmio de R$ 110 milhões será o terceiro maior da história.

70 apostas acertaram as cinco dezenas, e levam R$ 49.588,74 cada, e 5.668 apostadores levam o prêmio de R$ 874,88 da quadra.

Além das duas horas de diferença entre o horário de Brasília e de Amazonas, houve atraso no sorteio. A Caixa não explicou o motivo, mas informou que devido a problemas no sistema tecnológico de processamento, os sorteios da Timemania e da Quina serão realizados nesta sexta-feira (13).

No primeiro dos dois sorteios, na terça (10), nenhuma aposta acertou as seis dezenas do concurso 1.759. Os números escolhidos foram: 02 - 14 - 21 - 22 - 51 - 60.

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Medida que endurece punição a quem bloqueia rodovia é publicada no Diário Oficial

Governo já havia anunciado a MP para conter greve dos caminhoneiros. Desde o início da semana, ato bloqueia rodovias em todo o país.

Lucas Salomão

Do G1, em Brasília

O governo publicou no "Diário Oficial da União" desta quarta-feira (11) a medida provisória para endurecer as penalidades aos caminhoneiros que mantiverem os bloqueios de rodovias no país.

A medida foi anunciada nesta terça, pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. Entre as mudanças que a medida traz é o aumento da multa para quem fizer os bloqueios, que passa de  R$ 1.915 para R$ 5.746. Os organizadores de manifestações com bloqueio poderão ser multados em R$ 19.154.

PRINCIPAIS MEDIDAS ANUNCIADAS PELO MINISTRO

1. Aumento da multa para quem bloquear estradas – de R$ 1.915 para R$ 5.746 (o dobro em caso de reincidência).

2. Distinção entre quem bloqueia rodovias e quem organiza os atos. No caso dos organizadores, a multa cobrada passará a ser de R$ 19.154. Para reincidente, o valor também será cobrado em dobro.

3. Grevista reincidente perde, por dez anos, acesso a incentivo de crédito para adquirir novo veiculo.

4. Polícia Rodoviária Federal fica autorizada a contratar guincho particular para remover veículos que bloqueiam estradas. O custo do guincho será cobrado do caminhoneiro.

5. Força Nacional fica autorizada a atuar no desbloqueio de estradas, em auxílio à Polícia Rodoviária Federal.

Fonte: Ministério da Justiça

Nesta terça, houve registro de atos em Goiás, Bahia, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins. Na segunda, ao menos 14 estados foram alvos dos protestos. Os manifestantes que fizeram os últimos bloqueios dizem ser autônomos e se declaram independentes de sindicatos.

Eles são contra o governo Dilma Rousseff, pedem o aumento do valor do frete, reclamam da alta de impostos e da elevação nos preços de combustíveis, entre outras reivindicações.
"Estamos criando uma nova situação [ao publicar a medida], com a introdução de um novo artigo no Código Nacional de Trânsito: 'Usar veiculo para deliberadamente interromper, restringir ou perturbar a circulação na via, se classifica como infração gravíssima, e será aplicada multa de R$ 5.746", explicou o ministro na terça. Em caso de reincidência, o valor será dobrado.

Pela legislação atual, a multa prevista tanto para quem obstrui vias quanto para quem organiza atos com bloqueio é de R$ 1.915. Em caso de reincidência, o valor da multa é dobrado.

saiba mais

Com a medida provisória, também serão diferenciados aqueles que bloqueiam as vias daqueles que organizam os atos. No caso dos organizadores, a multa cobrada passará a ser de R$ 19.154. Para quem for reincidente, o valor também será cobrado em dobro.

Entre as sanções que serão endurecidas, também estão a proibição, por dez anos, de o grevista reincidente receber incentivo de crédito para adquirir veículos. Outros pontos, como a suspensão do direito de dirigir por 12 meses e apreensão do veículo, que já estão previstos no Código Nacional de Trânsito, continuam valendo.

Outro trecho incluído no texto permite que a Polícia Rodoviária Federal (PRF) contrate guinchos particulares para remover os veículos que bloquearem vias. O custo com os guinchos será pago pelo próprio motorista. De acordo com o ministro, entre segunda e terça-feira foram aplicadas mais de 100 multas a caminhoneiros por bloqueios.

Além disso, Cardozo autorizou que a Força Nacional auxilie a PRF na desobstrução das estradas. "Não se trata de uma ação governamental para calar opositores. Há uma tentativa de atender ao interesse público", explicou o ministro.

Bloqueios desta terça-feira
De acordo com o ministro da Justiça, às 19h desta terça, 14 trechos de rodovias, em seis estados, continuavam com interdições. No estado de Tocantins, um trecho estava totalmente bloqueado e um parcialmente – quando apenas caminhões são impedidos de passar pelos grevistas.

Além disso, dois trechos em Santa Catarina, seis no Paraná, um no Mato Grosso, um no Mato Grosso do Sul e dois em Minas Gerais permaneciam parcialmente bloqueado às 19h desta terça, segundo Cardozo. "Os demais estados não têm interdição de vias. O que nos mostra claramente que há uma diminuição substantiva de manifestações", disse o ministro.

"[A manifestação ocorre] Sem uma pauta específica de atendimento daqueles que fazem manifestações. É, portanto, uma manifestação claramente política [...] apenas nos demonstra claramente que é inaceitável, que esse tipo de situação não pode ocorrer", enfatizou.

'Crime'
Mais cedo, a presidente Dilma Rousseff afirmou, em visita ao Rio de Janeiro, que
obstruir rodovias "é crime". "Obstruir é crime. Obstruir, afetar a economia popular é crime. Manifestar é algo absolutamente legal. É da democracia. É algo que faz bem ao pais e à democracia", afirmou, mais cedo, a presidente.

"Reivindicar, nesse país, é um direito de todo mundo. Então reinvindicação, no Brasil, há muito tempo não é crime. Nós construímos a democracia para não ser crime. Agora, esse país é um país responsável. Interditar estradas, comprometer a economia popular, desabastecendo com alimentos ou combustíveis, isso tem componentes de crime", disse Dilma.

terça-feira, 10 de novembro de 2015

Secretários de Flávio Dino ostentam nos ares

Secretário Clayton Noleto e o adjunto Ednaldo Neves

Secretário Clayton Noleto e o adjunto Ednaldo Neves

Lá fora para a imprensa nacional e internacional, Flávio Dino diz que cortou gastos com o luxo e mordomias praticadas pelo governo anterior, aqui no Maranhão o que se observa é uma outra realidade.

Vejam na foto acima que o secretário Clayton Noleto e seu adjunto de infraestrutura vão anunciar obras do programa Mais Asfalto na Baixada do Maranhão viajando de jatinho. O que leva o leitor a concluir que eles preferem gastar os tubos viajando pelos ares do que ir pela terra para não deparar-se com os buracos e crateras.

Deputado quer que edital do concurso para professor especifique local de lotação

O vice-presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa, deputado Wellington do Curso (PPS), protocolou hoje (10) proposição solicitando alteração no edital de concurso público para professor da rede estadual de ensino.

O objetivo do popular-socialista é fazer com que o Governo do Maranhão especifique o número de vagas correspondentes às cidades das Unidades Regionais de Educação.

"O edital em questão não especifica o número de vagas por cidade, o que tem causado uma certa instabilidade entre os professores. No último concurso, em 2009, houve a 'especificação'. No entanto, essa sensibilidade não se apresenta no concurso atual. Não se sabe para onde o candidato será nomeado, restando sua colocação ao arbítrio da administração estadual", declarou.

O parlamentar destaco que, se não houver a alteração do edital, aprovados nas primeiras colocações - teoricamente os melhor qualificados - podem desistir de assumir o posto, caso sejam nomeados para localidades muito distantes das suas residências atuais.

"Essa previsão editalícia poderá ocasionar séria injustiça, uma vez que os primeiros colocados (em tese os melhores e mais preparados professores) poderão desistir da nomeação se forem encaminhados para regionais cuja distância impossibilite o convívio familiar e social. O que se quer aqui é preservar a segurança jurídica aos aprovados e eliminar a instabilidade quanto ao futuro local de trabalho, tendo em vista que hoje é garantida a nomeação aos candidatos classificados dentro das vagas ofertadas. Somente com tal retificação estaremos zelando pela segurança jurídica, almejando à defesa incondicional da Educação e daquilo que é devido a todo professor: o respeito", enfatizou.

Entenda a solicitação

Analisando-se o tópico 2° do Edital Nº001 de 06 de novembro de 2015, tem-se que os professores do Maranhão, ao serem aprovados no referido concurso, acabam por submeter-se à instável ciência quanto ao seu futuro local de trabalho, uma vez que o Edital dispõe que a lotação ocorrerá nas Unidades Regionais de Educação, não especificando os municípios e, tampouco, o número de vagas por município.
Ante isso, a solicitação do deputado Wellington não é estranha ao Executivo Estadual.

O Edital Nº 01/2009 - Concurso público para cargos de professores da Educação Básica (Ensino Fundamental, Ensino Médio Regular e Educação Especial) lançado pelo Estado do Maranhão assim regrava: Item 26, “Ao inscrever-se o candidato deverá indicar no Formulário de Inscrição via internet, o cargo/disciplina/Município de nomeação para o qual deseja concorrer(...)”.. Logo, a proposição apresentada almeja à especificação, no edital, do número de vagas correspondentes às cidades das Unidades Regionais de Educação do Estado.